Follow Us @soratemplates

20/02/2018

Especial :: Indicações de Literatura Nacional


Olá, tudo bom?

Nos últimos anos a literatura nacional tem crescido exponencialmente, isso é motivo de alegria para nós leitores que passamos horas e horas com os livros, sonhando acordados com o mundo criado pelos autores naquelas linhas e querendo, por um momento, ser parte daquela história.

Em 2017, tive a oportunidade de ler diversos livros e boa parte deles foi por indicação de amigos/blogs/sites/grupos de leitores. A pequena lista abaixo é um compilado de ótimas leituras que fiz no ano passado e indico para o seu 2018 .


Melodia Mortal – Pedro Bandeira e Guido Carlos Levi

Sinopse:
Será que Mozart foi assassinado por Salieri? Tchaikovsky morreu de cólera ou envenenamento? Chopin morreu mesmo tuberculoso? E Beethoven, foi vítima do alcoolismo? A resposta, ou, pelo menos, algumas hipóteses plausíveis para essas perguntas estão em Melodia mortal, estreia na ficção adulta de um dos maiores autores para o público juvenil do país. Escrito a quatro mãos por Pedro Bandeira com o médico Guido Carlos Levi, o livro examina, à luz dos conhecimentos da medicina contemporânea, os indícios possíveis sobre as mortes polêmicas de alguns grandes compositores da música clássica. E quem conduz a investigação é ninguém menos que Sherlock Holmes, auxiliado pelo seu fiel escudeiro, o doutor John H. Watson, que narra as aventuras do detetive na empreitada. Talvez não seja possível, tanto tempo depois, elucidar a causa dessas mortes que a medicina da época não foi capaz de precisar, mas a diversão é garantida neste romance cheio de teorias científicas e enigmas que formam um intricado quebra-cabeça, na tradição da melhor literatura policial.

Sou fã do detetive Sherlock Holmes e seu amigo John H. Watson, quando li a sinopse deste livro me interessei instantaneamente e assim que tive a oportunidade o comprei e li. Foi ótimo relembrar desses personagens tão icônicos da literatura, me diverti demais com o livro e suas teorias. Se você é fã de romances policiais, essa é uma maravilhosa leitura, os autores acertaram em cheio. Aproveite para ouvir a trilha sonora espetacular! 

Caso tenha interesse você pode conferir a resenha completa clicando aqui.



O Mago e o Guerreiro – Diogo Ramos

Sinopse:
A arte de escrever ganha vida quando o Mago e o Guerreiro se unem em uma jornada para encarar os desafios de quem resolve contar histórias através da escrita. Dez contos curtos retratam dificuldades enfrentadas por escritores iniciantes e as batalhas travadas para superá-las.
“E livros, meu caro, são exércitos de palavras prontos para invadir mentes. Exércitos formados para conquistar o coração de quem lê.”

Apesar de ser bem curto, não consegui ler este e-book rapidamente, cada conto é uma belíssima lição e pede tempo para ser assimilado. Diogo Ramos tem uma narrativa poética, fascinante e envolvente. É uma ótima leitura para todos aqueles que tem a pretensão de se tornarem escritores e para todos que admiram a arte da escrita. O e-book está disponível na Amazon e também no Kindle Unlimited.



A Canção dos Shenlongs: Guerras Épicas do Império de Housai – Diogo Andrade

Sinopse:
Os tempos mudaram. A ascensão do Império de Housai obrigou os monges guerreiros shenlongs a se isolarem cada vez mais. Com o passar dos anos, os Quatro Templos sagrados se tornaram seu último refúgio. Os Antigos se foram. Seus descendentes desapareceram. Aqueles que resistem à nova ordem estão enfraquecidos.
Por mais de mil anos, o Templo da Montanha, Shanjin, se manteve firme em Linshen. E para Mu, Shanjin é sua casa. Chegou ao templo ainda criança junto de seu irmão, Ruk. E, quando Ruk é expulso da ordem monástica, Mu vive o conflito entre a dor da perda e se manter como um shenlong, fiel aos ensinamentos e o caminho de retidão.
Os problemas se agravam quando um espadachim misterioso traz a notícia da grande ameaça que pode abalar os Quatro Templos. O exílio não durará. Agora, os shenlongs de Shanjin devem reforçar suas defesas e se preparar para o combate. Pois, desta vez, nem a Barreira será suficiente para protegê-los.
O primeiro livro de Diogo Andrade. A Canção dos Shenlongs narra o início dos conflitos entre o Império de Housai e os monges guerreiros shenlongs. Uma história de fantasia aventura, repleta de ação, artistas marciais e guerreiros habilidosos, que transportam o leitor a um mundo a beira de um grande conflito.

Este é um livro de leitura rápida, o cenário oriental tem todo seu charme e mistério, além disso, as belas ilustrações são um ótimo bônus. O e-book está disponível na Amazon e também no Kindle Unlimited

Caso tenha interesse, a resenha completa, você pode conferir clicando aqui.



Crônicas da Lua Cheia: A Maldição do Lobisomem – Clecius Alexandre Duran

Sinopse:
Como seria nosso mundo se o lobisomem não fosse apenas um mito? Esta é a pergunta que a obra Crônicas da Lua Cheia – A Maldição do Lobisomem tenta responder.
Alexandre é atacado por um lobisomem, mas escapa quase ileso com apenas uma mordida. Desse momento em diante, sua mente jaz adormecida nas noites de lua cheia. Sob o halo prateado do plenilúnio, seu corpo se altera radicalmente para se transformar num ser animalesco, faminto e sanguinário.
Solitário, a contraparte bestial de Alexandre, aprende a sobreviver longe da proteção da alcateia e se ressente das limitações da sua existência noturna, bem como das excruciantes dores da metamorfose arcana. Quando finalmente encontra seu lugar no seio de um grupo de lobisomens, Solitário descobre que uma obscura profecia, conhecida apenas por um velho licantropo exilado, pode ser a chave que poderá libertá-lo da sua maldição: a coexistência com seu alter-ego humano.
Dessa forma, a vida mundana de Alexandre e a busca de Solitário vão convergir para um evento que afetará sobremaneira a vida de ambos. E, no final, só pode haver um.

Este livro foi uma grata surpresa, os lobisomens são retratados como criaturas bestiais e existem diversos banhos de sangue envoltos no brilho prateado da Lua. O autor soube criar uma narrativa que prende o leitor do início ao fim, trazendo diversas referências a outras obras e trabalhou muito bem o conflito humano x fera.

Caso tenha interesse em adquirir a obra, acesse: 



Maretenebrae: A Queda de Sieghard – L.P.Faustini, R.M. Pavani

Sinopse:
Província de Bogdana, Sieghard, ano 476 após unificação.
Uma desconhecida força invasora irrompe pelo Grande Mar e ataca a costa protegida pelos soldados da Ordem utilizando-se de navios nunca antes vistos. Imensos. Terríveis. Destruidores. Ao mesmo tempo, uma estranha peste se espalha pelas comarcas do reino, cegando e invalidando sua população. Nobres e plebeus se nivelam padecendo do mesmo e misterioso mal. Em uma iniciativa desesperada, Sir Nikoláos de Askalor, o oficial responsável por defender a Ordem, abdica de todos os planos e estratagemas para investir de uma só vez contra os inimigos, sem saber que assim cairia na armadilha preparada por eles. Com suas fileiras dizimadas, o exército da Ordem recua e toma a direção do Domo do Rei para defender seu soberano, Marcus II, O Ousado, cuja vida representa a perpetuação dos valores ordeiros. Para um pequeno grupo, porém, composto por Roderick, Petrus, Chikara, Heimerich, Braun, Formiga e Victor Didacus - cada qual personificando um dos sete pecados capitais -, as sucessivas derrotas do reino são apenas o início da maior de todas as suas aventuras e desventuras. Diante deles, e de suas incontáveis diferenças, assombra-se um grande plano arquitetado por Destino. Serão eles capazes de enfrentá-Lo?

Tive a oportunidade de conhecer o L.P.Faustini em um evento literário e adquirir a obra diretamente com ele, o texto é riquíssimo, o universo é bem construído e o grupo bem diversificado de personagens faz com que a leitura seja ainda melhor. 

Caso queira saber um pouco mais sobre o livro, que tal conferir a resenha da Milly? Basta clicar aqui. 


Espero que tenham gostado da lista, caso já tenham lido algum destes livros, diga o que achou!

Um grande abraço!

Um comentário:

  1. Que post lindo Jéssica, também amei vários livros nacionais que li o ano passado. Bjs

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!