Follow Us @soratemplates

03/07/2017

Resenha :: Jovens de Elite (#1)



“Alguns nos odeiam, pensam que somos fora da lei a serem pendurados na forca; Alguns nos temem, pensam que somos demônios a serem queimados na Fogueira; Alguns nos adoram, pensam que somos filhos dos deuses; Mas, todos nos conhecem.”


Esse, devo confessar, é um livro bem difícil de falar (pelo menos para mim), não por ser cheio de complexidade ou por ser uma leitura difícil, nada disso. É simplesmente porque eu não sei exatamente se gostei dele... Tá, eu gostei, principalmente por ser em um universo diferenciado onde depois de uma febre assolou o mundo, surgiram algumas crianças chamadas de malfettos (pessoas que sobreviveram a febre, mas acabaram com cicatrizes, marcas visíveis no corpo, com alguns cabelos com coloração diferente, e etc), mas entre os malfettos ainda tem aqueles que além das marcas, acabaram ganhando algum poder especial, assim chamado de Jovens de Elite, que ganham grande relevância nesse universo por se ter um grupo de malfettos poderosos que lutam por esse grupo de pessoas que são  marginalizados nesse mundo, como pessoas que trazem o azar.
“É minha vez de usar. Minha vez de machucar.”

Ainda gostei bastante da maioria dos personagens, a leitura é super rápida e te prende do início ao fim, o problema talvez não seja do livro, devo confessar, mas acho que descobrir que sou um pouco antiquada para personagens principais. No caso desse livro Adelina, que é a protagonista, é bem diferente do que é esperado, ela tem muitas ações bem controversas, paranoica e dá para se compadecer do que ela passou, mas quanto mais ela fica poderosa mais louca ela fica, não estamos trabalhando com uma heroína como em outros livros, bem na sinopse já diz: “Heróina ou Vilã?” o que esses personagens verdadeiramente são? (Essa dúvida não é só com a principal). Ela é consumida pelo seu poder, vamos dizer que ela usa um pouco do lado negro da força, rs. 
"... Os dons que a febre lhe deixou não são tão pouco confiáveis quanto pode parecer. Há um ritmo e uma ciência para controlar seu poder. Há lógica por trás do caos. Se quiser, pode aprender a controlá-lo. E será bem recompensada por isso."

Esclarecendo minha opinião eu gosto de histórias que não vão pelo caminho óbvio, ao mesmo tempo que gosto de muitas histórias que vão para o óbvio (desde que seja um clichê com qualidade), então eu estou escrevendo aqui sem ter uma ideia 100% formada sobre esse caminho que Jovens de Elite enveredou, infelizmente não posso compartilhar todas as minhas dúvidas e receios com esse final (para, obviamente, não dar spoiler), mas esse livro me impactou bastante, então indico muito a leitura para que você possa tirar a própria conclusão, ainda vou ler a continuação, só não sei se imediatamente, preciso me acostumar com a ideia de personagens mais darks e loucos. 



Nota :: 

Informações Técnicas do livro

Jovens de Elite
Jovens de Elite # 1
Ano: 2016
Páginas: 304
Sinopse (Skoob):
Bestseller do The New York Times com excelente repercussão entre público e crítica, Jovens de Elite é o primeiro de uma série de fantasia ambientada na era medieval e protagonizada por jovens que desenvolvem estranhas cicatrizes e poderes especiais ao sobreviverem a uma febre que dizimou boa parte da humanidade. Entre eles está Adelina, que, após se rebelar contra o destino imposto a ela por seu pai, encontra um novo lar na sociedade secreta Jovens de Elite, vista por alguns como um grupo de heróis, por outros como seres com poderes demoníacos. Heroína ou vilã? Num mundo perigoso no qual magia e política se chocam, Adelina descobre o lado sombrio de seu coração. Da mesma autora da aclamada trilogia Legend, Marie Lu, Jovens de Elite é o início de uma saga arrebatadora. Perfeita para fãs de histórias de fantasia medieval como Game of Thrones, com vilões dignos de Star Wars e X-Men.


2 comentários:

  1. Oi Milly! Me parece um título interessante. Parabéns pela resenha!


    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Apesar da controvérsia dos meus sentimentos rsrs ele é bem interessante sim, e indico para tirar suas conclusões.

      Excluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!