Follow Us @soratemplates

08/04/2020

Especial :: A Importância do Entretenimento no Isolamento Social

abril 08, 2020 0 Comentarios

"O melhor entretenimento é aquele que você leva beleza e alegria às pessoas felizes, e também consegue alcançar os desiludidos e tristes." (Ester Correa)

Olá, faroleiros!

Em tempos de Coronavírus as palavras de ordem são ISOLAMENTO SOCIAL. Para muitos esse cuidado primordial parece uma missão quase impossível. Sabemos o quanto é difícil pedir que fiquem em casa 24 horas, sem encontrar o vizinho para dar um bom dia, sem passar na padaria para tomar o café, sem ir a feira comprar frutas e verduras fresquinhas, sem passear no shopping no final da tarde, entre tantas coisas que estamos habituados a fazer no dia a dia.  Contudo, vivemos uma pandemia global. Nunca foi tão importante colocarmos a empatia em prática. Pessoas que fazem parte do grupo de risco dependem das nossas ações para se manterem longe do vírus. E elas podem ser até muito próximas, parentes ou até nós mesmos. Devemos levar a sério as diretrizes da Organização Mundial da Saúde.

O entretenimento nunca foi tão importante quanto agora. Contudo, muitas pessoas não sabem ao certo o que ler ou assistir por esse universo não lhes ser familiar. Para te ajudar, eu, Mile Dantas, trago algumas indicações, através do Clube do Farol, de livros, séries e filmes deliciosos que poderão entreter o público mais ansioso e tornar a reclusão uma experiência agradável e satisfatória.


FILMES

Mamma Mia!

Na ilha grega de Kalokairi, Sophie (Amanda Seyfried) está prestes a se casar e, sem saber quem é seu pai, envia convites para Sam Carmichael (Pierce Brosnan), Harry Bright (Colin Firth) e Bill Anderson (Stellan Skarsgard). Eles vêm de diferentes partes do mundo, dispostos a reencontrar a mulher de suas vidas: Donna (Meryl Streep), mãe de Sophie. Ao chegarem Donna é surpreendida, tendo que inventar desculpas para não revelar quem é o pai de Sophie.

Mamma Mia! é um filme musical de 2008, adaptação ao cinema da peça musical homônima, realizado por Phillyda Lyord e escrito por Benny Andersson e Björn Ulvaeus. A peça foi criada uma década antes por Catherine Johnson. Tanto o filme como o musical foram baseados nas canções do grupo pop  sueco ABBA.

Classificação Livre



Garota Exemplar (Gone Girl)

Amy Dunne (Rosamund Pike) desaparece no dia do seu aniversário de casamento, deixando o marido Nick (Ben Affleck) em apuros. Ele começa a agir descontroladamente, abusando das mentiras, e se torna o suspeito número um da polícia. Com o apoio da sua irmã gêmea, Margo (Carrie Coon), Nick tenta provar a sua inocência e, ao mesmo tempo, procura descobrir o que aconteceu com Amy.

Gone Girl teve aclamação por parte da crítica especializada com 86% no Rotten Tomates. Com base de 49 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 79% no Mettacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 8.2, usada para avaliar a recepção do público.

Classificação +14 



Diário de uma Paixão

Numa clínica geriátrica, Duke, um dos internos que relativamente está bem, lê para uma interna (com um quadro mais grave) a história de Allie Hamilton (Rachel McAdams) e Noah Calhoun (Ryan Gosling), dois jovens enamorados que em 1940 se conheceram num parque de diversões. Eles foram separados pelos pais dela, que nunca aprovaram o namoro, pois Noah era um trabalhador braçal e oriundo de uma família sem recursos financeiros. Para evitar qualquer aproximação, os pais de Alie a mandam para longe. Por um ano Noah escreveu para Allie todos os dias, mas não obteve resposta, pois a mãe (Joan Allen) dela interceptava as cartas de Noah para a filha. Crendo que Allie não estava mais interessada nele, Noah escreveu uma carta de despedida e tentou se conformar. Alie esperava notícias de Noah, mas após 7 anos desistiu de esperar ao conhecer um charmoso oficial, Lon Hammond Jr. (James Marsden), que serviu na 2ª Grande Guerra (assim como Noah) e pertencia a uma família muito rica. Ele pede a mão de Allie, que aceita, mas o destino a faria se reencontrar com Noah. Como seu amor por ele ainda existia e era recíproco, ela precisa escolher entre o noivo e seu primeiro amor.

Diário de uma Paixão é filme de drama romântico de 2004 dirigido por Nick Cassavetes e baseado no livro de mesmo nome de Nicholas Sparks.

Classificação +14 



Salt

Evelyn Salt (Angelina Jolie) jurou servir e honrar seu país. Agora trabalhando como agente da CIA, ela é colocada à prova ao ser acusada por um desertor russo de ser uma espiã russa infiltrada. Decidida a provar sua inocência, ela foge e passa a usar suas habilidades para proteger não apenas sua vida, mas também a de seu marido.

Salt é um filme americano de 2010, dos gêneros ação, suspense e espionagem, dirigido por  Phillip Noyce, escrito por  Kurt Wimmer.

Classificação +16


SÉRIES

Outlander

A inglesa Claire Randall, enfermeira durante a  Segunda Guerra Mundial, viaja com seu marido Frank Randall para a Escócia para uma reaproximação após anos separados pela guerra. Entretanto, Claire acaba por recuar, por meio de alguma magia, 200 anos no tempo e descobre-se sozinha no ano de 1743. Pouco após a chegada, durante os levantes jacobitas, nesse ambiente, ela conhece o jovem guerreiro escocês Jamie Fraser e Jonathan Randall,  antepassado de Frank e capitão inglês.

Outlander é uma série de televisão criada por Ronald D. Moore, baseada nos livros de Diana Gabaldon. A produção foi bem recebida pelos críticos especializados, e o piloto obteve uma média de 73% de aprovação no Metacritic. Conta atualmente com 5 temporadas.

Classificação +16



Ponto Cego (Blindspot)

A história de um agente do FBI que, misteriosamente, se vê em meio a uma conspiração. A história começa quando Jane Doe (Jaimie Alexander), completamente sem memória, é encontrada nua no meio da Times Square, em Nova York, com o corpo coberto de tatuagens recentes. E uma dessas tatuagens é o nome do agente do FBI Kurt Weller (Sullivan Stapleton). Agora, ele terá que desvendar os mistérios: Quem é esta mulher e o que significam suas tatuagens?

A série de televisão norte americana de drama criminal foi criada por Martin Gero e contém 4 temporadas.

Classificação +14



The Tudors

A esplêndida Inglaterra do Século XVIII era reinado de Henrique VIII (Johnathan Rhys Meyers). A série começa quando ele ainda está tentando alcançar o trono, à medida que se distancia de sua esposa e apaixona-se por Ana Bolena (Natalie Dormer). Auxiliado pelo Cardeal Wolsey (Sam Neill), ele chegou ao poder e manteve-se forte apesar das intrigas e armações. Na sua vida privada, ele tenta criar uma maneira de se divorciar de Catarina de Aragão (Marye Doyle Kennedy) para se casar com Ana Bolena, em meio a muitas disputas políticas e esquemas.

The Tudors é uma série de drama baseada na história do rei Henrique VIII da Inglaterra. A série foi criada por Michael Hirst, com roteiro e fotografias impecáveis. Ela conta com 4 temporadas.

Classificação +18


LIVROS

Trilogia Não Pare
(FML Pepper)

Não Pare!, Livro 1 — Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas. E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho! Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a juventude. Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina! Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados? Seria a Morte sua companheira para toda a vida? É chegada a hora da verdade.

Não Olhe!, Livro 2 — Zyrk pode estar com as horas contadas: a híbrida acabou de cruzar o portal e o frágil equilíbrio entre os quatro clãs encontra-se definitivamente ameaçado. Há milênios forças ocultas espreitam, aguardando apenas o momento de emergir das sombras e mostrar seu poder. Fugir e sobreviver. Aceitar e lutar. Há muitos caminhos, mas qual deles seguir se a Morte possui várias faces? Nina acorda entre a vida e a morte na terceira dimensão, levada para a sombria Thron. Richard, o nada confiável resgatador de apaixonantes olhos azul-turquesa, luta contra sua própria natureza. Cruel e sanguinário, Rick está confuso e cada vez mais cercado por seus inimigos. Mesmo o melhor dos guerreiros, o mais temido e destemido, está protegido da força de um grande amor? Ele e a híbrida viajarão por toda Zyrk, e ela irá se deparar com um universo fantástico, um mundo violento, o plano da Morte. Lutando para se libertar de seus medos e determinada a encontrar seu caminho e sua identidade, Nina embarcará em uma jornada de descobertas arrasadoras, um percurso sem volta. Mas a garota das pupilas verticais descobrirá que as vontades do coração podem ser mais traiçoeiras que lendas ou maldições.

Não Fuja!, Livro 3 — Ciente do tempo que se esgota e em meio à sangrenta batalha que se desenvolve em seu coração, Nina parte em busca de suas verdades. Mas... que direção tomar quando o caminho é sem volta? Disposta a lutar pelas respostas que a consumiram durante toda a vida, ela resgatará a força que guarda dentro de si para enfrentar seus fantasmas. E vivenciar o amor em seu mais puro estado. Presa em uma teia de traições, lendas e sofrimento, Nina descobrirá, para sua grande surpresa, que o poder transformador que penderá a balança para o bem ou para o mal sempre esteve perigosamente ao seu lado. Sobre a tênue linha que separa a vida da morte. Sua sobrevivência representará o extermínio, mas como aceitar a morte agora que se sente viva pela primeira vez na vida? Richard.

História escrita pela brasileira FML Pepper, a Trilogia Não Pare foi publicada pela Editora Valentina em 2016 e obteve um sucesso incrível entre os leitores nacionais.



A Última Peça
(Karina Heid)

João Pedro e Bia se conheceram aos 14, namoraram sete anos e há outros sete tentam se esquecer. Um ascendeu na carreira, mudou de cidade e de nome, e acredita ter deixado os fantasmas para trás. O outro teve que aprender a viver sem suas memórias, inteiramente apagadas por um acidente quase fatal.

Anos depois, quando Bia procura emprego em uma conhecida editora, sente que conhece seu entrevistador. Ela não se lembra dele — nem do que aconteceu entre os seus catorze e os vinte e um — e não faz ideia que quem a entrevista é seu ex-amor. O que deveria ser um encontro hostil torna-se uma série de mal-entendidos que acaba os reaproximando. Mas como perdoar tudo que fizeram ao outro, se apenas um deles se lembra dos fatos? Como lidar com sentimentos que ressurgem desordenados, que os fazem questionar quanto de sua essência vive a despeito da memória?

A Última Peça é uma história sobre um universo que privilegia quem ama muito, e sempre. É sobre abraços que recolocam a vida no lugar e devolvem a esperança em dias melhores. É, principalmente, a prova de que a vida é escrita por muitas mãos, e que sempre temos a chance de reeditá-la.

Quem pode afirmar que saltos são prenúncios de tragédia, que tragédias acontecem sem propósito e que por amor não ganhamos asas?

Se a vida lhe desse uma segunda chance, você saltaria?

Obra escrita pela psicóloga e romancista Karina Heid. O romance vencedor da FLIC ES em 2016.



Crônicas de Amor e Ódio
(Mary E. Pearson)

The Kiss Of Decepcion, Livro 1 — Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas – menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?

O primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o romance de Pearson é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor e como ele pode nos enganar, e de uma protagonista em busca de sua liberdade e felicidade a qualquer custo.

The Heart Of Betrayal, Livro 2 — Lia e Rafe estão presos no reino barbárico de Venda e têm poucas chances de escapar. Desesperado para salvar a vida da princesa, Kaden revelou ao Vendan Komizar que Lia tem um dom poderoso, fazendo crescer o interesse do Komizar por ela.Enquanto isso, as linhas de amor e ódio vão se definindo. Todos mentiram. Rafe, Kaden e Lia esconderam segredos, mas a bondade ainda habita o coração até dos personagens mais sombrios. E os Vendans, que Lia sempre pensou serem selvagens, desconstroem os preconceitos da princesa, que agora cria uma aliança inesperada com eles. Lutando com sua alta educação, seu dom e sua percepção sobre si mesma, Lia precisa fazer escolhas poderosas que vão afetar profundamente sua família... e seu próprio destino.

The Beauty Of Darkness, Livro 3 — Lia sobreviveu a Venda, mas não foi a única. Um grande mal pretende destruir o reino de Morrighan, e somente ela pode impedi-lo. Com a guerra no horizonte, Lia não tem escolha a não ser assumir seu papel de Primeira Filha, como uma verdadeira guerreira — e líder. Enquanto luta para chegar a Morrighan a tempo de salvar seu povo, ela precisa cuidar do seu coração e seus sentimentos conflituosos em relação a Rafe e as suspeitas contra Kaden, que a tem perseguido. Nesta conclusão de tirar o fôlego, os traidores devem ser aniquilados, sacrifícios precisam ser feitos e conflitos que pareciam insolúveis terão que ser superados enquanto o futuro de todos os reinos está por um fio e nas mãos dessa determinada e inigualável mulher.

A Trilogia é uma combinação de Jane Austen, a série Outlander e o romance A Seleção, de Kiera Cass, que o considera um dos grandes livros desta nova geração de autoras. A obra foi escolhida pelo comitê da Young Adult Library Services Association (YALSA) como umas das melhores ficções YA de 2015, além de uma das principais fantasias de 2014 pelos leitores no Goodreads. A força feminina é a grande estrela neste romance de Mary E. Pearson.



Anjos e Demônios
(Dan Brown)

Antes de decifrar “O Código Da Vinci”, Robert Langdon, o famoso professor de simbologia de Harvard, vive sua primeira aventura em Anjos e Demônios, quando tenta impedir que uma antiga sociedade secreta destrua a Cidade do Vaticano. Às vésperas do conclave que vai eleger o novo Papa, Langdon é chamado às pressas para analisar um misterioso símbolo marcado a fogo no peito de um físico assassinado em um grande centro de pesquisas na Suíça. Ele descobre indícios de algo inimaginável: a assinatura macabra no corpo da vítima — um ambigrama que pode ser lido tanto de cabeça para cima quanto de cabeça para baixo — é dos Illuminati, uma poderosa fraternidade considerada extinta há quatrocentos anos. A antiga sociedade ressurgiu disposta a levar a cabo a lendária vingança contra a Igreja Católica, seu inimigo mais odiado. De posse de uma nova arma devastadora, roubada do centro de pesquisas, ela ameaça explodir a Cidade do Vaticano e matar os quatro cardeais mais cotados para a sucessão papal. Correndo contra o tempo, Langdon voa para Roma junto com Vittoria Vetra, uma bela cientista italiana. Numa caçada frenética por criptas, igrejas e catedrais, os dois desvendam enigmas e seguem uma trilha que pode levar ao covil dos Illuminati — um refúgio secreto onde está a única esperança de salvação da Igreja nesta guerra entre ciência e religião.

Em Anjos e Demônios, Dan Brown demonstra novamente sua extraordinária habilidade de entremear suspense com fascinantes informações sobre ciência, religião e história da arte, despertando a curiosidade dos leitores para os significados ocultos deixados em monumentos e documentos históricos.

O livro também foi adaptado para o cinema e se tornou um sucesso mundial. Dan Brown nos encanta com sua escrita impecável e uma riqueza de detalhes históricos em sua trama. Recomendo todos os seus livros, na verdade.



Se Houver Amanhã
(Sidney Sheldon)

A vida da jovem Tracy Whitney muda drasticamente quando, vítima de uma ação criminosa, ela é condenada por um crime que não cometeu. Rejeitada pelo homem que amava e abandonada à própria sorte, Tracy se vê sozinha em um mundo violento e sombrio. Depois de cumprir pena e ter de volta sua liberdade, ela só tem um objetivo: vingar-se dos homens que a colocaram injustamente na prisão. Para isso, ela se torna uma expert em disfarces e especialista em aplicar golpes em empresários inescrupulosos. Mas seus planos podem ir por água abaixo quando o destino coloca em seu caminho um poderoso rival, Jeff Stevens, um irresistível trambiqueiro.

Sidney Sheldon já vendeu mais de 275 milhões de livros em todo o mundo. É o único escritor que recebeu três dos mais cobiçados prêmios da indústria cultural americana: o Oscar (cinema), o Tony (teatro) e o Edgar (literatura de suspense). É atualmente o autor mais traduzido em todo o planeta. O autor faleceu em 2007, e Tilly Bagshawe foi escolhida pela família de Sheldon para manter vivo seu legado. Por isso recomendo todas as suas obras.


Então? Gostaram das dicas? Para nos ajudar e ajudar o próximo o sacrifício é pedido. Mas, com uma seleção dessas, acho que não será tão tedioso assim, não é mesmo?

Despeço-me por aqui desejando a todos força para que possam passar por tudo com muita saúde e tranquilidade.

Se você pode ficar em casa, fique! Só saia se for extremamente necessário. E não se esqueça que se exercitar também é importante. Você pode fazer isso em casa também.

Um super beijo e até a próxima!

06/04/2020

Resenha :: O Que Sabe o Coração

abril 06, 2020 0 Comentarios

Resenha originalmente feita para o blog Ler Para Divertir.


Com toda certeza um dos livros mais lindos que li. A história é realmente linda e encantadora!

Quinn Sullivan é uma jovem que vê o rumo da sua vida mudar de uma hora para outra. Mas não de um jeito bom. Tudo muda quando ela perde de uma forma repentina seu namorado. Trent não era só seu namorado, ele era amigo, um verdadeiro parceiro para Quinn.

O ensino médio chegou ao fim, e a faculdade não chegou para Quinn. Pois, ela ainda não superou a dor de perder seu amor.

Quinn sabe que Trent foi doador de órgão, assim resolve entrar em contato com as pessoas que receberam os órgãos. Entretanto, uma pessoa — a mais importante para Quinn —, não respondeu. Para Quinn é muito importante saber quem recebeu o coração de Trent.

Dizem que o tempo cura todas as feridas, mas conhecer essas pessoas naquela tarde (…) me curou mais do que todo esse tempo sem ele.

Nossa protagonista não desiste. Ela junta dados aqui e ali, faz umas pesquisas no Google e BUM! Quinn encontra Colton Thomas.


Colton quer recuperar o tempo que perdeu antes do transplante. O que ele mais deseja é viver momentos incríveis com sua família e no mar.

Não sei o que Trent pensaria se soubesse. O que ele diria se de algum modo pudesse ver. Mas já se passaram quatrocentos dias. Eu queria que ele entendesse. Por muito tempo, eu era a única que tinha seu coração. Só precisava ver onde estava agora.

Certo dia, Quinn movida pelo impulso, parte em sua busca e chega em Shelter Cover. Lá ela busca encontrar Colton.

A ânsia de Quinn, somada ao nervosismo do momento, faz que um acidente aconteça e eles acabam no hospital da cidade. E isso torna ambos um pouco mais próximos e com uma ligação muito forte, de maneira que um começa a entrar no mundo do outro.


Colton não faz ideia de quem é Quinn. Ele só consegue ver uma menina encantadora, de personalidade forte. E estas são as coisas que importam para ele.

No entanto, tudo pode ser perdido no momento que a verdadeiro motivo de Quinn aparecer.

Resumindo, em O Que Sabe o Coração o leitor irá viver uma história verdadeira, no sentido de sentimentos reais. Quando perdemos pessoas amadas sabemos exatamente o que a protagonista vive.

Passei os primeiros meses sob todo o peso desses arrependimentos, pensando em mil coisas que eu teria feito de outra forma, se soubesse as últimas.

Os conflitos presentes são reais. E este fator me fez mergulhar profundamente no enredo.

Capa linda, diagramação boa. A autora desenvolve muitíssimo bem os personagens principais e secundários. O livro foi meu primeiro contato com a escrita da autora, e estou encantada.


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

O Que Sabe o Coração
O que não podemos esquecer. O que não podemos mudar.
Ano: 2018
Páginas: 320
Sinopse:
Um livro sobre perdas e possibilidades de recuperação. Em O que sabe o coração, a norte-americana Jessi Kirby narra o impacto da trágica morte de Trent, atropelado na frente de casa, e o efeito devastador dessa perda para sua namorada adolescente, Quinn. Com dezessete anos, perdidamente apaixonada, Quin não pode imaginar que a vida vai lhe pregar esta peça. Mergulhada numa tristeza infinita, ela decide entrar em contato com os cinco receptores de órgãos de Quinn, acreditando que assim reconhecerá um pouco do namorado em cada um deles. Quatro deles respondem ao seu apelo, mas fica faltando o retorno do receptor do coração. Quinn burla o sistema oficial para chegar ao jovem Colton Thomas, 19 anos, premiado com o coração de um desconhecido. O que os jovens não imaginam é que esse encontro será capaz de alterar a vida de ambos para sempre.

04/04/2020

Resenha :: O Café da Praia

abril 04, 2020 0 Comentarios

Olá, faroleiros, seguindo minhas leituras dos romances de hoje da Arqueiro, resolvi ler O Café da Praia e confesso ter começado a rir sozinha após perceber a coincidência dos dois livros lidos até o momento por mim desta série envolverem comida... Duas coisas que gosto muito, aliás, pão e café.

Confesso ter algumas dificuldades com leituras que envolvem o estilo chick-lit e por isso tenho lido apenas um livro de cada autora que está sendo lançado, mas tenho tido muita sorte nas leituras que fiz, principalmente porque vale destacar que o livro em si não é todo neste estilo literário, tem muito do romance e drama junto, na maioria das vezes apenas a personagem principal do livro é que chick-lit.


Evie é a personagem central desta história e também a narradora da mesma. Eu achei o início do livro um pouco devagar, porque demorei a sentir empatia com a personagem, sua narrativa declarando ser a ovelha negra da família não me convenceu muito não, eu a achei mesmo foi acomodada com suas escolhas e com falta de força para manter suas vontades e jogando para cima da família a desculpa de suas decisões.

Mas a partir do momento em que ela herdou o café na praia da Cornualha de sua querida tia Jo, ela começou a mudar, em minha opinião, para melhor e a história começou também a engatar e ganhar um ritmo bacana. Então se você se sentir como eu, não desista da leitura.

Ela resolve assumir o café contrariando a expectativa de todos de sua família, mas contando com o apoio de sua melhor amiga, personagem por sinal que gostei bastante, principalmente por ela dizer a Evie o que eu estava pensando à medida que lia a história... Oh, vontade que me dava de dar uns tapas na Evie por seus pensamentos! E aqui vem o meu principal problema com o chick-lit, passar raiva com as atitudes da mocinha.

Enquanto ouvia as histórias dos feitos do papai na jardinagem e as novidades sobre a última aventura do cachorro, minhas palavras a respeito do café ficavam voltando a minha mente. Eu havia percorrido um longo caminho num curto espaço de tempo, reconheci, com uma onda de prazer e orgulho. E o melhor de tudo era que, pela primeira vez na vida, tinha encontrado um trabalho e um estilo de vida pelos quais realmente me sentia apaixonada.

Este livro, assim como o da padaria e creio que também com os outros livros desta série de Romances de Hoje, mesmo sendo de autoras diferentes, trata-se sobre o crescimento e empoderamento da mulher. Mulheres que após os trinta precisam mudar e repensar suas vidas, que precisam lutar para serem felizes profissionalmente, consigo mesmas e, por último, em um relacionamento amoroso. Neste livro, por exemplo, o foco está todo centrado na Evie, tudo gira em torno dela.


Foi uma leitura surpreendente e emocionante. Chorei numa determinada parte no final do livro, pois já estava tão conectada com a personagem que me senti no lugar dela. Percebi como é importante cultivarmos boas coisas ao nosso redor, ter boas atitudes sem pensar em ganho pessoal, ter boas amizades, buscar viver bem com todos. O retorno de boas atitudes sempre vem quando precisamos e de formas surpreendentes. Creio estar me identificando um pouco com cada personagem destes romances por causa da idade e questão da tomada de decisões pessoais. Lições aprendidas.

Uma leitura que pode não ter começado muito animadora, porém terminou de forma maravilhosa. Nota 4/5. Vale destacar que a capa está um primor e a diagramação interna muito boa. Super recomendo este livro.

Boa leitura e até a próxima.

Carolina Finco


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

O Café da Praia
Uma receita para o desastre ou uma receita para o amor?
Romances de Hoje
Ano: 2019
Páginas: 336
Editora: Arqueiro
Sinopse:
Em uma praia paradisíaca, Evie Flynn tem a chance de começar do zero…

Evie sempre foi a ovelha negra da família: sonhadora e impulsiva, o oposto das irmãs mais velhas bem-sucedidas. Tentou fazer carreira como atriz, fotógrafa e cantora, mas nada deu muito certo. Às vezes, ao pular de um trabalho para outro, ela tem a sensação de que lhe falta um propósito.
Quando sua tia preferida morre em um acidente de carro, Evie recebe uma herança inesperada, um café na beira da praia na Cornualha. Empolgada com a oportunidade de mudar de vida, ela decide se mudar para lá, mas logo descobre que nem tudo são flores: os funcionários não são dos melhores e o local está caindo aos pedaços. Tudo bem diferente dos tempos em que passava as férias de verão com a tia. 
Apesar das dificuldades, pela primeira vez Evie está determinada a ter sucesso. Ao lutar pelo café, ela busca secretamente dar um novo rumo à sua vida e, assim, pode acabar conquistando bem mais do que esperava no trabalho...  e também no amor.