Mostrando postagens com marcador Literatura Nacional. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Literatura Nacional. Mostrar todas as postagens

10 maio, 2024

Resenha :: Sete Bruxas e um Gato Temporário

maio 10, 2024 0 Comentários


Sei que toda regra tem exceção, e muitas vezes é ela quem confirma a regra. Se gatos ou cães, não posso afirmar, mas quem eu conheço que é leitor por certo, além de livros, tem um ser peludo por perto para chamar de seu, na maioria das vezes mais de um. Agora um livro com um gato preto, não tinha como não querer fazer essa leitura.

26 março, 2024

Resenha :: Os Três Grandes Roubos de Camaleão (Saga das Eras Esquecidas #2)

março 26, 2024 0 Comentários


Se não fosse pelo epílogo no final desse segundo livro, eu indicaria você ler ele antes do primeiro da saga, ou você pode começar por esse, e só não ler o Epílogo?! Que seja, eu estou um pouco confusa como indicar, eu amei de paixão esse livro, o primeiro apenas gostei, conseguem entender? Se lerem o primeiro e não gostarem? Vão estar perdendo essa belezura aqui! Vamos as minhas explicações para entenderem ou não.

03 março, 2024

Resenha:: Sombra de uma Ameaça (Saga das Eras esquecidas #1)

março 03, 2024 0 Comentários


Esses dias eu decidi dar uma chance a um dos mais variados eBooks que tenho no Kindle, que baixo quando estão gratuitos, mas quase nunca leio (esse estava próximo do aniversário de 3 aninhos lá, rs). Bom, eu não tinha muitas informações sobre, além de ter que confiar no meu eu do passado, que devia ter pegado o livro por algum motivo, e tive uma grande surpresa, por um milagre a minha “eu” do passado não me decepcionou! (rindo, levarei para a terapia).

02 fevereiro, 2024

Resenha :: Museu da Meia Noite

fevereiro 02, 2024 0 Comentários


Olá, também simpatizantes de museus e literatura fantástica de todo o país. Sim, esse foi meu único motivo de começar esse livro, o nome e gênero, mas não obviamente o motivo de ter o terminado, esse foi um livro que me deixou uma pequena confusão de sentimentos sobre ele. Enquanto escrevo essa resenha, estou decidindo o que eu achei da leitura. Estou curiosa para saber minha opinião (risos).

20 outubro, 2023

Resenha :: Opositores (Trilogia Elegidos #2)

outubro 20, 2023 0 Comentários



"No capítulo anterior da minha resenha do primeiro livro da Trilogia Elegidos" (leiam com voz de narrador), eu desejei uma visão mais ampla desse universo na continuação, e de fato não posso negar que isso foi entregue para mim, ao mesmo tempo que esse momento foi muito recompensador, senti que faltou algumas coisas também, mas calmem, darei meus motivos!

13 outubro, 2023

Resenha :: Procura-se Um Marido

outubro 13, 2023 0 Comentários



Oi, serzinho? Sentiu saudade? Faz um tempinho que não dou as caras para resenhar por aqui, porque boa parte dos meses anteriores passei doente e sem conseguir ler nada. Mas, mesmo estando meio "xoxa", capenga, manca, anêmica, frágil e inconsistente, estou tentando voltar às minhas leituras. E quando estamos dando passinhos de bebê para sair de uma ressaca prolongada nada melhor que ler um livro da nossa zona de conforto, né? E no meu caso a releitura de um romance leve foi tudo o que eu precisava.

15 setembro, 2023

Resenha :: Elegidos (Trilogia Elegidos #1)

setembro 15, 2023 0 Comentários
 

Em um mundo que mudou completamente depois de uma Guerra Tecnológica, países não são chamados pelos seus antigos nomes, agora lhe são atribuídos números, divididos por Áreas, um mundo muito mais tecnológico, mas ainda desigual e decadente.

E nesse universo distópico, que nos é apresentado Frederico, um garoto de 22 anos que vive em um lugar chamado Área 71, inteligente, mas por conta da pobreza largou a escola e trabalha em três empregos para poder sustentar a si e a avó, única família que ainda tem. Sua vida muda após se vê no meio de um atentado e ajudar os “Elegidos” a lutar e salvar o Presidente Edgar Blake. 

“Era quase um reality show em que poderia ser eliminado se desagradasse alguém.”

11 agosto, 2023

Resenha :: A História dos Evangélicos para quem tem pressa

agosto 11, 2023 0 Comentários


Outros títulos da série, resenhados pelo clube para você conhecer:


Claro que não é preciso ler as obras anteriores para conferir sobre A história dos Evangélicos, mas entendo que tudo está conectado de várias formas e por isso como o próprio livro alerta, não é possível entender o mundo que vivemos, sem olhar pelo retrovisor da história e entender quais fatos e acontecimentos que nos trouxeram a realidade atual. Contudo, para alguém não estudioso do tema pode ficar inviável, afinal são mais de 2000 anos só pensando nos fatos pós-Jesus Cristo. Então nada melhor que um resumo acurado dos principais fatos, com indicações de onde e como se aprofundar em algum tema.

21 julho, 2023

Resenha :: Sei que te odeio, mas... acho que te amo

julho 21, 2023 0 Comentários

Olá pessoas, você já se apaixonou por uma história pela expectativa dos assuntos que vai abordar? Sem falar numa capa com cores lindas e a promessa de uma história que tem muito mais que uma capa bonita. Foi assim minha relação com esse livro, e compartilho as impressões pós-leitura com você.

O livro é narrado em terceira pessoa, assim temos acesso aos pensamentos e emoções de Marina e Cristiano e podemos entender a dinâmica de vários acontecimentos que envolvem os dois. Caso você ame narrativa em primeira pessoa, posso garantir que não iria querer que essa história fosse nesse estilo. Sério, ficou perfeito como está.

Gostei que do clichê a autora trouxe várias novidades e não focou na vida escolar, ela como na vida real é parte da história e não toda ela. A inclusão de uma instituição religiosa que atende crianças surdas, foi uma ótima iniciativa não apenas pelo temo inclusão, mas como também é possível uma história, ter religião sem religiosidade. Nenhuma crença ou falta dela foi ofendida no processo.

14 julho, 2023

Resenha :: Cartas para o Invisível

julho 14, 2023 0 Comentários


Quero apresentar para vocês “Cartas para o Invisível”, de Lincoln Aramaiko, esse livro foi o vencedor do prêmio orgulho na Valentina em 2022, e eu estava para ler ele faz um tempo, mas por questões pessoais não senti que estava pronta, ou estava em um estado mental certo para essa leitura.
“Para onde se foge quando quem te persegue são os seus pensamentos?”

Para ir direto ao ponto, esse livro fala principalmente de suicídio, de depressão, ou como o nosso principal protagonista Esdras descreve, o S.T.T.S, a Solidão de Tudo, de Todos e de Si. 

“...às vezes, parte-se cedo demais da vida, mas nunca se parte tarde o bastante. Então, se você ainda está aqui é porque há alguma missão no seu caminho.”

02 junho, 2023

Resenha :: Extraordinárias - Mulheres Brasileiras que revolucionaram o Brasil

junho 02, 2023 0 Comentários


Quanto mais eu penso, mas me dou conta que preciso "redescobri" a história do meu país. Em especial das mulheres que lutaram, sofreram e até tiveram vitórias que me deram os direitos que hoje eu tão facilmente aceito como meus. E muitas vezes desconheço o preço que foi pago por eles. Algumas vezes com sangue e vida.

Sabe, hoje eu posso dizer sobre a obrigatoriedade ou não do voto, mas... a luta para ter direito ao voto foi imensa e penso que desconhecer essa luta é uma falha nossa para com a história. Afinal isso não é ensinado na escola. O que me diz que não querem que seja conhecido. Então, eu vou em busca desse saber e assim honrar a memória daquelas que vieram antes de mim, para contribuir para um mundo melhor para aquelas que ainda virão. Desculpe o textão, mas só assim para explicar como esse livro entrou na minha lista de leituras. Vamos a história.

Extraordinárias é um livro que lança uma semente no resgate de grandes mulheres da história nacional. Trazendo um chamado ao conhecimento, discussão é luz sobre a vida e legado de cada uma das citadas nessas páginas.

"Se várias gerações crescem sem saber quem são as mulheres que fizeram nossa história, que lugar no país e no mundo somos preparadas para ocupar?"

A mulher que não se limita ao papel social que lhe é atribuído já por si, é uma revolucionária. As autoras, escolheram dentre as pesquisadas as cuja história, tem urgência de serem conhecidas, discutidas e por que não, celebradas. Algumas são "familiares" por terem seus nomes citados na literatura e até levadas a seriados nacionais.

É preciso entender que não é sobre feminismo, é luta por direitos como voto, a guarda dos próprios filhos, a ter direito a gerir as próprias finanças e até mesmo a educação em escola. Coisas tão básicas que foram conquistas porque o direito era negado as mulheres por serem mulheres. Pare e pense que uma mulher está sendo morta enquanto você lê, por ser mulher, nenhuma outra questão além dessa.

"Ao final de tantos esforços, o que se sobressai nas trajetórias aqui reunidas é a força dessas mulheres para comunicar e promover mudanças para toda a sociedade."

Além do resgate histórico da biografia e história das grandes mulheres de nossa história, segue com o breve relato do período histórico que viveram deixando a leitura rica e ainda mais marcante porque vai de encontro com o que aprendemos no ensino regular. Vale ressaltar que me emocionei com o relato sobre Maria Ortiz. E desde esse relato, me refiro ao bairro de mesmo nome com mais reverência. Não vou citar as outras, porque espero que você descubra por si, mas preciso dizer que achei muito digno o espaço para as "abrasileiradas" porque diferente do que dita o preconceito, tem sim quem escolha ser Brasil e faz daqui seu lar.


 Eu senti durante toda leitura um intenso pertencimento, herança de luta de garra, orgulho e muito, muito mais forte que tudo gratidão. A todas elas e incluo as autoras e toda equipe que fez esse trabalho virar uma realidade tão linda. Quero dar esse livro a minha filha e dizer a ela que cada trabalho de parto, cada mulher que empunhou armas, amor e astúcia fez e fará de nós (ela e eu) ainda mais fortes, porque temos um longo caminho a frente. Tanto para manter a conquista, quanto aos novos desafios. 

Sobre a edição, possuem imagens ilustrativa das personagens que são biografadas, uma linha do tempo valiosa, um completo glossário, as referências são de um apelo enorme para um estudo mais profundo por estarem separados por personagem e a parte sobre as autoras acrescenta o que as mesmas fazem para deixar sua marca nesse legado de luta; Num brilhante trabalho do conjunto do livro de revisão e diagramação. Li a edição em e-book disponível na Amazon; Divirta-se, ótima leitura.


Informações Técnicas do livro

Extraordinárias
Mulheres Brasileiras que revolucionaram o Brasil

Duda Porto de Souza, Aryane Cararo

Ano: 2017

Páginas: 208 

Editora Seguinte

Sinopse: Dandara foi uma guerreira negra fundamental para o Quilombo dos Palmares. Bertha Lutz foi a maior representante do movimento sufragista no Brasil. Maria da Penha ficou paraplégica e por pouco não perdeu a vida, mas sua luta resultou na principal lei contra a violência doméstica do país. Essas e muitas outras brasileiras impactaram a nossa história e, indiretamente, a nossa vida, mas raramente aparecem nos livros. Este volume, resultado de uma extensa pesquisa, chega para trazer o reconhecimento que elas merecem. Aqui, você vai encontrar perfis de revolucionárias de etnias e regiões variadas, que viveram desde o século XVI até a atualidade, e conhecer os retratos de cada uma delas, feitos por artistas brasileiras. O que todas essas mulheres têm em comum? A força extraordinária para lutar por seus ideais e transformar o Brasil.

16 março, 2023

Resenha :: Luzes do Norte

março 16, 2023 0 Comentários

Todo leitor já teve aquele momento que simplesmente enjoou de ler os mesmos clichês de sempre e queria algo diferente, que tirasse da zona de conforto o mesmo ponto de vista do universo fantástico em que os protagonistas são todos hétero, lutando pelo trono. Podemos listas vários que seguem essa linha, agora quantos livros você consegue lembrar do gênero de fantasia, com personagens negros, LGBTQIA+ e nacional?

O livro “Luzes do Norte” da autora Giulianna Domingues foi o primeiro livro que li com protagonistas bissexuais no universo fantástico - na verdade, apenas temos a confirmação de apenas uma das personagens que declarou sua orientação sexual como Bi, mas isso não é de importância -, sem nenhum triangulo amoroso ou luta pelo trono.

02 março, 2023

Resenha :: Serviço de atendimento aos corações partidos

março 02, 2023 0 Comentários


 Se o Brasil tivesse um cheiro provavelmente seria de café e pão francês, e levaríamos ele para onde fosse quando batesse a saudade com o tanto de cultura estadunidense e europeia que recebemos diariamente. É tão comum a presença dessas culturas que estranhamos quando lemos um livro sobre a nossa, a sensação de estar em casa é rápida, e foi assim que fiquei ao ler o livro nacional “Serviço de atendimento aos corações partidos”.

10 janeiro, 2023

Resenha :: Eu chamo de amor

janeiro 10, 2023 0 Comentários

 

Muitos falam que nasceram no ano errado, que se dariam muito bem nos anos 60 ou 80 com o início das bandas de rock, porém caro leitor, pense bem, não diminuía o nosso tempo, o século vinte e um é quase um sinônimo para a palavra “liberdade” e consequentemente do Amor. A liberdade de amar após anos no controle, sem direitos, pode amedrontar quem está começando a conhecer esse sentimento, o medo de se machucar é quase maior que o desejo de apenas ser feliz com o outro e com si próprio, e assim, é necessário se perguntar, o que é amor para você?

24 dezembro, 2022

Resenha :: Uma Visita Inesperada

dezembro 24, 2022 1 Comentários



Livros infantis nunca são só para um único público, os temas escondidos nas histórias são compreendidos de forma diferente para quem tem a vida em percurso e o outro no início dela, cada um tendo sua própria interpretação. E é por isso que lemos histórias para os pequenos, as explicações sobre a vida é feita de maneira tão simples que até os adultos se surpreendem, mas e se o tema não for sobre a vida e sim a morte? Um assunto, que é pouco falado entre os adultos, é contado de forma simples para as crianças em Uma Visita Inesperada. 

  

A Dona Morte vem para todos, essa é uma lei universal. 



Em meio às ilustrações de Luiz Henrique e a escrita de Samuel Medina, a bruxa Mafalda é apresentada como uma das mais velhas do mundo mágico e, mesmo com poções e feitiços, ninguém entende como ela continuava tão jovem. A morte batia na casa de todos os bruxos, um a um se juntava para a passagem, e Mafalda continuava em sua casa, cantando, cozinhando, limpando, esperando pelo próximo dia e agradecendo pelo anterior, sempre feliz até que a famosa batida em sua porta surge... Mas não do jeito que imaginou. 

  

A morte é colocada como uma senhora de vestido verde, brilhante, e isso logo surpreende Mafalda, que esperava algo totalmente diferente. A Dona Morte percebe e explica não só a bruxa, mas ao leitor, que a morte é como um espelho, se você a vê como algo bom ou ruim, irá depender apenas de você. 

  

Eu sou como um espelho, Mafalda. Se você não viu foice ou caveira escondida com capuz, é porque essa imagem não tem espaço no seu coração. 

  

Mafalda logo se prepara para ir embora desse mundo quando a Dona Morte avisa que veio apenas para conversar, ainda não era o momento de ir junto com ela. A bruxa com aparência de jovem tem uma reação um tanto quanto inesperada ao ficar triste por não ter chegado a hora, mas ao longo da leitura o leitor começa a entender o que aconteceu para a Morte não querer levar Mafalda. 



A história conta como devemos olhar para a morte, a acostumar com sua presença e não ignorar como normalmente é feito. A Mafalda precisa enfrentar a morte diariamente como uma amiga do lado e não uma inimiga, não importando a idade, ela irá chegar de surpresa. Falar dela abertamente, refletir, agradecer todos os dias pelo o que teve de bom, são abordados de forma doce pelo escritor. O público alvo percebe a alegria da personagem em estar viva, e ri pelo fato de que ela já quer ir embora, mas ainda não chegou a hora, afinal, não é ela quem decide e assim só resta esperar enquanto toma café com a Dona Morte. 

  

O rosto da Malfada deixava escapar uma pergunta, que a menininha respondeu apenas com um silencioso sim, enquanto estendia sua pequena mão. Com uma expressão que passava entre o alívio e a expectativa, Mafalda começou a cantar uma canção de despedida. 



Informações Técnicas do livro

Uma Visita Inesperada 

Samuel Medina 

Ilustração: Luiz Henrique Evaristo 

Ano: 2021 

Páginas: 30 

Editora: A Mascote 

Sinopse: 

Mafalda é uma bruxa que gosta de cantar. E canta tão bem, que recebe uma visita que passa dias ouvindo sua música. Uma visita que, mesmo inesperada, vem para todos nós... 




Para comprar:

 Livro Físico