Follow Us @soratemplates

02/03/2019

Resenha :: Equívocos


Essa resenha é para você, querido amigo e amiga leitora, que ama livros bem escritos, com uma narrativa que te prende da primeira à última página, com uma faca enterrada no coração e sendo cravada a cada novo capítulo, e ainda agradece porque não consegue parar de ler.

Que espera e vai encontrar todas as formas de amor e de amar, e ainda assim vai torcer para que o amor seja o bastante para superar tudo o que acontece na vida dos personagens dessa história. E não se engane, não estou falando apenas do casal principal. Você vai se apaixonar e sofrer, com cada personagem secundário, e cada momento de alegria e vitória será com um curativo bem-vindo ao seu coração.


Dito isso, vamos à história, que traz a pergunta: Quantos equívocos você acha que pode cometer, antes que coloque todos os seus sonhos a perder? E assim, vamos descobrindo, um a um, os equívocos que se colocam entre o caminho da felicidade de Carine e Nicolas.

Todos os dias é uma pequena tortura vê-la, conversar, fazê-la sorrir, sentir seu perfume floral e não poder tê-la nos meus braços...

Carine Gabrielly Salvatore, ou Calye, tem 17 anos e, com o fim do ensino médio, já programou seus sonhos em um futuro profissional que começa com sua faculdade em Marketing. Para isso ela decide deixar para trás o Ceará e as lembranças de sua falecida mãe, na casa onde seu pai mora. Porém, seu grande amor e melhor amigo, Nicolas, decidiu ir com ela para o Rio de Janeiro e também cursar a mesma faculdade. Mesmo a contragosto de seu pai, um influente advogado em São Paulo.

— Nícolas, se eu te pedisse uma coisa você me daria? — Não penso duas vezes.
— Você sabe que sim! — “Faço tudo por você Calye!”, penso comigo mesmo.
— Me daria um beijo? — ela pede e eu congelo.
— Um... um beijo? — gaguejo, que ótimo.

Nícolas Joseph Soares chegou ao Ceará para morar com sua mãe, apesar de ser a última coisa que ele queria na vida. Sua relação com ela, que já não era boa, ficou insustentável. Mas nada o tinha preparado para conhecer Calye. E naquele encontro nasceu um grande amor não revelado. Agora com a vida mostrando outros caminhos, ele decide acompanha-la em seu sonho, indo com ela para o Rio de Janeiro.

Até aqui a história parece simples não é? E bem diferente do que apresentei no início da resenha. Pois é, porém o que eu ainda não disse é que desde que eles se conheceram e a amizade foi forjada, o medo de revelar os verdadeiros sentimentos para com o outro geram uma série de equívocos que trazem tristeza e angústia, em algo que é compartilhado por eles, um amor maior que uma amizade, e que foi forjada com o tempo, com as dificuldades da vida e com o apoio de um para com o outro nos momentos mais difíceis da vida de cada um.

Congelo novamente quando ela gruda em mim, seu corpo aderindo ao meu como se fôssemos duas peças de um quebra-cabeça. Nosso beijo se torna urgente, em segundos estamos os dois ofegantes, mas mantemos os lábios juntos.

À medida que o tempo passa e a sucessão de coisas não ditas começa a criar um espaço que nunca houve entre Nick e Calye, isso coloca em risco a amizade que eles tem e o amor que ambos sentem um para o outro. Além disso, o pai de Nick não se conforma com as decisões do filho baseadas no que ele sente por Carine e começa a criar ainda mais problemas para ambos.


E assim a história ganha cada vez mais ares dramáticos, e os personagens secundários trazem uma riqueza à história e também verdade a tudo que acontece. Afinal, quanta dor um coração ferido pode suportar? O quanto o abandono e afastamento podem fazer com que alguém se feche para o amor? E a pergunta que atormenta a todo momento: Pode um coração que se curou voltar a amar?

Antes de perceber, estou inclinada na sua direção quase o beijando, seus olhos estão fechados, não sei se de dor ou esperando por meu beijo.

O sentimento antes puro e bruto do amor começa ser forjado e testado nas dificuldades da vida, nas situações que surgem e que independem de nossa vontade e no mais cruel e aliado, o tempo.

Tempo que mostra o que é amor e o que é paixão, o que permanece apesar de tudo e o que se desfaz como névoa e ilusão.  Junto com Carine e Nicolas, vamos descobrir que, muitas vezes, oportunidades perdidas podem ser recuperadas, mas para algumas delas, pode ser tarde demais.

Todas as perguntas e dúvidas ficam esquecidas, enquanto corro até ele mais uma vez.

Que a família e os amigos, que são a família que escolhemos para nossa vida, podem tanto nos manter inteiros quanto ajudar a colar os cacos de um coração partido. E que cada dia pode representar a esperança de um final feliz ou mais uma contagem do tempo da dor da saudade e da angústia de saber que nada é garantido, quando se tem que lutar com todas as forças para se manter firme até que o dia termine e todos os segredos, que causam a distância, sejam revelados.

E assim, com a narrativa alternada entre os principais personagens e ponto de vista de outros, o livro dá uma visão ao leitor que mantém a esperança de que tudo vai ficar bem, mesmo com a possibilidade cada vez menor de que esse final feliz chegue, parece menos provável. Te levando a torcer ora para que eles consigam ficar juntos, ora para que cada um seja feliz seguindo caminhos separados.
                                                                                                     
Com a história sendo contada, vamos vendo cada personagem respondendo a mesma pergunta de formas diferentes, demonstrações de amores que começam e terminam trazendo esperança e também a possibilidade de que algumas coisas não são para ser.


Leia e descubra tudo aquilo que não contei e que uma história, que poderia ser apenas mais um clichê, se desdobra em uma trama apaixonante, dramática e viciante, que te faz ansiar pelo próximo livro de uma forma desesperadora, mesmo que a continuação não te prometa nenhum alívio nas emoções que ficam tão a flor da pele ao chegar na palavra "continua".


Nota ::  4,5


Informações Técnicas do livro

Equívocos
Trilogia Por Você #1
Ano: 2019
Páginas: 320
Editora: Cappia
Sinopse:
Quantos equívocos você acha que pode cometer, antes que coloque todos os seus sonhos a perder?
Ferimos e somos feridos por nossas escolhas erradas, enquanto deixamos para trás o brilho de uma vida que poderia ser especial, por quê? Fraqueza? Covardia?
Carine e Nicolas se conhecem há muito tempo e de uma linda amizade viram surgir um sentimento que os definirá para sempre, mas como podem arriscar algo tão fundamental para eles, sem terem a certeza da reciprocidade do que sentem? O medo os fará tomar decisões precipitadas, ferindo a si mesmos e àqueles que mais amam. Mas até onde o amor sobreviverá? Será que a passagem do tempo estará a favor deles ou contribuirá para afastá-los? 
Junto com Carine e Nicolas, venha descobrir que muitas vezes, oportunidades perdidas podem ser recuperadas, mas para algumas delas, pode ser tarde demais...


_____Sobre a Autora_____


Danda de Alencar



Escritora cearense, apaixonada por romances, fantasia, drama!!! Nasceu no dia 12 de junho, não sabe se ser geminiana é uma bênção tão grande, mas como nasceu no dia dos namorados, é uma romântica irreparável, vive sonhando com seus personagens favoritos, e verdade seja dita, às vezes, prefere um livro do que uma pessoa, e também costuma escrever coisas sem nexo, que só ela entende o que significa, pode-se dizer que é apenas humana? Mas na verdade ela é mesmo meio louca, nada de mais!

2 comentários:

  1. Você disse que ia me fazer pagar né? Pois bem, dever cumprido, no chão estou com o coração transbordando de todos os sentimentos possíveis, muito obrigada minha linda😍😍😍😍😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora estamos no chão juntas, sentido as mesmas coisas por essa história maravilhosa ♥ Até o próximo livro Danda, querida.

      Excluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!