Follow Us @soratemplates

27/08/2019

Especial :: Check-List — Bienal do Livro Rio, eu vou!


 #AntesdoEvento

 Ingresso
Caso não tenha direito a credencial, ou tenha tido o pedido negado, garanta seu ingresso via internet e evite dor de cabeça.  Fila para entrar já é ruim, encarar uma fila adicional para garantir ingresso é ainda pior.

 Monte uma programação
Se você pretende conseguir autógrafos ou visitar editoras específicas, monte uma programação e otimize seu tempo. Você não vai poder estar em dois locais ao mesmo tempo, então aproveite para conhecer horários alternativos.

 Conheça o pavilhão
Não adianta marcar eventos em dois pavilhões distantes em um período curto de tempo. Chegar ofegante e suado não vai ser legal, nem para você nem para a foto.

 Livros desejados
Se o seu cartão não é como a zueira e tem limite, é hora de fazer a lista do que quer comprar, do quanto possui e, caso haja uma margem, garanta as promoções no evento. Por mais que o fator preço seja tentador, o fato peso da mala limita o quanto você pode gastar. Vai garantir um sorriso no fim do evento e não uma dor de cabeça parcelada no cartão.

Ah! Vai comprar direto do autor? Pesquise o preço antes e divirta-se muito com o autógrafo e com as fotos!!! É uma das melhores experiências na bienal.

 Livros que não são lançamentos no evento ou de autores Independentes
Sair comprando logo no primeiro estande que você chegar não é uma boa decisão. Isso porque se você procurar um pouco mais, verá que tem opção mais barata. A dica é passear pelo local todo, anotar no mapa quais os preços mais baratos e depois só voltar.

 Leve mais de uma forma de pagamento
As máquinas de cartão podem dar problema, os caixas eletrônicos podem ficar sem saque e você pode acabar sem seus livros, portanto leve dinheiro ou saque antes do evento começar.


 #PartiuBienal — Indo para o evento!

 Mala
Tenha em mente: a mala deve ir leve, porque provavelmente vai voltar cheia. E em tempos de limite de peso e cobrança de taxas, economizar é preciso. Porque cada real gasto é um livro que você deixa de comprar. No entanto, Menos é Mais!! Sério, leve o que é necessário! 

Leve uma mochila segura, para manter consigo os itens de valor e importantes, afinal não dá para pensar em deixar no hotel enquanto você se ausenta do quarto por horas. Recomendo a mochila para os itens que serão parte do seu kit de sobrevivência durante o dia de evento, mas voltarei a eles em breve.

 Casaco
Verifique a previsão do tempo na cidade durante o evento, mas se sua mãe mandar, leve o casaco, porque quando mãe fala... Risos.

 Roupas
Faça o cálculo de dias que vai ficar no evento e garanta sempre 1 muda de roupa a mais. Nessa hora, opte pelo básico e confortável. Bienal não é um desfile em um tapete vermelho da literatura, é uma maratona com direito a filas imensas, horas gastas em pé ou caminhando e com eventos acontecendo em pavilhões diferentes e distantes; prepare seu "pedômetro" para trabalhar.

Dica: Se for ficar mais de 6 horas no local, talvez queira pensar em uma segunda blusa, para pelo menos se sentir limpa (o) e fresca (o) durante o evento, porque suar é regra e não opcional.

 Calçado
Tênis, Tênis e tênis!! Mas cuidado! O pulo do gato é: Não compre um tênis lindo de viver um dia antes do evento, mesmo tênis novo pode ser desconfortável nos primeiros dias, laceie o tênis ou procure aquele amigo do pé escondido embaixo da cama.

Chinelo de dedo e rasteirinha nem pensar!! Um pisão no pé, que machuque a unha, pode te impedir de aproveitar todo o evento.

Precisa de salto? Leve uma bag com eles para usar no momento exigido, mas nunca como algo para todo evento, a não ser que você vá pagar de estátua ou rainha do trono.

O chinelo de dedo para usar no hotel ou hospedagem! Sério, tem gente que esquece e precisa comprar no local.

 Acessórios
CUIDADO!! Mesmo parecendo inofensivos, colares, bolsas (já falei que indico mochila, né?!), câmeras penduradas, cordões, nem celular na mão e até mesmo a credencial, podem ser potencialmente perigosos caso você vá correr entre os eventos ou filas, porque podem permitir que você se prenda em alguma coisa. Vale sempre o cuidado!


 Como chegar ao evento?
Planeje-se antes, tente conversar com alguém que more no Rio de Janeiro sobre as melhores rotas, deixei dicas no post anterior, Don't Panic!. Outra coisa é atualizar os aplicativos de transporte, Uber, 99, etc. Se não para o trajeto todo, pelo menos para te localizar em um ponto seguro ou de encontro.


 Vamos voltar à mochila?
Quero fazer aqui um check-list (lista de checagem) de coisas que são fundamentais para você aproveitar a bienal, porque por mais que a direção do evento se esforce, a expectativa sempre é BEEEEEEEMMMMMM diferente da realidade. E alguém prevenido aproveita a Bienal.

 Água
Saia já com sua garrafinha de água cheia de casa e marque onde abastecer no evento. Beba muita água, em especial sem sede. Além de hidratar evita que você perca o evento a procura dela.

 Comida
Por mais que a ideia de encher a mochila de alimentos seja tentadora, o peso já é por si só um item a ser levado em consideração. Paraa ir tudo é leve, com duas horas de evento você vai ter mudado de ideia. Pense em alimentos energéticos como paçoca, amendoins, chocolate em barras de cereal (cuidado que chocolate derrete super fácil), balas mastigáveis ou que deem um up no hálito. Biscoitos e bolachas são uma boa, mas nunca deixe de comer algo "salgado", seja a noite ou durante o dia. Só café da manhã e lanchinhos não vão te manter em pé durante a maratona, ops... Bienal.

 Kit Higiene
Além da trindade conhecida de escova, pasta e fio dental, sugiro enxaguante bocal, absorvente para as meninas e sal de frutas. Nunca se sabe quando você irá comer uma besteirinha que não cairá bem.

 Kit Saúde
Band-aid, remédio para dor de cabeça, cólica, pastilha para a garganta, remédio para alergia, colírio. E, claro, coloque o despertador do celular para avisar caso use alguma medicação com horário controlado.


Comunicação!!

 Celular
Por que quem hoje em dia vive sem? Mas vale sim, conferir se está na mochila ou bolsa, porque nada pior que esquecer em cima da cama ou embaixo da toalha! Falando em celular, recarregar pode ser uma verdadeira tortura ou pior te colocar numa fila e causar um estresse tão grande que vai acabar com seu evento.

 Powerbank
Se você não puder investir muito, aviso que mesmo um simples de QUALIDADE vai valer muito a pena; 01 ou 02 recargas podem salvar sua vida, assim você não perde a oportunidade de tirar aquela foto com a galera, com o autor, e nos estandes maravilhosos. E não fica sem poder ligar para quem venha te buscar, seja amigo, táxi ou aplicativo.

 Câmera fotográfica 
Sim, digital, mas fora do celular. Pode ser um jeito de economizar a bateria do celular, caso não tenha como providenciar o powerbank. Ou ainda garantir um estoque maior de fotos.

 Caneta e bloco de notas
Oi? Então, pessoa, nem sempre vai dar tempo de sacar o celular para fazer a anotação que você quer ou a internet (Deus nos ajude) colaborar pra você trocar aquele contato bacana. Então tenha ao menos uma caneta na mochila e um bloco de notas.


 PONTOS DE ENCONTRO
Sempre marque um local como ponto de segurança para encontrar os amigos e conhecidos, caso o celular falhe e vocês estejam em locais distintos. Evite dor de cabeça com algo simples como combinar um lugar.


Vamos facilitar? Faça o download do arquivo para imprimir e dar o "Check" e boa bienal para você! Quer me encontrar lá? Me segue no @efinco e vamos marcar!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!