Follow Us @soratemplates

06/06/2021

Resenha :: A Vida pelos Olhos da Guarda Real (Antologia)



Olá, pessoa! Quando nós precisamos relaxar, nada melhor que uma leitura que deixe o coração quentinho e faça aquela companhia gostosa, não é? Foi pensando nisso que eu escolhi para ler essa antologia de contos que, em comum, tem os personagens que fazem parte da guarda real. Cada conto é de uma autora diferente, então dá para ler um conto, depois outro... aproveitando cada história com calma.



Nessa antologia temos 4 contos se passando em Londres, no Palácio de Buckingham, e o outro em Portugal. Vamos aprender um pouco sobre o que é ser um guarda real e todas as funções que eles exercem, como também algumas simbologias sobre roupas e costumes.



 Quebrando Regras 

(Denilia Carneiro)

 

— Mas, como você me faz quebrar regras, mas uma, não será problema.

 

Nesse conto, vamos conhecer Noah Lewis e como, após um sonho, sua vida começou a ter rumos de um pesadelo. Afinal, para alguém tão certinho e observador das regras, Isla Brown era um verdadeiro pesadelo em forma de mulher.



Eu curti a narrativa, foi uma história que deu para ler em um ritmo gostoso, curtindo as aventuras e desventuras de Lewis tentando a todo custo não conversar com os hóspedes, mas se vendo refém da tagarela Isla. Enquanto a confusão entre sonho e realidade fica cada vez maior. 

  

Um conto muito divertido, onde a realização dos sonhos requer uma grande dose de coragem e saber que amor não obedece as regras. Gostei do modo como a autora criou fatos paralelos para manter a trama com um bom ritmo de acontecimentos e o fato dos personagens terem características tão singulares. 



 O Guarda Solitário 

(Maya Brito)

 

— O que está fazendo? — Ela questionou com o olhar fixo no meu, mas não fez menção de se afastar. — Algo que provavelmente vamos nos arrepender depois.

 

Aqui quem nos conta a história é Theo Truman, que compõem a guarda que desperta a curiosidade de todos que veem imagens dos castelos de Londres ou dos milhares de turistas que visitam a cidade. Afinal, a curiosidade sobre alguém que fica horas e horas imóvel é irresistível.



Quem vai nos ajudar a matar a curiosidade e também a descobrir as curiosidades por trás da vestimenta do guarda é Rebekah Davies, uma fotógrafa debochada que vive importunando-o dentro e fora de seu expediente. E, de certo modo, fazendo tudo o que nós gostaríamos de fazer se pudéssemos. 

  

Porém, existe algo que Theo guarda além do palácio, que é seu coração. E, à medida que ele entra em um jogo aparentemente inofensivo com Davies, ele vê sua solidão ameaçada por ela. E assim vamos começar a desvendar não apenas os segredos do ofício de Truman, mas também o porquê de sua solidão e do medo de abrir seu coração. 

  

Confesso que nesse conto a Rebekah rouba as atenções e o coração de quem lê e fui pega torcendo muito mais pela felicidade dela que a de Theo, que irrita na medida certa para não querermos parar de ler e saber o que vai acontecer com esses dois. Uma trama cheia de revelações e uma dose extra de romance.



 Certo ou Errado 

(Mila Paziol) 

 

Para ser sincero, não sei o porquê de eu querer fazer essas coisas, acho que o fato dela ser toda religiosa deve estar atiçando a meu lado malvado.

 

Mila Paziol traz uma narrativa sobre guarda real, porém de Portugal, sem que com isso quebre o ritmo da antologia, ao contrário, nos faz pensar em outros palácios também guardados por homens de confiança dos reis e rainhas.



Mirtes Gonzagues vai nos contar sua história de como chegou ao cargo de jovem cozinheira do palácio de Mafra, dividindo a narrativa com Roberto Rodrigues, um homem muito sedutor e bem-humorado, que protege a rainha. 

  

Assim, vamos conhecer duas pessoas muito diferentes que se veem surpreendidas pelo amor e, apesar de conhecermos o passado de Mirtes, vamos ver que com apoio e confiança é possível reencontrar meios de corrigir antigas pendências e começar a descobrir se o sentimento que existe é realmente amor. 

  

A inocência de Mirtes é cativante e, mesmo torcendo pelo romance, é impossível deixar de ficar apreensiva por um envolvimento com o sedutor Roberto. Os toques de humor que são as atitudes de Mirtes dão leveza a trama e realmente amamos quando um homem do tipo “pega, mas não se apega” se vê às portas do amor.



 Sob a proteção do Guarda Real 

(Nathany Teixeira)

 

Coloquei minha farda acima dos meus sentimentos e me tornei um dos melhores no meu ramo, mas a que preço? Acabei me tornando um homem solitário, que vivia apenas com o intuito de trabalhar.

 

Adorei o fato desse conto mostrar o outro lado da moeda do que lemos em O Guarda Solitário. Explico: se lá nós temos a vontade de fazer aquela imagem de estátua viva se mexer, aqui vemos o que pensa o guarda, nesse caso Oliver Jones, enquanto acompanha essas tentativas, e nos leva a pensar que algumas pessoas passam do limite.



Outra curiosidade é vermos o guarda em ação, e que seu treinamento envolve mais que ficar parado, longas horas sem ir ao banheiro ou beber água. Mas que, assim como os demais, ele também é treinado para o combate. E que longas horas de observação tendem a fazer a rotina quase automática de Jones sair do compasso. 

  

Afinal, dias e mais dias observando Valory Rudson dão muito em que pensar, até que ele comprove que ela é uma mulher com imaginação fértil e dom para pintura. Mas longe de ter uma vida tranquila. O que rende muita emoção, reviravoltas e uma trama em que a torcida por um final feliz é emocionante e inevitável.



 Jasper, O Corgi Cupido 

(Naylane Sartor)

 

Escuta as badaladas que anunciavam às três horas da tarde, era prenúncio do que estava para acontecer, podia contar os minutos a partir daquele momento e às três e quinze em ponto, escutaria o mesmo grito de sempre: "Jasper! Não!"

 

Com o tom mais leve e bem-humorado dos contos, vamos conhecer Chester Abbey e seu inferno pessoal, na pele de um peludo cachorrinho. Afinal a proximidade com a rainha faz com quem esteja próximo também de seu amado cãozinho da raça Corgi, Jasper.



Assim, essa comédia romântica conta com um simpático cãozinho que resolve que o melhor jeito de unir um casal é usando a calça de um guarda real como poste. Mas, como nós humanos demoramos um pouquinho para entender as reais intenções por trás de uma ação canina, precisamos acompanhar um pouco da saga de Chester Abbey e Jasper. 

  

Todo o dia, no mesmo horário, ele passava por esse momento embaraçoso, que o fazia desejar poder reagir ao mal que o acometia, mas era impossibilitado pelas regras de seu trabalho. E, mesmo aos risos, vamos começando a perceber que por causa disso ele conheceria Marie, uma jovem que, de uma hora para outra, mudaria para sempre sua vida. Nos deixando assim, sorrindo e se emocionando à medida em que vamos lendo. Fechando assim com chave de ouro essa antologia linda e que deixa o coração de quem lê com aquele quentinho gostoso.





Informações Técnicas do livro

A Vida pelos Olhos da Guarda Real 

Antologia 

Organização: Naylane Sartor 

Ano: 2020 

Páginas: 172 

Editora: Essência Literária 

Sinopse:

Homens fechados, sérios, que não curtem se divertir. Provavelmente são essas as características que pensamos quando ouvimos falar sobre os Guardas Reais. Mas será que é verdade. Que eles são sempre sérios ou tem algo a mais em suas vidas?

Nesta divertida Antologia, Roberto Rodrigues, Oliver Jones, Chester Abbey, Theo Truman e Noah Lewis, nos mostrarão o que tem por trás dos Guardas Reais, que é desconhecido por nós meros mortais.



Para comprar:

 Livro Físico
 E-book




A paixão por livros as ligou, as tornou amigas e a partir dessa amizade desenvolveram uma parceria que se estendeu ao nível profissional. A Essência Literária veio através da ideia de fazer algo novo, em cima da observação das necessidades de cada autor nacional.



Conheça mais sobre a Editora Essência Literária
em seu site e redes sociais:

Site │ Instagram │ Facebook │ Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!