Follow Us @soratemplates

17/01/2019

Resenha :: Todo o Tempo do Mundo


Oi faroleiros, não costumo fazer muitas leituras coletivas, mas aceitei ler Todo o Tempo do Mundo a convite do autor Mauricio Gomyde. Cinquenta e três pessoas leram juntas, interagiram entre si e ficaram sabendo de detalhes da história pelo próprio autor no grupo criado por ele no Whatsapp. Foi uma experiência incrível!! 

Depois que li o maravilhoso Surpreendente (resenha aqui), lançado pela Editora Intrínseca, aguardei ansioso pela próxima obra do autor. Foram 3 anos de espera para o lançamento de Todo o Tempo do Mundo, agora, pela editora Astral Cultural


O novo romance do autor brasiliense é sobre viagem no tempo. Sei que esse tema já foi tratado em diversos livros e filmes, mas Maurício Gomyde trabalhou o tema de forma diferente. Vitor, nosso personagem principal, viaja no tempo de acordo com o nível de felicidade ou tristeza dele. Ele não controla as viagens. Quando está muito feliz, Vitor viaja para o passado e, quando está muito triste, para o futuro.

Sou uma pessoa sem rumo definido, um ser do mundo. Hoje, aqui. Amanhã onde o destino quiser.

Com medo de que as pessoas pirem com seus sumiços e aparições repentinas, Vitor se isola de todos, evitando momentos de felicidade e de tristeza genuínas. Por isso, sente como se sua vida tivesse passado em branco. Tudo muda quando Vitor encontra uma pessoa que achava estar morta. Amanda é capaz de fazer ele sentir todos os sentimentos possíveis.


Quando Vitor se isolou, ele comprou terras em Bento Gonçalves e passou a produzir espumantes. Achei que Gomyde poderia ter retratado melhor o plantio das uvas e a produção dos espumantes, assim como Nora Roberts fez em A Villa sobre a produção de vinhos. Não foi por falta de conhecimento. O autor ficou hospedado na Casa Valduga e aprendeu muito com os enólogos de lá. Ele também foi à Cave Geisse, que é uma das vinícolas mais premiadas no mundo e que serviu de inspiração para as terras de Ferazza. 

Gostei dos personagens. Amanda é forte apesar da vida sofrida que leva, mas dois personagens secundários se destacam: Rico, dono do hamBUSgueria, e o cachorro chamado simplesmente de Cão. Rico é louco e também o mais sábio de todos. Um verdadeiro maluco beleza! 

A diagramação da Astral Cultural é bem tranquila para a leitura, com espaço grande entre as linhas e nas bordas. Uma bela edição de 350 páginas recheadas de frases sobre felicidade. A história é contada em primeira pessoa e o ponto de vista é alternado entre Vitor e Amanda. Adorei a foto da capa. Ela representa bem o casal.


Publishers Weekly disse que Maurício Gomyde é um autor que você não pode deixar de conhecer” e eu assino embaixo. Como todo livro do Gomyde, o sentimento é o centro da narrativa e sua escrita singela encanta já na primeira página.

Não deseje que o que acontece aconteça como você quer, mas queira que o que acontece aconteça como tem que acontecer, e então você vai ser feliz.

O que é felicidade genuína pra você? 


Com amor, André.


Nota :: 

Informações Técnicas do livro

Todo o Tempo do Mundo
Ano: 2018
Páginas: 352
Editora: Astral Cultural
Sinopse:
E se você um dia descobrisse que viaja ao passado toda vez em que fica muito feliz? E que vai ao futuro toda vez em que fica muito triste? Pois isso é o que acontece com Vitor Pickett.
Tudo começou na noite em que ele beijou Amanda, e Vitor nunca teve chance de descobrir se aquilo é dádiva ou maldição, porque, ao fim daquela festa, Amanda foi embora para outro canto do mundo, para nunca mais voltar.
Vinte anos depois, ele é um recluso dono de vinícola numa cidadezinha do Sul do Brasil, e acha que ela morreu num atentado; Ela, entretanto, é casada e gerente da livraria mais bonita do mundo, em Buenos Aires.
Mas um reencontro inesperado poderá mudar tudo. Vitor entenderá por que viaja no tempo? Amanda revelará que não é quem ele sempre imaginou? Aquele amor renascido será mais poderoso do que tudo que os separa?
As respostas dependerão de Vitor subverter a lógica insana de seu corpo e conseguir alterar um fato do passado. Porque, se é verdade que quando a primeira lágrima desce do olho esquerdo, o choro é de tristeza, e quando desce do direito o choro é de felicidade, aquele poderá ser o sinal mais poderoso de suas vidas...
"O olhar sensível e a deliciosa escrita do Maurício Gomyde tornam suas histórias tão cativantes, que achei impossível fechar o livro antes de chegar à última página" (Carina Rissi)

 _____Sobre o Autor_____



Maurício Gomyde



Maurício Gomyde nasceu em São Paulo e desde os três anos de idade vive em Brasília. Possui 7 livros publicados, em 6 países. Foi finalista do Jabuti 2016. Além de escritor, também é roteirista e músico.

4 comentários:

  1. Oi André... Tá linda sua resenha... 😘😘

    ResponderExcluir
  2. Oi André.
    Eu particularmente adoro livros assim e me sinto muito motivada a ler a obra. Adorei saber mais sobre o livro e com certeza entra para lista de leituras.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. Hi André,
    Eu não sei se começo elogiando sua resenha ou já chego falando em como achei super bacana o contato com o próprio autor da obra durante a leitura no clube do livro. Mas a minha curiosidade mesmo é se o romance romântico muda/afeta no que parece ser a narrativa principal: os saltos no tempo.

    P.s.: Li no ano passado (ou foi retrasado?) um livro da Nora Roberts (A Testemunha) e amei a escrita dela, e como desejei poder ler outros, irei pesquisar a sinopse do que você mencionou. ^^

    ResponderExcluir
  4. Oiieee,
    Que resenha incrível! Eu particularmente não conhecia esse autor mas agora ele já está na minha lista e irei buscar conhecer mais sobre seu trabalho, e começarei com esse livro. Amei a premissa do livro e quero muito conhecer essas personagens.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!