Follow Us @soratemplates

23/05/2020

Resenha :: Perto do Fim


Olá, pessoas, tudo bem? Nesse mês escolhi uma lista bem eclética de minhas leituras e esse livro entrou na categoria Mistério e Suspense. Por ser livro único foi uma ótima pedida, porque tem horas que tudo que não queremos é começar uma série, não é mesmo?

Narrado em primeira pessoa, no ponto de vista de Jeff Weber, somos apresentados a suas dores, seu luto e imensa vontade de não viver, não sofrer mais e a culpa pelo que houve à sua esposa e filha e a dor de ter sobrevivido quando tentou acabar de vez com o sofrimento, jogando o seu carro contra um poste de concreto.


O livro começa assim, com essa atmosfera carregada, afinal a única pessoa a quem ele pode chamar de família é seu pai. Um homem frio, distante e controlador que, mesmo trabalhando no dia a dia com o filho, usa de outras pessoas e meios para saber os passos de seu filho. Quando a lógica seria apenas perguntar a ele.

No primeiro momento a narrativa mostra bem a vida rotineira e mecânica que Jeff leva, como, em busca de uma normalidade, ele criou rotinas rígidas a quais se obriga metodicamente a cumprir. Porém o que ele nunca imaginava é que o prenúncio de uma tempestade trouxesse, além de chuva e raios, uma mudança em tudo a qual se acostumou. Da sacada de sua casa, ele ouve uma jovem pedindo socorro e corre até lá para ajudá-la, sem saber que esse seu gesto daria início a um grande pesadelo.


Apesar das longas conversas mantidas em frente ao seu túmulo, em voz alta, ou só para mim, ainda há muito a ser dito.

Ele liberta a jovem Valentina das mãos do agressor e recebe ameaças dele, por ter surgido na hora errada. O sujeito foge, mas no mesmo dia coloca em prática suas ameaças. Após isso, Jeff vê sua rotina pacata e metódica sofrer uma guinada vertiginosa. Uma série de acontecimentos o faz pensar que sua vida corre perigo e o homem falava sério. Ele só não entende qual o motivo para tanta fúria e desejo de vingança. E, nesse momento, a história te deixa intrigado com as ameaças e ainda mais com a maneira enigmática que pai de Jeff, o sr. Milton Weber, lida com esse assunto, ao mesmo tempo que deixa no ar frases que trazem ainda mais incertezas que esclarecimentos.

Ao mesmo tempo em que se vê perseguido e na mira de um maníaco, Valentina surge como um sopro de esperança em sua vida, trazendo um pouco de paz ao seu coração acostumado a estar mergulhado em sombras. Afinal, estando tão mergulhados em nossa dor, esquecemos que as pessoas a nossa volta também têm suas dores e seus próprios sofrimentos com que lidar. E assim, vamos vendo os sentimentos que ela desperta em Jeff darem esperança de que talvez ele consiga voltar a viver e não apenas existir. Mesmo que nada seja tão simples. Afinal, quando ele passa a acreditar que finalmente tudo se resolveu, o inesperado acontece, o deixando preso em um dilema desanimador.


Se a sua história é triste e você não vê nenhum motivo para se alegrar com ela, volte sua atenção para outras histórias e tire delas a alegria que falta na sua.

A partir desse momento, ele terá que ser realmente forte para superar o novo obstáculo que o destino colocou em seu caminho e mostrar além de uma força para lidar com dores físicas quanto com as emocionais, se quiser viver. E o fato de poder perder a vida o mostra como sua jornada foi longa até esse momento, e que realmente ele agora tem motivos para lutar pela vida.

Confesso que não imaginava a resolução do mistério, achei meio ok. Mas, em compensação, os outros desfechos me deixaram bem satisfeita, porque eu concordei com os rumos tomados. Tenho que dizer que realmente achei que alguns pontos poderiam ter sido melhores explicados e algumas perguntas que me fiz ficaram sem uma resposta. Mas nada que tenha estragado a história como um todo.


O livro tem uma capa que remete a história, com uma edição muito bonita, com revisão e diagramação bem-feitas, sem erros de digitação ou ortografia, fonte e papel amarelo que deixaram a leitura ainda mais confortável e um trabalho de impressão excelente. Boa leitura.


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

Perto do Fim
Ano: 2017
Páginas: 246
Editora: Selo Jovem
Sinopse:
Jeff Weber é um homem solitário e inconformado com o seu destino. Tentou acabar de vez com o sofrimento, jogando o seu carro contra um poste de concreto, mas sobreviveu.
Um dia, Jeff escuta da sacada de sua casa, uma jovem pedindo socorro e corre até lá para ajudá-la, sem saber que esse seu gesto daria início a um grande pesadelo.
Jeff liberta a jovem Valentina das mãos do agressor e recebe ameaças dele, por ter surgido na hora errada. O sujeito foge, mas no mesmo dia coloca em prática as ameaças.
Após isso, Jeff vê sua rotina pacata e metódica, sofrer uma guinada vertiginosa. Uma série de acontecimentos o faz pensar que sua vida corre perigo e o homem falava sério. Ele só não entende qual o motivo para tanta fúria e desejo de vingança.
Ao mesmo tempo em que se vê perseguido e na mira de um maníaco, Valentina surge como um sopro de esperança em sua vida, trazendo um pouco de paz ao seu coração acostumado a estar mergulhado em sombras.
E quando ele passa a acreditar que finalmente tudo se resolveu, algo inesperado acontece, jogando Jeff num dilema desanimador. Agora ele terá que ser realmente forte para superar o novo obstáculo que o destino colocou em seu caminho, se quiser viver.


Para comprar:

 Livro Físico
 E-book


A editora Selo Jovem é uma empresa independente, que atua no mercado do livro desde 2013. É uma editora com base sólida e confiável, pois o objetivo da Selo Jovem é publicar obras com 100% de qualidade literária, sem pressa e trabalhando duro na revisão dos textos; sem jamais desistir, para ganhar experiência e amadurecer a cada dia.


Conheça mais sobre a Editora Selo Jovem
em seu site e redes sociais:
Site │ Instagram │ Facebook 

Um comentário:

  1. Mistério e suspense é ótimo para ler.Obrigado pela resenha.Bom domingo.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!