Follow Us @soratemplates

28/05/2020

Resenha :: A Prometida


Olá, pessoa! Quem leu A Seleção, assim como eu, devia estar à espera de um novo lançamento da Kiera Cass. E, finalmente, esse momento chegou!! Eu acabei de ler essa história e vim aqui contar em primeira mão.

Antes, quero avisar que, mesmo a história tendo como cenário reinos e se passar em um castelo, não é uma distopia como em A Seleção. E, mesmo você achando que parece muito porque mais uma vez a heroína ficará dividida entre dois amores, as coisas acontecem realmente de uma maneira bem diferente nessa história. Vamos à ela.


O livro começa nos apresentando o reino e um pouco das histórias dos personagens, sendo narrado pela Lady Hollis. Ela cresceu no castelo de Keresken — Reino de Coroa —, competindo com as outras damas da nobreza pela atenção do rei, e agora finalmente poderá provar seu valor. Quando o jovem rei Jameson se declara para a Lady Hollis Brite, ela fica radiante, porém, à medida que o tempo vai passando, vamos vendo que ela não é apenas um rosto bonito. Ela é cheia de ideias e opiniões e, por mais que os sentimentos de Jameson sejam verdadeiros, estar ao seu lado a transformaria em um simples enfeite. Porque quanto mais o conhecemos mais vamos vendo que, assim como Hollis, nos deixamos levar pelas aparências.

— Se não sabe o que está acontecendo na fronteira do seu próprio país, o que está acontecendo com seu próprio povo, só posso concluir, senhorita, que é exatamente a mesma coisa: decoração para seu rei.

Mas claro que tudo que é ruim ainda pode piorar. E a situação fica ainda mais confusa quando ela conhece Silas, um estrangeiro que parece enxergá-la — e aceitá-la — como realmente é. E nada é tão simples, afinal seguir seu coração significaria decepcionar todos à sua volta. Hollis está diante de uma encruzilhada. E durante essa jornada para fazer uma escolha, eu consegui ver como a autora amadureceu em sua escrita e conseguiu deixar a história ainda mais profunda. E, claro, que nessa altura da história já começava a desenvolver um rancinho básico pela Delia Grace — melhor amiga de Hollis.

Eu confesso que simplesmente não conseguia parar de ler, e que, à medida que os acontecimentos iam se sucedendo, minha ansiedade foi aumentando exponencialmente e era impossível, para mim, não continuar lendo para saber os acontecimentos a seguir. A escolha de Hollis me surpreendeu muito, afinal eu ainda comparava com A Seleção. E o fim da história, não teria como eu aceitar que fosse daquele jeito. Sério, chorei.

As lágrimas vieram de novo. Não por tristeza ou medo, mas porque alguém tinha me visto. Ele me via e me aceitava como eu era.

Mas ainda bem, para minha alegria, que essa história é uma duologia e mal posso esperar pelo próximo livro, para que finalmente eu tenha meu final desejado. Ah, para quem conhece as histórias da Bíblia, esse primeiro livro me lembrou muito a de Rute. E dentre outras coisas, escreveu seu nome na Bíblia como único livro da história de uma mulher. Espero que você leia sim e depois me chame pra conversar, porque, se você for como eu, vai precisar... rs.

Sobre a edição, eu li em formato digital cedido pela editora. Ah! Uma curiosidade sobre a edição nacional: 
— A produção da capa é 100% brasileira! Assim que os editores terminaram de ler a história, acharam que seria incrível ter uma modelo brasileira na capa, já que o reino onde a história se passa se chama Coroa (assim mesmo, igualzinho em português!). Eu também fiquei muito orgulhosa do resultado, que mostra que a editora brasileira não deixa nada a desejar quando se trata da criação de capas maravilhosas, produção fotográfica complexa e acabamentos detalhados, que remetem totalmente a história!


Nota :: 



Informações Técnicas do livro

A Prometida
Ano: 2020
Páginas: 344
Editora: Seguinte
Sinopse:
Quando o rei Jameson se declara para a Lady Hollis Brite, ela fica radiante. Afinal, a jovem cresceu no castelo de Keresken, competindo com as outras damas da nobreza pela atenção do rei, e agora finalmente poderá provar seu valor.
Cheia de ideias e opiniões, logo Hollis percebe que, por mais que os sentimentos de Jameson sejam verdadeiros, estar ao seu lado a transformaria num simples enfeite. Tudo fica ainda mais confuso quando ela conhece Silas, um estrangeiro que parece enxergá-la e aceitá-la como realmente é. Só que seguir seu coração significaria decepcionar todos à sua volta...
Hollis está diante de uma encruzilhada qual caminho levará ao seu final feliz?

Um comentário:

  1. eu ainda não decidi se lerei a trilogia... mas, devo dizer que a animação por esse volume novo me anima!
    O tema está super em alta ne, sinto que vou acabar cedendo hehehe
    Amei a curiosidade sobre a capa!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!