Follow Us @soratemplates

28/04/2018

Resenha :: Rubi de Sangue


Ahoy, faroleiros! Estou de volta com mais uma resenha! Fico muito feliz com mais esta oportunidade. Isto quer dizer que curtiram a minha resenha anterior, senão não me deixariam escrever novamente, rs. Por isso hoje trago algo especial para vocês com direito a um cenário digno de Piratas do Caribe: o livro Rubi de Sangue da autora Denise Flaibam.

Preparem seus corações, marujos, e deixem que um rubi de sangue e um mapa encantado os guiem até a maior aventura de suas vidas. (Denise Flaibam)

Moira Black é uma jovem sonhadora, ávida por livros de fantasias, principalmente os de pirata. Ela sonha em viver as mesmas aventuras que a heroina de suas histórias, Arabella Snow. Com apenas dezessete anos vive sozinha com o pai, Jhon Black, pois perdera a mãe muito cedo. No intuito de garantir uma boa educação seu pai tratou de arrumar uma tutora para a garota. Lucy cuidava de Moira e a preparava para arranjar um bom casamento na pequena aldeia portuária de Esperança.

A oportunidade surge em uma festa de noivado onde o Comodoro da Marinha Britânica deseja arrumar uma pretendente para seu cobiçado filho Armand. Imagina a surpresa de Moira quando encontra o rapaz e descobre que ele é um amigo da infância e que seu relicário, dado por sua mãe antes de morrer, misteriosamente esquentava toda vez que Armand está perto.

— Lucy me matará se vir essa bebida em minhas mãos. — Moira confessou, fingindo medo. Armand abriu um sorriso cúmplice.  
— Então que tal fugir dos olhos dela? 
— O que quer dizer?
— Você fugia quando criança, por que seria diferente agora? — Ele realmente se lembrava. Olhou em volta alguns instantes e depois gesticulou para que ela o acompanhasse até os jardins. 


Em meio à festa, o caos se instaura. Um ataque pirata surpreende a todos. O navio Tormenta das Águas do temível pirata Blackburn bombardeia a cidade.  A vida de Moira sofre uma reviravolta quando seu pai a manda para a segurança de seu amigo Terence e depois é levado por Blackburn. Determinada a ajudá-lo a garota parte com Terence para encontrar Jhon e descobrir pistas da revelação que o amigo de seu pai fez: a lenda de um tesouro escondido há muito tempo ligado à sua falecida mãe e ao sequestro de Jhon.

Terence pede a ajuda do famoso pirata Sebastian Stark, rival de Blackburn e comandante do navio Espírito de Gelo. O pirata também é a fonte para Moira descobrir os segredos que sua família guardou sobre o tesouro. Quando Stark revela a Moira a verdadeira história por trás da lenda e que seu relicário na verdade guarda um rubi de sangue que os guiará nessa busca, a garota percebe que as fantasias que lia em seus livros poderiam ser histórias reais.

Como podia aquilo sequer fazia sentido? Como seus pais ousavam ter lhe deixado nada mais que um pergaminho cheio de números e uma droga de colar? Queriam que ingressasse naquela jornada sem a certeza de que se tratava de algo verídico?

Mas Sebastian Stark pode ser também, uma distração para a garota que se sente dividida entre a atração pelo homem de olhar intenso e corpo sedutor e a segurança do charmoso e corajoso Armand. Os três estão ligados pelo mistério do mapa do tesouro deixado pela mãe e a lenda que o envolve.  A aventura no mar começa rumo à cidade amaldiçoada com obstáculos a serem vencidos, traidores a serem desmascarados e segredos do passado a serem revelados.

Sebastian Stark seria o perfeito anti-heroi em seus livros, um personagem marcante e intenso, regado a mistérios e sensualidade.


Claro que Blackburn também quer este tesouro e está no encalço do Espírito de Gelo. Moira juntamente com Sebastian, Armand, Tobias, Iolanda, James, Tamina, Terence e o restante da tripulação enfrentarão pesadelos inimagináveis. Em meio a tantos piratas, amigos e amores em quem deverá confiar? Conseguirá Moira salvar seu pai do pirata misterioso mais temido dos sete mares? A jornada nesse navio promete tirar o sono de todos que viajam nele (e nosso também, rs).

A vida real não é como nos livros. É mais assustadora.

Quando fiz a leitura de Rubi de Sangue eu já tinha uma ideia do que me aguardava porque foi uma indicação da minha irmã Janaína (ela tem faro para boas histórias). Mesmo assim conclui o livro deslumbrada com a história por vários motivos. Primeiro: é um livro de piratas e eu nunca havia lido nada deste universo. Segundo: temos personagens fortes que ajudam no enriquecimento da história. Fiz questão de citar os nomes de cada um acima. Terceiro: me surpreendeu a coragem da Denise Flaibam de escrever um final como este (não vou contar hahaha, leiam o livro). Moira é uma personagem cativante vivendo o dilema do triângulo amoroso. De um lado o filho do Comodoro, Armand, todo certinho (tipo mamãe quer como genro) e respeitador que ela já conhecia e nutria sentimentos por ele. Do outro, ahhhh (pausa para suspiro), o Sebastian Stark, o pirata enigmático e sedutor. Confesso que fiquei até altas páginas do livro sem saber com quem Moira iria ficar, porque as interações, tanto da Moira com Armand quanto dela com Stark, são abrasadoras. E por isso enfatizo a sua coragem de escrever o final.

O livro é único, o que me deixou triste, pois é uma delícia de ler. Então dá para ver que fiquei com um gostinho de quero mais, né? A história flui num contexto coerente e criativo. O mistério criado sobre o tesouro é realista, o que transmite credibilidade a sua lenda. A autora conseguiu unir personagens e cenários coesivos. Sem falar num Sebastian Stark que fala um galês de conquistar qualquer mulher (pausa para mais suspiros)! Não há como não gostar da história e torcer por um final feliz para Moira, Armand e Sebastian. Fica a dica de leitura!


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

Rubi de Sangue
Ano: 2015
Páginas: 364
Editora: Independente
Sinopse (Skoob):
Arabella Snow é o tipo de mulher que encanta e arrebata; desbravadora de mares, caçadora de tesouros, conquista riquezas e corações no decorrer de um suspiro. É a domadora do oceano, uma das piratas mais famosas de todos os tempos. Mas ela não passa de uma personagem dentro dos livros que Moira não se cansa de ler.
Em toda a sua vida, Moira Black sonhou em ser como sua heroína. A ingênua garota vive numa realidade monótona e previsível, cercada por nobres e suas máscaras de frivolidade. Mas algo maior está reservado para a doce garota dos olhos de tempestade: Moira está ligada a lenda de um tesouro. O relicário deixado por sua mãe tem laços com uma desconhecida maldição, e para descobrir os mistérios que se escondem junto ao rubi de sangue, Moira mergulhará num universo pertencente somente aos seus livros: o mundo da pirataria.
Mas a vida real não é tão simples quanto às aventuras que decorreram nas páginas que Moira idolatrava. Para salvar seu pai, a jovem precisará exigir de si mesma a coragem que tanto admira em Arabella Snow. Se ela quiser sobreviver a essa viagem, precisará ser uma pirata melhor do que sua maior heroína.

6 comentários:

  1. Suspirando aqui estou eu, Janaína! Pela honra de ser a irmã citada :D E oooobviamente suspirando pq lendo a resenha revivi as emoções dessa grande Aventura (isso mesmo, essa é uma aventura q merece um A maiúsculo heheheh). Pra quem não leu fica aqui também o meu apelo: Corre miga e lê logo esse livro que a Denise Flaibam arrasou no melhor estilo pirata + romance ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí quem nao me deixa mentir pessoal! Boa leitura!!!

      Excluir
  2. Oi, flor! Tudo bom?
    Que alegria ler essa resenhaaaaaaaaaaaaa! Rubi de Sangue é meu livro favorito já escrito até agora porque a trama foi uma união da minha paixão por piratas, História e aventura. Dar voz à Moira e aos outros personagens foi incrível.
    Obrigada a você e sua irmã por terem acreditado no livro e por terem dado uma chance para a leitura. Significa muito pra mim, de verdade. Obrigada por essa resenha incrível, também! Adorei as quotes escolhidas *-*

    Beijos,
    Denise Flaibam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Denise que honra ter voce aqui lendo a minha resenha! Muito obrigada! Vamos que vamos para os outros livros da sua autoria!!! Um abraço!

      Excluir
  3. Oi Mile,
    Adorei a resenha e o enredo de Rubi de Sangue. Fiquei com muita vontade de ler e já o adicionei na minha lista de desejados. Obrigado pela indicação de leitura.
    Com amor, André
    Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita André que responsabilidade hein? Vai com fé que você vai adorar a leitura!!! Um abraço e obrigada!!;

      Excluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!