Follow Us @soratemplates

26/03/2018

Resenha :: Supernova - A Estrela dos Mortos (Supernova #2)


  Pode conter spoiler do livro anterior.

Confira a resenha de Supernova - O Encantador de Flechas, clicando aqui.


Sabe quando você pega a continuação de uma saga/trilogia que amou muito o primeiro livro, mas fica com um pé atrás sobre como será desenvolvido a história nos próximos livros? 

Posso confessar aqui que estava bem preocupada sobre essa continuação, ainda mais depois daquele final surpreendente de SuperNova - O encantador de Flechas.

SuperNova - A Estrela dos Mortos é uma continuação completamente fascinante! Sabe a sensação de ler algo pela primeira vez? Em vários momentos em me desliguei que era um segundo livro de tão envolvida que fiquei com que os personagens estavam vivendo no momento, e também com os outros personagens que surgiram. 

Apesar do primeiro estranhamento por começar a narração por uma personagem completamente nova (Travi Hur) e ter que se ambientar novamente nesse universo de SuperNova, que se expande de uma maneira absurda nesse livro, acredito que isso ajudou muito no desapego da bolha que era Acigam

“Nada me alegrava mais do que um jardim bem cuidado. Quando transmitia meu carinho e atenção para as mudas, elas cresciam mais belas e isso me deixava feliz. Para mim, as pessoas são iguais às plantas. Se você as rega com carinho, olhe felicidade. E eu sempre tive certeza de que, para ser feliz, era necessário ter pessoas felizes ao meu redor.”

Diferentemente do que se passou no livro 1, A Estrela dos Mortos amplifica nossa visão do universo passando por várias cidades e nos mostrando como tudo é bem diferente de Acigam. Começando com o conhecimento de todos sobre os elementos, magia e o fato de não ser uma proibição. 

Nesse livro entendemos muito mais sobre o poder das pessoas ditas Estrelas, os diferentes tipos de poder e elementos.

"As estrelas, além de possuírem uma fonte quase inesgotável de energia dentro de si, são consideradas mais inteligentes, mais ágeis e até mais afortunadas do que seres humanos comuns. Pelo menos, é isso o que apontam muitos estudiosos. No fundo, porém, somos vítimas dos mesmos males que afetam a mente humana: prepotência, ganância, medo."

Leran continua sendo meu personagem favorito, e aprendi a lidar com o fato de ele ser o personagem principal, mas não o protagonista da série, não sendo "o grande escolhido", ele cresce bastante nesse livro sim, mas não de forma tão notável como a Luana, por exemplo, que tem um destaque muito maior agora, mesmo eu ficando com raiva dela por suas ações em alguns acontecimentos, é notável como ela está com um desenvolvimento muito melhor nesse segundo livro.

O destaque aqui também vai para Gueth e Travi Hur, que dão um novo rumo para a história e amei os personagens. Apesar de ter esperado algo bem diferente no desenvolvimento deles, principalmente no de Travi, que esperei uma maior interação com os principais (Leran e Luana), entendi depois que esse não era o papel dessa personagem no livro (mas espero muito que tenha isso no livro 3).

“A verdade é que tudo é relativo, Leran. Assim como a fonte que te impulsiona e te motiva. Não podemos julgar aqueles que tiram forças de lugares que não conhecemos. O controle é uma dádiva deste mundo. Alguns acham que ele vem da ciência, outros acreditam que ele vem da fé. [...]”

Eu tenho que destacar em como o autor nos surpreende a cada momento de forma INCRÍVEL! Os acontecimentos passados aqui, nem na minha imaginação mais fantasiosa eu poderia prever. Eu realmente estou muito ansiosa para o livro 3, O Satélite de Ferro,  mas não tenho mais ideia do que me espera.

Supernova continua sendo a minha série nacional de fantasia favorita no momento e indico demais a leitura.

"Loucura é um estado relativo. Os maiores revolucionários de nosso mundo também foram considerados loucos em algum momento."


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

Supernova - A Estrela dos Mortos
Supernova #2
Renan Carvalho
Ano: 2015
Páginas: 480
Editora: Novas Páginas
Sinopse (Skoob):
Após deixar sua cidade natal, Leran está perdido em busca de uma pessoa que possa ajudar sua irmã Luana a controlar seus poderes. Enquanto foge de caçadores colocados em seu encalço, o arqueiro conhecerá novos lugares e aliados para sua jornada. Ao mesmo tempo, Tlavi, a jovem Estrela da Cura, tenta desvendar os mistérios de um criminoso capaz de erguer as forças das trevas no território pacificado do Reino Central. O caminho desses personagens está ligado pelo destino. Será que poderão lutar juntos para descobrir como vencer os novos inimigos? Conseguirá Luana despertar sua verdadeira força? Como Leran agirá diante da evolução dos poderes da irmã? É o que você vai descobrir em Supernova: A Estrela dos Mortos.

10 comentários:

  1. Oie, tudo bom? Eu amei sua resenha porque amo fantasias e sempre fico chateado quando uma continuação perde o ritmo. Não conhecia essa obra, ou acho que não me lembrava dela, mas achei bem legal essa construção de mundo que a obra apresenta. Amei o post.
    Beijos.
    Blog: fanficcao.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma saga Maravilhosa até agora, acredito que você irá se surpreender, também fico bem chateada quando as continuações perdem o ritmo, mas essa ganha um novo! Obrigada ❤

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?!
    Gostei muito da resenha, parece que o autor conseguiu criar um mundo muito bem estruturado, assim como personagens cativantes e fortes, cada um ao seu modo. Fui dar uma olhadinha no primeiro livro também, já que iria ficar perdida lendo apenas a segunda resenha haha. Vou deixar anotado para saber mais depois!

    Beijos

    Blog Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juro que a resenha desse segundo não revelei praticamente nada q atrapalhe a leitura do primeiro hahaha Eu achei tudo muito bem construído, nunca me apeguei tanto a uma fantasia nacional, vale a pena a leitura! Obrigada pelo comentário ❤

      Excluir
  3. Uau, deu pra perceber sua animação em continuar a série, é ótimo quando os autores conseguem nos surpreender assim tão positivamente!
    Confesso que não conhecia, mas já fui conferir a resenha do primeiro pq fiquei super interessada!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava com muito receio dessa continuação, foi a primeira saga de fantasia nacional que tinha me cativado, mas só fez me encantar mais ainda! Vale a pena a leitura! Espero que leia, obrigada pelo comentário ❤

      Excluir
  4. Nossa que bacana. Não conheço a série , mas pela sua resenha percebe-se que é maravilhosa e surpreendente. Gosto de histórias de fantasia, onde me aventuro pelas páginas e conheço um mundo novo e fiquei feliz em saber que é uma leitura nacional. Vou por com certeza na lista de leituras!!!<3

    Bjokas da Elo!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! É tão bom vê a nova literatura fantástica nacional se destacando positivamente assim, eu amo fantasia, mas sempre li mais estrangeiros. Fico feliz com s surpresa que tive quando decidir da mais chances para os nacionais! Espero que leia! Obrigada por comentar 😘

      Excluir
  5. Oi, como vai?
    Que resenha linda, gostei muito da maneira como expos a sua opinião. Eu gosto de livros do genero e pretendo anotar esse na minha enorme lista de compras...kkk
    Confesso que fiquei perdida lendo a resenha, mas, fui correndo ler a primeira!

    Beijos e abraços
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juro que evitei o máximo possível colocar coisas nessa resenha que atrapalhasse na leitura do livro 1, e tenho certeza que me sair bem nisso, se você ler o primeiro ainda vai se surpreender, é uma série muito boa até agora! Fico feliz que tenha gostado da resenha e espero que tenha oportunidade de ler ele, obrigada pelo comentário ❤

      Excluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!