Follow Us @soratemplates

20/04/2017

Resenha :: Mitologia Nórdica


“É uma história longa, e não é creditada a ninguém: há assassinato nela, e enganação, mentiras e tolice, sedução e perseguição. Escutem.”

Tudo começou com uma vaca e um gigante.

Sempre fui apaixonado por mitologia em geral, quanto a mitologia nórdica, meu primeiro contato com ela foram as HQs do Thor, que não tem a ver com o Thor original, na verdade toda a HQ do Thor não tem nada a ver com os mitos nórdicos, mas como diria Jack O Estripador: "vamos por partes".

“A Mitologia Nórdica é muito mais do que os quadrinhos mostravam.”

No começo, ao norte a terra era gelo e ao sul, era fogo. Ao sul, vivia um gigante de fogo, esperando (vai ter que ler pra descobrir o que). Entre o norte e o sul, o gelo se derreteu, e de lá saiu uma pessoa de tamanho inimaginável, Ymir, o ancestral dos gigantes não era homem nem mulher, mas os dois ao mesmo tempo, do gelo também saiu uma vaca, que lambia os blocos de gelo para se nutrir, era de seu leite que Ymir se alimentava e crescia.

Com as lambidas da vaca no gelo, começou a surgir um homem, Buri, o ancestral dos deuses, que se casou com uma gigante e tiveram três filhos: Odin, Vili e Ve. Os irmãos apunhalaram Ymir e o sangue que rompeu de seu cadáver afogou quase todos os gigantes, com exceção de dois, Bergelmir e sua esposa.

Odin e seus irmãos moldaram a terra a partir da carne de Ymir, os mares são seu sangue e seu suor, o céu é seu crânio e as nuvens um dia foram o cérebro de Ymir.

Mas o mundo ainda não era habitado, então os irmãos encontraram dois troncos. O primeiro era o freixo o segundo era o olmo. Odin os segurou e os soprou vida, Vili deu-lhes vontade e Ve esculpiu os troncos. O homem era Ask, que significava freixo, e a mulher era Embla, ou olmo, os pais de toda a humanidade.

É interessante ver como diferentes culturas tentam explicar, eles viviam um um lugar onde era muito frio, então fazia sentido pra eles a vida ter vindo do gelo.

Agora falando um poucos dos deuses, vou falar mais dos três principais: Odin, Thor e Loki.

“Quando algo errado acontece, a primeira coisa que eu sempre penso é ‘É culpa de Loki.’ Economiza um bom tempo.”

Odin, tem muitos títulos, um deles é o "deus da forca", pois ele se enforcou durante nove dias nas raízes da yggdrasill em troca do conhecimento das runas, ele é mais poderoso e o mais velho dos deuses; Thor, o forjador de trovões, é de longe o o mais forte dos deuses, o que compensa sua falta de inteligência; Loki, o meu deus favorito, porque os planos dele são bons, mas sempre da alguma coisa errada e ele precisa resolver isso, ele é basicamente a causa e a solução ao mesmo tempo.

Para quem gosta de mitologia, misticismo ou só quem é curioso mesmo, esse livro vale muito a pena.

“O sábio nada respondeu: é raro cometer erros quando se está calado.”


Nota ::  


Informações Técnicas do livro

Mitologia Nórdica
Ano: 2017
Páginas: 288
Editora: Intrínseca
Sinopse (Skoob):
Neil Gaiman tem sido inspirado pela mitologia antiga na criação dos reinos fantásticos de sua ficção. Agora ele volta sua atenção para a fonte, apresentando uma versão bravura das grandes histórias do norte.
Na mitologia nórdica, Gaiman permanece fiel aos mitos ao prever o maior panteão dos deuses nórdicos: Odin, o mais alto dos altos, sábios, ousados ​​e astutos; Thor, filho de Odin, incrivelmente forte, mas não o mais sábio dos deuses; E Loki-filho de um irmão de sangue gigante para Odin e um malandro e insuperável manipulador.
Gaiman modela essas histórias primitivas em um arco romântico que começa com a gênese dos nove mundos lendários e mergulha nas façanhas de deidades, anões e gigantes. Uma vez, quando o martelo de Thor é roubado, Thor deve disfarçar-se como uma mulher - difícil com sua barba e enorme apetite - para roubá-lo de volta. Mais pungente é o conto em que o sangue de Kvasir - o mais sagaz dos deuses - se transforma em um hidromel que infunde bebedores com poesia. O trabalho culmina em Ragnarok, o crepúsculo dos deuses e o renascimento de um novo tempo e de pessoas.
Através da prosa hábil e espirituosa de Gaiman surgem esses deuses com suas naturezas ferozmente competitivas, sua susceptibilidade a ser enganados e enganar os outros e sua tendência a deixar a paixão inflamar suas ações, fazendo com que esses mitos há muito tempo respirem uma vida pungente novamente.

16 comentários:

  1. Parece interessante, gosto desse tipo de tema ❤ sou meio que fascinada nele rsrsrs amei a resenha ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mitologia sempre é interessante ❤. Também sou fascinado por esse tema.
      Obrigado!
      Bem-vinda ao Clube!

      Excluir
  2. Olá.

    Nossa que coisa doida e confusa kkkk. Não faz o meu estilo esse tipo de livro.
    Mas que bom que você gosta.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tente dar uma chance, quem sabe desse livro você goste.
      Bem-vindo ao Clube!

      Excluir
  3. Sempre adorei mitologia. Mesmo a grega sendo a minha favorita, a nórdica tem seu charme. Adorei o post e fiquei muito curiosa sobre o livro. " A culpa é sempre do Loki" kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo mitologia grega (principalmente por causa de Percy Jackson, rs). Aproveite a curiosidade e o leia! E nem precisa colocar a culpa no Loki pela leitura ;).
      Bem-vinda ao Clube!

      Excluir
  4. Oi, conheci um pouquinho d a mitologia nórdica através dos filmes do Thor, e lendo seu post fiquei bem encantada como eles descrevem a criação do mundo,. Confesso que não é o tipo de leitura que me atrai muito pois achei um pouco confusa, mais adorei a capa
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece confuso, mas é legal :). Tente dar uma chance, vai que no final você acaba gostando.
      Bem-vinda ao Clube!

      Excluir
  5. Amooo mitologia e é claro que esse livro já tá na minha lista, gostei muito dos quotes que você colocou e gostei muito da resenha.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos dois que amam mitologia, Juliana :). Que bom que gostou.
      Bem-vinda ao Clube!

      Excluir
  6. Olá, eu super curto o tema, sou fã de cavaleiros do zodíaco e depois do Thor em vingadores me interessei mais ainda pelo assunto, a capa do livro é linda e sua resenha me deixou bem interessada, pretendo conferir, bjs e parabéns pelo post !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda mesmo, e a escrita do Neil Gailman só ajuda. Confira sim! Espero que goste.
      Obrigado!
      Bem-vinda ao Clube!

      Excluir
  7. Amo mitologia e comprei esse livro. Estou lendo em conjunto com meu marido e estou gostando demais. Neil Gailman escreve de uma maneira sensacional. Adorei seu texto, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que já está lendo! Espero que esteja gostando! Neil Gailman é maravilhoso!
      Obrigado!
      Bem-vinda ao Clube!

      Excluir
  8. Já comprei o livro e por enquanto ele está aguardando na fila, mas a cada resenha que leio dele tenho vontade de ler logo kkkk

    Abraço <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passe ele para o primeiro lugar da fila, Jéssica! O Neil Gailman merece!
      Abraço!

      Excluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!