Follow Us @soratemplates

28/02/2020

Resenha :: O Despertar do Lírio (Flores da Temporada #2)


Este livro é simplesmente apaixonante. A Babi tem uma escrita envolvente que é impossível de largar. Isso traz um orgulho imenso, principalmente por se tratar de uma autora nacional e com uma qualidade impecável. E sem contar com o carinho que ela dedica aos seus leitores e parceiros.


Neste segundo livro da série Flores da Temporada, conhecemos um pouco mais sobre Lilian Radcliffe, irmã de Kathelyn do livro A Promessa da Rosa, e apesar de serem irmãs são bem diferentes.

Depois do que aconteceu com Kathelyn, Lilian fica praticamente perdida perante a sociedade, e quando seu primo, o visconde Rafael Radcliffe, lhe propõe casamento, mesmo sem ama-lo, ela aceita. Rafael era um perfeito canalha que tentou se redimir de seus feitos com este casamento (quem leu o livro anterior sabe as coisas terríveis que fez).

Lilian tinha apenas dezesseis anos quando se casou, foi mãe aos dezessete e ficou viúva aos vinte.

Ela sempre se julgou imune a essa classe de sentimento tão espontâneo, tão irracional, tão fora dos planos. Como isso foi acontecer justo com ela?

Então ela foi completamente privada das temporadas e dos bailes como as mocinhas de sua idade. Agora, aos vinte e um anos e mãe de Paul de apenas quatro, ela é considerada uma das damas mais recatadas e bem conceituadas da sociedade. Apesar do período de luto já ter passado, Lilian se recusa a se casar novamente ou ter qualquer tipo de relacionamento amoroso com quem quer que seja.

Nunca ouviu que os libertinos, quando se apaixonam, são os melhores e mais devotados maridos do mundo?!

Lorde Owen Simon, também conhecido como Barão assassino, é um libertino de primeira e, apesar de ser suspeito de matar sua esposa, nunca foi condenado e nem fez questão de provar o contrário. Pois a única coisa que ele deseja é vingança. E como Rafael Radcliffe já é falecido, a vingança recairá sobre sua insossa e recatada viúva. Ele pretende tirar dela o que Lilian mais preza, sua honra e prestígio.

— Lorde Owen — ela disse de olhos fechados , existe alguma coisa em sua pessoa que me leva a perder toda a noção de boa educação e de compostura.

Lilian é requisitada para ajudar uma jovem que está sendo indevidamente seduzida, sendo assim ela parte para uma temporada de festa, onde ela jamais iria em qualquer outra ocasião. E Simon vê nesta festa a oportunidade de colocar seu plano em prática, o que ele não contava era que a sem graça da Viscondessa Radcliffe fosse uma pessoa tão encantadora, divertida e agradável. Por outro lado, Lilian não imaginava que o libertino Barão assassino fosse tão irresistível e galanteador. A atração entre os dois é inevitável. E a paixão entre eles é tão avassaladora, que mudará a vida desses dois para sempre.

Simon não era um aristocrata comum. Não como ela entendia que deviam ser os nobres comuns. Ele não se importava com nada. Sua reputação já não valia coisa alguma e seu senso de honra e de justiça talvez o levassem a resolver as coisas assim, ente socos, grunhidos e gritos.

Este livro não tem a carga emocional dramática do livro anterior, pois apesar de ter amado A Promessa da Rosa, eu chorei muito e morri de pena do sofrimento de Kathelyn, até ela, enfim, encontrar o seu “felizes para sempre”

Este tem um toque a mais. Cheio de romantismo e sensualidade. Babi caprichou nas cenas calientes.  Claro que me emocionei bastante neste livro, pois, com sua escrita, Babi é mestre em abalar nossos corações. Mas este livro fala, principalmente, de amor, superação, perdão e aceitação. 

E para quem curte um romance de época perfeito, este é simplesmente imperdível.


Obs.: Esta série pode ser lida separadamente, mas se não gosta de pegar spoiler, recomendo que leia na ordem.

A Promessa da RosaFlores da Temporada, livro 1 (resenha aqui)
O Despertar do LírioFlores da Temporada, livro 2
Não Me EsqueçasFlores da Temporada, livro 3



Nota ::  


Informações Técnicas do livro

O Despertar do Lírio
Flores da temporada #2
Ano: 2016
Páginas: 382
Editora: Novo Século
Sinopse:
Lilian Radcliffe é uma jovem viúva e está feliz com sua vida isenta de emoções. Culpa do luto que não larga? Lilian jurou fidelidade ao marido no leito de sua morte.
Paralelo a isso, conhecemos Simon Thorn, homem frio e libertino, dono da maior casa de jogos de Londres. Ele está a um passo de realizar seu plano de vingança contra o culpado pelo título de assassino que recebera anos atrás. O problema é que o canalha está morto e ele terá de usar a sua viúva recatada a fim de atingir seus objetivos.
De um lado, ela precisa manter sua honra intacta; de outro, ele quer seduzi-la e desmoralizá-la. No entanto, Lilian nunca se sentiu tão vulnerável e atraída por um homem. E Simon, por sua vez, demonstra reações ao lado dela das quais nunca imaginara ter. A vingança e a honra se abalam quando nasce entre ambos uma paixão incontrolável. Mas, para ficarem juntos, terão de enfrentar segredos e mágoas profundas, um castelo trancado há seis anos, palco de uma morte misteriosa e, sobretudo, encarar os fantasmas do passado que assombram suas consciências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!