Follow Us @soratemplates

01/08/2019

Resenha :: Dois Corações (Recomeço #2)


Amigos Faroleiros, conheci a J. Marquesi ao ler Duas Vidas (resenha aqui), o primeiro livro da trilogia Recomeço. Entre Duas Vidas e Dois Corações, li vários outros livros, inclusive Theo: Os Karamanlis #1 (resenha aqui) da própria autora. Só agora voltei para a trilogia, mas isso não tem problema porque a trilogia é temática. Cada livro conta uma história independente sobre ter uma segunda chance.

Cadu perdeu a mulher que amava em um acidente de carro e se afundou nas drogas e no álcool. Por isso, foi afastado de sua filha que mora com os avós. Os sogros não deixam ele se aproximar muito de Amanda. Ele só pode visita-la nos dias estipulados pela justiça e sob supervisão. Decidido a reaver a guarda da filha, ele vai lutar contra o vício e contará com a ajuda de amigos, familiares e do AA.


Regeneração não acontece de uma hora para outra, mas sim gradativamente, um dia de cada vez. É doído, é necessário se quebrar inteiro para ser reconstruído, mas, durante esse processo, eu tenho aprendido a valorizar cada história que ouço aqui, nas reuniões, e vibrar a cada mínima conquista.

Lara lutou contra uma grave doença cardíaca quando criança. Crescida e melhor de saúde, ela se muda para São Paulo para estudar música na ECA e acabou tornando-se babá de Amanda para ajudar nas despesas. Ela não sabia que o pai de Amanda é o famoso vocalista da banda Off-Road, Cadu Fontanelles.


Lara está disposta a ajudar pai e filha a ficarem juntos, mas ela vai acabar se apaixonando por Cadu, mesmo que ele nunca tenha deixado de amar a falecida mãe de Amanda.

O amor surge não só quando é correspondido ou mesmo chamado e desejado. Ele apenas surge, e nós temos que lidar com as consequências.

Adoro personagens quebrados, com marcas e traumas do passado, e a autora Ju Marquesi escreve muito bem esses personagens. Ela consegue escrever histórias apaixonantes e envolventes sem pesar muito no drama. Cadu sofreu muito com a morte de Mônica e, depois, com a separação de Amanda. Lara teve uma infância complicada por causa da sua doença que também deixou cicatrizes, além das físicas. Amanda é uma garota muito fofa que sente a falta da mãe e a ausência do pai. Não tem como não torcer para que eles fiquem todos juntos.

A felicidade não está no fim do caminho. Ela não é um pote de ouro ao fim do arco-íris, mas sim o deslumbramento das cores na caminhada.

Os personagens secundários também são muito bem construídos. Deixando a gente com vontade de saber mais sobre alguns deles. Adoraria ler sobre Milena, irmã de Cadu, e Luti, amigo e músico da Off-Road.

Outro ponto que chamou a minha atenção foi que antes da Lara ser babá da Amanda, ela trabalhava em um pub na Vila Madalena. Como já tinha lido Theo: Os Karamanlis #1, sabia que se tratava do Hill Wings Pub, da Duda, e fiquei... OMG! OMG! Adorei rever Duda Hill que terá seu romance contado no primeiro livro da série Os Karamanlis. Adoro quando as histórias se interligam dessa forma.

Sonhos são como os deuses. Se você para de acreditar neles, deixam de existir.

Não sei porque demorei tanto para voltar à trilogia RecomeçoDois Corações é uma linda história de amor e de superação. Algumas partes do final deixaram meus olhos marejados. Com certeza lerei Dois Destinos, o terceiro e último livro da série.


Com Amor, André


Nota :: 

Informações Técnicas do livro

Dois Corações
Recomeço #2
Ano: 2018
Páginas: 688
Editora: Independente
Sinopse:
Cadu Fontenelles tem fama, dinheiro e mulheres, mas trocaria isso tudo por apenas uma coisa: a oportunidade de criar sua filha.
Depois de perder a mulher que amava, ele se vê totalmente perdido, afundando em drogas e álcool, sendo impedido de ficar com Amanda, que está sendo criada por seus ex-sogros. Decidido a mudar de vida para ter a menina, ele enfrentará uma enorme batalha contra o vício. Contudo, irá descobrir que o destino ainda guarda muitas surpresas para o seu coração.
Lara Martins mudou-se para São Paulo para estudar e acabou se tornando babá de Amanda Kaufmann, uma menina solitária e infeliz que perdeu a mãe ainda bebê e cujo pai é limitado a vê-la sob supervisão. Lara entende o que é uma infância triste, pois nasceu com um problema cardíaco que a restringiu de ser como as outras meninas e cresceu sob a superproteção de seus pais. Disposta a tudo para fazer sua pupila feliz, ela bola um plano para aproximar pai e filha e, no percurso, acaba se apaixonando por Cadu.
Ele, um homem quebrado, cheio de marcas do passado, que insiste em viver um eterno luto sentimental. Ela, querendo viver intensamente, aberta a sentir o amor pela primeira vez. A paixão entre os dois é intensa, mas Lara sabe que Cadu não pode amá-la, uma vez que continua ligado à falecida mãe de Amanda.
Há chance de dois corações tão sofridos serem finalmente felizes?

ATENÇÃO:
1) Esse livro não tem continuação, pode ser lido como volume único.
2) A Série Recomeço é temática e seus livros são independentes.
3) Caso queira conhecer, o livro 1 da série chama-se Duas Vidas.
 _____Sobre a Autora_____

Ju Marquesi


J. Marquesi é uma faz-tudo de 34 anos que começou a escrever na adolescência, em cadernos pautados. Acha-se uma metamorfose ambulante, pois já quis ser cantora, atriz, artesã, locutora de rádio, musicista, escritora e chef de cozinha. Atualmente é advogada, mãe e esposa, mas nunca deixou para trás seu sonho de um dia poder mostrar suas histórias a alguém.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!