Follow Us @soratemplates

29/07/2020

Resenha :: Adorável Cretino


Clichês não me incomodam, pelo contrário, gosto muito, mas este, além de tudo, foi uma grata e bela surpresa. Coloque em um contexto a cidade que nunca dorme, um rico empresário pegador, uma loira que não leva desaforo para casa e um bom desafio. Pronto, temos o enredo de Adorável Cretino.

Jason é dono das melhores redes de hotéis de Las Vegas e, apesar de ser muito bom no que faz, não perde a oportunidade de passar suas noites com uma mulher diferente. Quando está de saída de uma festa em um bar com o seu melhor amigo, se depara com uma loira linda. E ele logo dá em cima dela, mesmo que a garota com que ele acabara de estar esteja do lado da loira. Mas enfim, ele parte para o ataque.

Jason disse que não fazia sentido estar dormindo em sua casa todos os dias e não ter minhas coisas por lá. Bom, aqui estou eu, tendo uma relação de marido e mulher sem ao menos ter me casado de fato. E o mais louco disso tudo é que estamos exatamente na cidade onde os casamentos são rápidos e práticos...

Hellen é uma jovem que acabou de se formar na faculdade e está em Las Vegas por causa de um estágio muito concorrido que ela conseguiu junto com sua melhor amiga. Ela detesta badalação, e se sente deslocada em certos ambientes (como este, por exemplo). Ela não entende como as mulheres podem se desvalorizar tanto, se envolvendo com caras que só querem levá-las para a cama, sem nem saber o seu nome. Como essa idiota que está dando um escândalo por um cara que está, descaradamente, dando em cima dela, sem ela estar a fim dele. Mas ela tem um plano!

Ela se mostra interessada e aceita a bebida. Enquanto Jason já estava se achando "O CARA", Hellen do nada se vira , o empurra para dentro da piscina e quando Jason se dá conta, completamente furioso, a loira desapareceu.

É claro que Hellen não contava que o rapaz que ela quase afogara na piscina, completamente fulo da vida, era o neto/dono do hotel em que irá estagiar. E aí a confusão está armada. Pois quando Jason percebe a feliz coincidência tenta, como quem não quer nada, insinuar que com favores sexuais ele poderia esquecer o ocorrido e Hellen, mais do que de pressa, lhe dá um bom e merecido chute entre as pernas e, é claro, sai em disparada, certa de que dessa vez ela estará desempregada.

Apesar de muito furioso, Jason vê em Hellen um delicioso desafio.

A história é cheia de confusões hilárias, que só esses dois podem se meter.

Na verdade eu a amo exatamente por ela não ser previsível. Hellen é uma surpresa a cada dia. Ela me fascina e me faz querer agrada-la o tempo todo, não o contrario. Conversamos sobre negócios, sobre todos os assuntos e não vejo outra pessoa com pensamentos tão parecidos com os meus. Sempre que a encontro, sinto vontade de contar a ela sobre o meu dia. Tenho interesse em saber sobre como foi o seu dia e apenas conversar.

Não tem aquele livro que te conquista na primeira página, então é muito raro isso acontecer comigo, geralmente o livro me ganha no decorrer da história. A impressão que eu tive é que a Camila pegou o cara mais cretino que ela conhece, abriu sua cabeça, tirou tudo que ela achava interessante e, a partir daí, ela criou uma história incrível, hilária, fofa e sensual sem ser erótica.

Sim, eu não posso considerar este um livro erótico, tem insinuação, eles falam bastante no assunto, mas a autora é tão sutil nas partes picantes que, mesmo sem ser dito o que aconteceu, você tem a plena certeza de que foi perfeito. O fato dela não entrar muito no assunto não faz falta para a história se tornar interessante. E, gente, é sério, como eu ri com este livro, como eu disse, foi uma grata surpresa e super recomendo.

Jason é cheio de regras e, a cada dia, ele acaba quebrando várias delas com Hellen, e o mesmo acontece com ela. O livro é narrado pelos dois personagens, mas com o Jason é como se ele estivesse se desabafando, conversando com o leitor. E ôôôôôô homem para falar verdades besteiras.

Desculpem mulheres, mas preciso ser sincero agora; por que diabos vocês colocam cintas, cílios, lentes e cabelos falsos, se tem a intenção de dar? Vocês realmente acham que isso é um fator positivo para suas noites à procura de um macho alfa como eu? Acho que não!

Nós mulheres, somos confrontadas todos os meses com a maldita TPM. E, é por esse motivo, nesse momento me sinto irritada além do normal. Minha língua se transforma em uma arma, e durante esses cinco dias que acontecem... nós, mulheres, deveríamos ficar em casa, nos entupindo de chocolate, em vez de massacrar pessoas que não tem nada a ver com nossos malditos hormônios...
— Desculpe "Sr. Ego Ferido", não estou acostumada a conviver com pessoas do seu nível social. Seu avô, entretanto, é um homem encantador diferente de você — Ele realmente se sentiu ofendido.
— Você já namorou alguma vez? Deve ser complicado para um homem aguentar esse seu mau humor contínuo.
— Sim, namorei, e os homens que namorei, acredite você ou não, são mais humanos e tratam as mulheres com muito mais respeito que você — Agora seu rosto é indescritível. Acho que feri seu ego novamente...




Nota :: 


Informações Técnicas do livro

Adorável Cretino
Ano: 2015
Páginas: 256
Sinopse:
Jason Hoffman é um empresário bem-sucedido do ramo hoteleiro em Las Vegas. Sua vida se divide entre reuniões de trabalho e festas luxuosas à caça de belas mulheres que possam lhe proporcionar inebriantes noites de prazer. Com uma personalidade envolvente e sedutora, ele sabe exatamente o efeito que causa nas mulheres e, por isso, consegue seguir à risca uma de suas regras primordiais: jamais ficar com a mesma mulher por muito tempo. 
E, apesar de ser um grande cretino, Jason terá de reconsiderar suas regras, visto que uma única mulher parece não ceder a elas. Hellen Jayne é inteligente, segura de si e sabe se valorizar no que diz respeito ao seu trabalho no meio turístico e aos homens, por isso não se deixa inebriar pelos jogos de sedução de homens como Jason Hoffman. Após se conhecerem em uma festa e o flerte terminar no fundo da piscina, ambos terão de lidar com uma ironia do destino ao se reencontrarem no ambiente corporativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!