Follow Us @soratemplates

17/08/2019

Resenha :: Uma Chance Para Recomeçar

agosto 17, 2019 0 Comentarios

Olá, faroleiros! Eu sou uma fã da Lisa Kleypas, amo demais seus romances de época e também amei sua primeira série contemporânea que escreveu. Sendo assim, faço questão de ter todos os seus livros publicados no Brasil e, depois de um bom tempo, consegui comprar o romance contemporâneo dela publicado pela editora Novo Conceito.

Pense em uma história fofa, que toca o nosso coração e nos deixa torcendo para que as coisas aconteçam da melhor maneira para ter um final feliz. É este livro, porém, para meu desespero descobri que este livro é o primeiro de uma trilogia, e com isso ele é basicamente uma história introdutória da vida dos irmãos. Estou torcendo muito para que a autora publique os outros livros, porque a história me deixou muito com um gostinho de quero mais.

Não pense que o livro não tem sua história concluída, pois ela tem, porém a história é realmente curtinha e, como todo livro que envolve crianças e animais, é tão gostosinha que a gente fica querendo mais, principalmente porque só temos a vida de um dos irmãos resolvida, queremos sempre saber o que acontece com os outros, e a Lisa não nos desaponta neste quesito, ela concluiu a trilogia.


Temos então três irmãos e uma irmã que, após crescerem, cada um passou a viver sua vida separadamente, porém mantêm contato. É quando uma tragédia ocorre e a Victoria morre deixando sua filhinha na custódia de seu irmão Mark. Ele, assim como Sam, é solteiro, apesar de estar em um relacionamento amoroso e com isso se sente sem chão, porém não vê como o irmão deles, Alex, mesmo sendo casado, possa ficar com a Holly e por isso aceita a responsabilidade. Para poder ajudar a sobrinha a atravessar esta perda, Mark acerta com Sam deles morarem juntos em sua propriedade já que ele mora em um apartamento sem quintal e ele o ajudará totalmente na reforma, eles conseguem até que o Alex, que vive uma vida totalmente separada deles a ajuda-los na reforma da casa.

As coisas então ficam bem complicadas para os dois, que já estão completamente apaixonados pela sobrinha e o Mark assumiu completamente o papel de pai dela, que se sente sem chão quando lê o seu pedido de natal, mesmo faltando tantos meses para esta data. E seu equilíbrio se desestrutura novamente quando conhece a dona da loja de brinquedos da cidade, que além de linda, consegue encantar a Holly e a faz falar, fato que não acontecia desde o falecimento da mãe dela.

— Eu não fazia ideia de como seria — disse Sam uma noite, carregando Holly para dentro da casa depois de ela ter adormecido no carro. (...)
— Como seria o quê? — Mark havia aberto a porta e acendido as luzes da varanda.
— Ter uma criança por perto.
Um pouco envergonhado, Sam esclareceu:
— Ter o amor de uma criança.

Maggie tem suas próprias tragédias a superar e por isso ela se mudou para a ilha e abriu uma loja de brinquedos para começar uma nova vida. Ela é viúva e não tem interesse em se casar novamente, porém esta linda garotinha com seu pai lhe desperta um sentimento a muito tempo fechado em seu coração e ela se pergunta se deve ou não deixa-lo sair, afinal Mark tem namorada e ela não quer se apegar a Holly, mesmo que seu relacionamento com ele seja platônico.

— Há pouco tempo eu disse a Holly que o amor é uma escolha — falou Mark. — Eu estava errado. O amor não é uma escolha. A única escolha é o que você vai fazer com ele.


Confesso que eu fiquei um pouco apreensiva com o andamento da história, porém a Lisa, como sempre, consegue criar um lindo enredo com um final muito bacana. É uma história bem sessão da tarde mesmo, mas eu amei e estou muito querendo ler os outros livros da série. Dou nota 04/05 para este livro.

Boa leitura,

Carol Finco


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

Uma Chance Para Recomeçar
É tudo de que você precisa
Ano: 2014
Páginas: 176
Editora: Novo Conceito
Sinopse:
Uma garotinha que precisa de uma família. Em uma noite chuvosa, a pequena Holly perdeu a única pessoa que tinha no mundo: sua mãe. Um homem que precisa de uma esposa. A última coisa que Mark Nolan deseja é uma menina de seis anos morando em sua casa. Mas ele logo admite que vai fazer tudo o que puder para reconstruir a vida dela. O testamento de sua irmã lhe fornece as instruções: Você não tem escolha. Comece por amá-la. O resto virá por si. ÀS VEZES, TEM QUE HAVER UM POUCO DE MÁGICA... Maggie Collins não se atreve a acreditar no amor depois de perder o homem com quem estava casada havia um ano. Mas ela acredita na magia da imaginação. Proprietária de uma loja de brinquedos, Maggie vive do que ama. E, quando conhece Holly Nolan, o que ela vê é uma garotinha necessitando desesperadamente de um pouco de mágica. PARA TRANSFORMAR OS SONHOS EM REALIDADE. Três vidas solitárias. Três sonhos que se cruzam. Três pessoas que estão prestes a descobrir que o Natal é a época em que tudo é possível, quando os desejos dão um jeito de encontrar o caminho para casa.


O Grupo Editorial Novo Conceito oferece sempre os best-sellers mais aguardados e comentados do meio literário. Em anos de sucesso editorial, foram vários os autores e títulos reconhecidos na principais listas do PublishNews e Veja. O selo Novo Conceito foi desenvolvido para reunir essas grandes publicações, além das novidades e lançamentos internacionais que ainda virão.

15/08/2019

Resenha :: Dois Destinos (Recomeço #3)

agosto 15, 2019 0 Comentarios

Eu amei tanto Duas Vidas (Recomeço #1), da J. Marquesi (resenha aqui), que indico o livro para todo mundo que conheço. Quando a autora abriu parceria, me candidatei e acabei sendo selecionado. Foi um momento único. De muita felicidade! Em seguida, eu li Theo (resenha aqui) e Kostas, da série Os Karamanlis. Só depois eu voltei para a trilogia Recomeço e li Dois Corações (Recomeço #2, resenha aqui). Amei todos eles!

Acabei de ler Dois Destinos (Recomeço #3) e já estou com saudade dos personagens e da fazenda Paraíso. Mas, deixa eu contar melhor a história de Guilherme e Malu.


Maria da Luz Ruschel, ou Malu, como prefere ser chamada, é uma executiva de sucesso e está concorrendo a uma vaga na diretoria da Karamanlis, empresa comandada pelo Theodoro Karamanlis (sim... é o Theo mesmo!). Cada candidato recebeu uma conta para trabalhar e será avaliado pelo seu desempenho. Malu sempre se dedicou à empresa, mas sua obsessão a está deixando doente.

Ela é obrigada a tirar férias e sua amiga Kika indica um SPA em Mato Grosso do Sul. O problema é que esse SPA nunca existiu. O destino de Manu é uma fazenda de gado no coração do Pantanal, sem celular, tablet ou computador.

Minha felicidade é viver na cidade grande, em ritmo acelerado, ganhar dinheiro e ser reconhecida pelo meu trabalho.

Na fazenda Paraíso, Manu conhece Guilherme, um peão rude que adora provocar a hóspede que veio de São Paulo. Ele cuida da fazenda dos tios, mas Guilherme guarda um grande trauma dentro de si. A química entre a dondoquinha e o xucro cresce até eles não conseguirem resistir ao desejo que sentem um pelo outro.

Não declares que as estrelas estão mortas só porque o céu está nublado.

A narrativa da J. Marquesi é tão envolvente que a gente logo se apaixona pelos personagens. Em Dois Destinos ela utiliza da linguagem popular da região pantaneira para nos transportar para a região. Os locais são tão bem descritos que me senti como um peão da fazenda Paraíso acompanhando o romance de Malu e Gui.


A autora sempre traz personagens quebrados, mas ela dosa muito bem esse lado mais dramático com momentos divertidos e românticos. A história tem uma pegada HOT que gosto muito. As cenas conseguem ser eróticas e românticas ao mesmo tempo.

J. Marquesi tem três séries. Recomeço é formada por três histórias independentes que não precisam ser lidas na ordem. A Família Villazza é composta por 4 livros e dois spin-off. A mais recente é Os Karamanlis que já tem dois livros publicados. O mais legal é que os personagens intercalam entre as séries. A Kika, Malu e Theo, por exemplo, aparecem novamente em Os Karamanlis, onde ficamos sabendo um pouquinho mais sobre a vida desses personagens, fazendo com que as séries formem um grande Universo Marquesiano.

Fiquei com o coração na mão com algumas reviravoltas, como a Ju sempre faz comigo. Gostaria de estender a minha estadia em Paraíso mais um pouco.

Tragédias são apenas ponto de partida para um recomeço.

Dois Destinos é um daqueles livros que aquecem o coração e te mostram o que realmente é importante na vida. Às vezes a gente vive em busca de objetivos materiais e financeiros e se esquece de, simplesmente, viver. J. Marquesi acerta em cheio mais uma vez!


Com amor, André

Nota :: 



Informações Técnicas do livro

Dois Destinos
Recomeço #3
Ano: 2018
Páginas: 393
Editora: Independente
Sinopse:
No coração do Pantanal, dois destinos tão diferentes se encontram...
Guilherme é peão pantaneiro que gosta das coisas simples: seu cavalo, sua viola, um bom churrasco e um tereré após o trabalho duro. A verdade é que nem sempre sua vida foi assim. Misterioso, o peão guarda dentro de si uma dor que tenta esquecer, mas a culpa o impede. A fazenda e os tios são tudo o que mais preza, seu porto seguro, e ele não deixará ninguém atrapalhar isso.
Até que uma dondoquinha da cidade grande aparece...
Malu Ruschel é uma executiva de sucesso disposta a trabalhar sem parar para atingir seu objetivo: ser a primeira mulher na diretoria da Karamanlis. Sua obsessão pelo trabalho a faz ficar doente, e ela é obrigada a tirar férias (acumuladas há 10 anos) e, assim, embarca para um SPA no Mato Grosso do Sul. Acontece que o tal SPA nunca existiu, e Malu se vê no meio de uma fazenda de gado no coração do Pantanal Sul, sem nenhum meio de se conectar com a civilização, com apenas uma ordem: descansar!
Como ela conseguiria relaxar com um peão xucro – e muito gostoso – provocando-a a todo momento, levando-a ao limite da raiva e do desejo? Guilherme não gosta dela por trazer de volta lembranças amargas de seu passado e Malu não entende por que esse homem a atrai tanto. Os dois resolvem curtir uma aventura de férias sem saber que isso é apenas o início de um verdadeiro recomeço.
DOIS DESTINOS, o terceiro livro da série RECOMEÇO, vem recheado com humor, erotismo e, claro, um segredo de tirar o fôlego!

Informações sobre a série:
1) São histórias independentes, podendo serem lidas em qualquer ordem;
2) Os livros anteriores a esse são: Duas Vidas e Dois Corações.


 _____Sobre a Autora_____

Ju Marquesi


J. Marquesi é uma faz-tudo de 34 anos que começou a escrever na adolescência, em cadernos pautados. Acha-se uma metamorfose ambulante, pois já quis ser cantora, atriz, artesã, locutora de rádio, musicista, escritora e chef de cozinha. Atualmente é advogada, mãe e esposa, mas nunca deixou para trás seu sonho de um dia poder mostrar suas histórias a alguém.

13/08/2019

Resenha :: A História da Astrologia Para Quem Tem Pressa

agosto 13, 2019 0 Comentarios

Olá, pessoa do Clube!! Hoje, venho teclar sobre um livro que, além de informativo, é muito divertido. A História da Astrologia Para Quem Tem Pressa faz parte de uma coleção que te leva, em poucas páginas, a conhecer vários assuntos. Os títulos anteriores, você pode conferir clicando em: Especial :: Para Quem Tem Pressa.

Claro que não é preciso ler as obras anteriores para conferir sobre A história da Astrologia, mas conforme o autor Waldemar Falcão explica nesse livro, conhecer a Astronomia é fundamental para entender a Astrologia, por isso recomendo a leitura de A História do Universo para Quem Tem Pressa antes ou depois desse, que foi brilhantemente resenhado aqui no Clube pela Jéssica Burgos, afinal, logo no início do livro, vemos como o estudo da astrologia começou junto a astronomia, e somente depois de muito tempo que ambos os estudos foram separados, apesar de sempre caminharem em paralelo.


A astrologia é uma ferramenta, dizem uns: é uma linguagem, dizem outros. Ela é tudo isso e muito mais.

Indo ao que nos interessa agora, a obra A História da Astrologia Para Quem Tem Pressa é um livro ideal para conhecer e entender os principais fundamentos da astrologia, principalmente se você curte o assunto, mesmo que seja apenas em ler o "Horóscopo do Jornal de Domingo". Nesse caso, devo avisar, que antes do capítulo 5 você vai estar fazendo seu "mapa astral" e descobrindo qual o signo do seu "crush". Acreditem, o signo em Vênus do meu mapa é exatamente o do meu lindo amor (risos). 

O verdadeiro horóscopo é o mapa individual de nascença de cada um, adaptado para a cidade (ou seja, latitude e longitude), a hora e a data do acontecimento. A partir deste diagrama bidimensional do céu no momento do nascimento, é possível traçar um panorama nítido e objetivo das características de um indivíduo.

Como mãe, sei do temido dia da lua cheia nos hospitais obstétricos, afinal é nessa lua onde ocorre a maioria dos partos; é nela também que temos a maré cheia dos mares e o maior número de casais a admirarem esse satélite natural (observação romântica e não científica minha). Apesar desse início muito legal, é impossível não ansiar para que chegue logo os capítulos sobre as casas do zodíaco, que tanto fazem parte da nossa cultura mais popular, e as perguntas mais básicas logo são respondidas e o leitor vai percebendo que não se trata de algo religioso e sim de causa, efeito e integração entre o universo e quem o habita.


A estrutura fundamental de um horóscopo (mais popularmente conhecido como "mapa astral") se apoia em três pontos básicos: o signo solar, (...), o signo lunar, (...) e o signo ascendente que é calculado a partir da hora (mais exata possível) do nascimento em questão.

E assim, de maneira leve e explicativa, vamos conhecendo os signos, o Ascendente, a relação com a astronomia, o mapa astral, o horóscopo, a revolução solar, as casas astrológicas, os trânsitos planetários, os grandes astrólogos da história. Obtendo resposta para questões sobre "Como a astrologia lidou com o rebaixamento de Plutão?" ou sobre questões como o 13º signo.

Gostei em especial que, apesar da pressa, tudo é muito bem explicado de maneira de fácil entendimento, sem resvalar numa superficialidade simplista. Pelo contrário, é um texto que faz a todo momento um convite ao aprofundamento, ao conhecimento mais apurado. A uma curiosidade irresistível de se entender, através das luzes que iluminam o céu sobre nós funcionando como um guia prático e de fácil entendimento, que traz tudo o que o leitor procura para dar os primeiros passos nesse universo de planetas e estrelas que tanto fascina a humanidade.


Sobre a edição: Amei o fato da coleção manter um padrão lindo de capa e da diagramação feita pela editora, não encontrei erros na revisão do livro, existem diversas fotos, desenhos e esquemas para auxiliar a imaginação do leitor e exemplificar algumas teorias e pontos dos corpos celestes no céu. Esse é um daqueles livros que a vontade de escrever e fazer anotações enquanto lê é absoluta, as marcações obrigatórias e as consultas a dados, como data e horário de nascimento, obrigatórias. Te desejo uma ótima leitura e o que os astros te sejam favoráveis.

Elis do Signo de Livros
Ascendente em Séries.


Nota :: 

Informações Técnicas do livro

A História da Astrologia Para Quem Tem Pressa
Das tábuas de argila há 4.000 anos aos apps em 200 páginas!
Waldemar Falcão
Ano: 2019
Páginas: 200
Editora: Valentina
Sinopse:
A ASTROLOGIA É UMA FERRAMENTA, DIZEM UNS;
É UMA LINGUAGEM, DIZEM OUTROS.
ELA É TUDO ISSO E MUITO MAIS.
Os signos, o Ascendente, a relação com a astronomia, o mapa astral, o retorno de Saturno, a sinastria, o horóscopo, a revolução solar, as casas astrológicas, os trânsitos planetários, os grandes astrólogos da história...
Astrologia horária, empresarial, mundial, eletiva...
Um guia prático e de fácil entendimento, que traz tudo que o leitor procura para dar os primeiros passos nesse universo de planetas e estrelas que tanto fascina a humanidade.


Para a Editora Valentina, leitura é, acima de tudo, entretenimento.
Olho vivo e faro fino.
Esse é, na verdade, o lema de todo grande editor. E a pinscher dessa editora encarna esse lema como ninguém.

09/08/2019

Resenha :: Mentiras que Confortam

agosto 09, 2019 0 Comentarios

O livro conta a história sobre Nathan, um homem casado com Juliette, e tem uma amante chamada Tia. Após Tia engravidar de Nathan, é largada grávida e sozinha e decide dar sua filha para Caroline. O mais interessante do livro é que ele é narrado por Tia, Caroline, Juliette e, em algumas partes, por Nathan. Eu gostei porque mostrou como eles estavam lidando com essa situação, tipo como ficou Juliette após ser traída. Nathan, o que ele viu em Tia para trair a mulher que ama; Tia conta sobre como ela se sentiu sendo abandonada grávida e depois ter que dar seu bebê; e Caroline que adotou a filha de Tia sem qualquer experiência e sem querer.

Bom, como o livro mostra a visão de todos vou fazer a resenha por eles e tentar dar o sentido...

No começo eu fiquei meio confusa, nessa enrolação da vida deles. Parece mais novela mexicana, rsrs, enfim, depois de abandonar Tia grávida, Nathan conta para sua esposa sobre a traição e ela o perdoa, e Tia fica sozinha sem notícias dele que se muda e troca o telefone para não ter mais contato com ela. Tia, que estava em um momento difícil com a mãe doente e sem ter a mínima ideia de como criar a criança, a dá para Caroline e seu marido, eles fazem um acordo que uma vez por ano, no aniversário da criança, a família adotiva mandaria fotos do bebê, e sua mãe desde o início foi contra a adoção.

Se você abrir mão do seu bebê, também pode abrir mão da suas pernas, pois vai se sentir uma aleijada.

5 anos depois

Depois que Tia deu sua menininha ficou triste e ao passar dos anos foi ficando cada vez pior, sempre ficava ansiosa com o aniversário do bebê, pois sempre recebia as fotos, e em um desses momentos de tristeza, Tia resolve enviar uma carta com fotos da criança para o antigo endereço de Nathan para mostrar a ele como estava a filha deles.

Juliette a esposa dele que depois de conseguir trazer a paz para sua casa após a traição, mudaram de casa, seu trabalho estava fazendo sucesso, tudo estava indo bem até que um dia, ao pegar a correspondência que estava em seu antigo endereço, ela encontra uma carta enviada por Tia contendo várias fotos de uma menininha que ela dizia ser filha de Nathan. Pronto seu mundo desaba por saber que Nathan tem uma filha com outra mulher.

Caroline é uma médica que não tem nenhuma vontade de ter filhos, para ela ter filhos significava que teria que brincar e lidar com sujeira, mas depois de tanta insistência de seu marido, Peter, que sonhava em ter um filho, mas não pode, eles adotam uma linda menininha chamada Savannah, só que ela não estava preparada para isso, tudo o que ela queria era chegar em casa, tomar um belo banho, ler e não ficar brincando de boneca, isso estava levando-a ao limite e afastando-a de seu marido e filha.

Juliette, que acredita ter sido enganada mais uma vez por Nathan, resolve investigar sobre a criança, e dá uma de detetive para descobrir sobre essa família adotiva, para ela a criança, por ser filha do Nathan, tem o direito de fazer parte da família, isso quer dizer conhecer seus filhos com Nathan, conhecer os avós, ir a jantares em família, etc…  Ela fica meio obcecada com essa história. Nathan, por outro lado, fica confuso com essa situação, pois ele acreditava que Tia havia feito o aborto como ele tinha falado. Tia, por outro lado, em vez de esquecê-lo depois de ter sido abandonada, foi ficando cada vez mais apaixonada. Caroline tenta de todas as maneiras ser a uma boa mãe para Savannah, mas está falhando completamente.

A narrativa que eu menos gostei foi da Tia, pois ela dava muito de coitadinha e era loucamente apaixonada por Nathan, mesmo dele dizendo desde o início que amava a mulher dele e que nunca a largaria para ter um relacionamento com ela. Juliette, mesmo dando a louca para saber a verdade sobre a criança e saber se o Nathan estava mais uma vez mentindo, foi a que eu mais gostei, pois mesmo a Tia dizendo que queria a filha de volta e blábláblá, não movia uma palha, já Julie, ela conseguiu entrar em contato com a família adotiva, chegou até a conhecer a menina primeiro que os próprios pais de sangue. Nathan também me surpreendeu, quando eu comecei a ler eu achava ele um canalha idiota, mas cada vez que eu lia sua própria narrativa eu fui entendendo, não que ele seja menos canalha pela traição, só que eu consegui sentir e ver o que ele via. Caroline ama Peter demais, só que com a criança seu casamento começou a se desgastar e cada vez ela sentia menos vontade de ir para casa no fim do dia.

Quando a Adriana me deu esse livro, em um primeiro momento até fiquei com medo de ler, rsrs, a capa não tinha me impressionado e a sinopse não era isso tudo, mas esse é um daqueles livros que te dão um tapa na cara, pois eu engoli cada crítica que fiz antes de ler.

Ele é fácil de ler, você nem vê as horas passando de tão presa que você fica; o que eu mais gostei foi o fato de conseguir conhecer cada personagem, cada um tem seu jeito único e cada um consegue te conquistar pelos seus defeitos. Tia tentando se encontrar, arranjando um jeito de fazer parte de algo, pois em cada emprego, namorado…, ela nunca consegue se sentir verdadeiramente em casa. Juliette e Nathan tentam achar um jeito de poder confiar e viver em paz, ambos lutam para fazer o casamento dar certo. Caroline tenta fazer sua vida dar certo, ela ama a Savannah e seu marido, mas a vida de mãe estava deixando-a doida e isso estava deixando a criança triste e seu marido cada vez mais afastado, pois ele vivia cobrando para ela ser uma mãe melhor.

O tema que Randy abordou é mais comum do que podemos imaginar, quem nunca conheceu uma família que passou por traição? Uma pessoa que teve que tomar uma atitude precipitada, pois não conseguia pensar em uma alternativa? Ou que está numa situação que pensa em jogar tudo para o alto? Bom, nesse livro podemos ver cada uma dessas coisas de um jeito único, fora que a autora conseguiu me impressionar do começo ao fim, esse é um livro que eu leria de novo 2,3,4,5… vezes e cada vez amaria mais. 


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

Mentiras Que Confortam
Uma ação, uma reação e uma decisão podem mudar tudo.
Randy Susan Meyers
Ano: 2015
Páginas: 368
Editora: Novo Conceito
Sinopse:
Cinco anos atrás... Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção. Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe. Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois filhos lindos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca mais a trairia novamente, e ela confiou nele. Hoje... Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.


O Grupo Editorial Novo Conceito oferece sempre os best-sellers mais aguardados e comentados do meio literário. Em anos de sucesso editorial, foram vários os autores e títulos reconhecidos na principais listas do PublishNews e Veja. O selo Novo Conceito foi desenvolvido para reunir essas grandes publicações, além das novidades e lançamentos internacionais que ainda virão.

07/08/2019

Resenha :: A Minha Chance

agosto 07, 2019 2 Comentarios

Olá, vim falar sobre a minha leitura da história de Viviane. Preciso começar avisando que essa personagem aparece na história de Jogada do Amor, que você já conferiu aqui no Clube (resenha aqui). Porém, você pode ler essa história mesmo sem ter lido a anterior sem problemas. Claro que quem acompanhou a "Vivi" em Jogada do Amor vai ter uma experiência de leitura diferente.

Aqui não temos uma história de alguém buscando uma segunda chance ou redenção, temos a história de alguém procurando se encontrar, se redescobrir e tentar fazer as escolhas certas, aquelas que dão orgulho de ter feito e, acima de tudo, que não trazem vergonha e dor. Para quem leu ou não o livro anterior, precisa saber ou lembrar que Viviane é uma mulher inteligente e dona de uma personalidade forte, fez algumas escolhas erradas no passado que lhe trouxeram consequências que ela deseja esquecer. Apesar de que duvido que quem tenha lido Jogada tenha esquecido dela ou do que ela foi capaz de fazer.

Eu só consigo sentir um vazio em meu peito, eu não mereço nada, mas ao mesmo tempo eu quero tudo.

Agora, temos uma Vivi decidindo voltar ao lugar que cresceu, na tentativa de ter uma vida tranquila e provar a si mesma que pode ser uma pessoa melhor. O que já dá aquela animada, por aguardar algum tipo de redenção ou crescimento da parte dela enquanto pessoa, mas claro que a vida não é tão simples como imaginamos ou queremos e ela não contava com Theodoro Garcia, o veterinário bonitão, que apareceu em seu caminho fazendo surgir novos e surpreendentes sentimentos que jurava não ser capaz de sentir.

Theodoro é um profissional dedicado, pai amoroso e carismático, que ao pôr os olhos em Viviane teve a certeza de que não poderia deixa-la escapar de sua vida. Mas dizem que a pior sentença é aquela que damos a nós mesmos, e a culpa que Viviane sente por tudo que fez em seu passado e o dano que isso trouxe a vida de tantas pessoas não permite que ela se sinta livre para viver essa nova história. E assim vamos descobrindo porque ela era "aquela Vivi", e porque hoje ela tenta tão desesperadamente viver uma nova vida, ser outra pessoa. Mas o primeiro passo será se perdoar. O que, com a amizade de Elis e os sentimentos por Theo e sua filha, será um caminho mais bonito, apesar de não menos difícil, a se trilhar.

Sou uma jornalista, está no meu sangue descobrir matérias, eu não vou deixar que ele me tire isso, mesmo merecendo que o faça, mas não posso deixar de ser quem sou, e vou lutar por isso, é minha vida.

Outra coisa que amei foi o fato de que Viviane vê na causa que Theo defende, a chance de se reencontrar com seu próprio passado e levar adiante algo que a tragédia em sua vida deixou em espera por tanto tempo. Claro que enfrentar algo que só visa o lucro e não possui uma gota de empatia por outros seres vivos é perigoso, mas nisso temos a nova visão de vida da Vivi, dando um show de como ser ativa de forma a fazer a diferença de forma positiva.

— O passado precisa ficar pra trás, e estou orgulhoso da mulher que encontrei aqui, decidida a salvar o mundo, a fazer diferença, e tenho certeza que ele vê isso em você, não deixe o passado decidir seu futuro, Vivi.

Agora, como alguém que leu o primeiro livro... Foi difícil engolir que ela realmente tinha mudado e iria tentar acertar seus erros, e como foi delicioso ir descobrindo o que houve antes das atitudes dela em Jogada, porque o Tio Osmar agia daquela maneira, e também como foi todo o processo que a levou àquele momento do começo dessa história. De como ela realmente cresceu e continuou sendo ela mesma em uma versão melhorada. Como o passado pode ser tanto uma forma de melhoramos, e como podemos deixar que se torne uma âncora que nos impende de crescer enquanto pessoas e de viver. Só posso dizer que foi uma experiência linda ler esse livro, super recomendo!!

Só que deixo aqui uma dica: leia por ordem de história e não publicação. Acho que vou fazer uma releitura assim: Jogada do Amor, A Minha Chance, Regras do Desejo (Spin-off de Jogada do Amor) e, claro, esperar pela chance de ler a história da Elisabete, em breve!

Eu li em formato digital, na edição disponibilizada pela autora na Amazon, para compra, e no Kindle Unlimited. A diagramação do e-book está ótima, e a capa ficou lindíssima, em especial por ser tão parecida com a personagem da história.


Nota ::  4,5


Informações Técnicas do livro

A Minha Chance
Ali Graciotte
Ano: 2019
Páginas: 201
Editora: Independente
Sinopse:
Uma chance era tudo o que ela queria. 
Viviane, é uma mulher inteligente e dona de uma personalidade forte, fez algumas escolhas erradas no passado que lhe trouxeram consequências que ela deseja esquecer. 
Disposta a recomeçar, decide voltar ao lugar que cresceu, na tentativa de ter uma vida tranquila e provar a si mesma, que pode ser uma pessoa melhor. O que ela não contava era que Theodoro Garcia, o veterinário bonitão, apareceria em seu caminho fazendo surgir novos e surpreendentes sentimentos que jurava não ser capaz de sentir. Theodoro é um profissional dedicado, pai amoroso e carismático, que ao pôr os olhos em Viviane teve a certeza que não poderia deixa-la escapar de sua vida. E em meio a tantas incertezas e desafios,
Viviane e Theodoro descobrirão um no outro, uma chance para ser feliz...


_____Sobre a Autora_____

Ali Graciotte



Uma mulher em muitas, essa é a melhor definição para Ali Graciotte. Capixaba, mãe, filha, esposa e leitora voraz – isso que ela se lembra –, desde criança ela aprendeu com os livros que não há limites e nem fronteiras para sonhar. Descobriu-se autora em 2015 e desde então não parou mais, os dedos sempre inquietos em busca de novas histórias. É autora de Jogada do Amor, livro best-seller na plataforma digital Amazon, além dos livros Em Guerra com o Amor e o Amor veio para Ficar, em parceria com a escritora Alc Alves. Atualmente vive na cidade de Serra – ES, onde deixa sempre a cabeça ocupada, criando novos romances. Afinal no mundo literário não existem limites e tudo é possível diante de uma folha em branco de papel.