Follow Us @soratemplates

07/09/2018

EU ASSISTI :: Everythings Sucks



Na escola de Boring, Oregon, Kate Messner, filha do diretor, passou a época da escola escondida por ser filha do “chefe”. Além disso, ela começa a descobrir seu interesse por meninas, o que ela jamais poderia falar ninguém.

Luke O’Neil é calouro na escola e vai para mesma turma de Kate e o mesmo clube de vídeo. Logo ele sente-se atraído por ela e tenta conquistá-la.

A trama é iniciada com essa premissa que já podemos ver que vai dar merda. Mas logo muda o foco, isso me surpreendeu, e mostra o cotidiano caótico dos alunos da escola.

Um acidente une os alunos de teatro e vídeo e com isso eles têm a ideia de criar um filme. Isso tudo em meio a dramas familiares, abandonos, descoberta sexual, sonhos. A trama consegue explorar cada assunto muito bem, com isso elevando o seu conceito.

Eu, particularmente, me interesso muito por séries que trazem esses temas com adolescente por ter passado pelo mesmo. E essa faz isso muito bem e com tiradas cômicas sensacionais.

Cheia de referências, ótima trilha sonora e com um jeito peculiar de filmagem, Everything Sucks merecia mais temporadas e merece ser reconhecida pelo ótimo trabalho.

Confira o trailer:



Informações Técnicas da Série

Everything Sucks!
Original NETFLIX
Ano de lançamento: 2018
N.º de temporadas: 1 temporada
N.º de episódios: 10
Duração: 25 minutos por episódio (aproximadamente)
Criação: Ben York Jones, Michael Mohan
País de origem: Estados Unidos
Gêneros: Séries dos EUA, Séries teen, Séries cômicas, Séries cômicas e sitcoms, Séries dramáticas, Comédia com drama, Dramas adolescentes para TV
Estrelando: Jahi Di'Allo Winston, Peyton Kennedy, Patch Darragh
Sinopse (Netflix):
Em 1996, na cidade de Boring, alunos dos clubes de teatro e vídeo encaram os altos e baixos da vida adolescente nos tempos do vídeo-cassete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!