11 setembro, 2020

Resenha :: Cadê Meu Final Feliz? (Em construção)

Essa história começa com Débora, olhando para sua vida e tentando entender como entrou naquela rotina, após ter voltado pra casa da mãe. Seu trabalho, os dois únicos e amigos e aquela vontade de viver o que tanto encontra nas páginas dos livros, um amor que dura, com altos e baixos na maravilhosa montanha russa de emoções da vida a dois.



Porém ela começa a não gostar do que está vendo, e em meio a esses devaneios ela conhece o Lucas. Ela não nota, mas como leitoras começamos a perceber que ninguém é tão perfeito assim e a ter uma queda por alguém que faz parte da vida de Débora e talvez fosse a pessoa para estar com ela na montanha russa.

Como sempre na escrita da Gih Cordeiro nada é exatamente o que parece ser. E nessa reviravolta meu coração perdeu o compasso.

Essa história é a de uma pessoa com 30 anos que descobre que, voltar para casa não é um sinal de derrota e sim uma necessidade de um porto seguro para recomeçar. Que não existe uma distância segura para se fugir dos problemas, sem que esses no alcance. E que SIM o amor por estar esperando você parar de procurar, para te encontrar... num momento de distração, talvez ele te mostre que sempre esteve preparado para você. E que você era quem não estava pronta para o encontrar.




De uma forma linda a Cordeiro, mostra que nossa vida tem beleza em cada momento e que um passo atrás pode garantir dois para frente, afinal de contas viver é uma dança de dias, meses, anos e momentos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!