Follow Us @soratemplates

21/04/2018

Resenha :: O Diário de Mr. Darcy


Olá faroleiros!!! Trago pra vocês a resenha de mais um livro maravilhoso publicado pela Pedrazul EditoraO Diário de Mr.Darcy, inspirado na obra Orgulho e Preconceito de Jane Austen. Mas aviso desde já que você só pode ler este livro após ter lido a obra que lhe inspirou, pois se trata em essência da mesma história, só que agora na ótica do Mr. Darcy.

Fitzwilliam Darcy é um jovem cavalheiro, descendente de um conde por parte de mãe, rico, gerente de todas as propriedades da família, herdado após o falecimento dos pais, bem como o responsável pelo sua irmã, compartilhando a guarda dela com seu primo. É um homem justo e correto, porém devido a sua criação, possui extremo orgulho, tanto pessoal como familiar.

Ele resolve acompanhar o seu amigo em uma viagem para Hertfordshire, onde Mr. Bingley encontrou um imóvel para alugar e deseja avaliar se compra ou não a mesma durante a temporada de verão. É lá que ele irá conhecer a Miss Elizabeth Bennet e pela primeira vez, viverá um conflito com os seus sentimentos a respeito de uma dama. Pela primeira vez ele irá vivenciar de forma direta e até mesmo escandalosa, em seu modo de ver, a maneira com que algumas mães agem no intuito de casar suas filhas. Pela primeira vez também ele irá realmente se encantar por uma jovem.

“Miss Elizabeth Bennet! Ela exclamou. Estou completamente surpresa. Há quanto tempo ela tem sido sua favorita? E me diga quando é que devo lhe desejar felicidades? – É exatamente essa pergunta que eu esperava que você fizesse, eu disse a ela. A imaginação de uma dama é muito ágil, ela salta da admiração para o amor e do amor para o matrimônio num instante. Eu sabia que me desejaria felicidades. (...) Eu a deixei falar. Estava plenamente indiferente ao que ela dizia. Se eu quiser admirar Miss Elizabeth Bennet, assim o farei”.

Não vou falar muito sobre o enredo da história, pois ela segue a risca o tempo e fatos da história original, no que diz respeito aos fatos em comum narrados no livro Orgulho e Preconceito e por mais que deseje muito comentar alguns fatos, não quero dar nenhum spoiler, principalmente para quem ainda não leu a obra de Jane Austen, mas digo, leiam, mesmo que não seja o seu gênero favorito, você irá se surpreender.

Eu amei este livro por vários motivos; a autora conseguiu de maneira brilhante manter o “tom” da narrativa de Jane Austen, ela conseguiu reproduzir a história acrescentando vários fatos sem descaracterizar a narrativa da história original e a personalidade dos personagens, o fato de ser narrado pelo Mr. Darcy, como se estivéssemos lendo o seu diário incluindo a passagem do tempo, conhecer seus pensamentos e assim compreender melhor suas atitudes e, desta forma, também conhecer seus sentimentos.

“Não pude evitar sorrir. É essa malícia que me atrai, é provocativa sem ser impertinente. E eu nunca havia encontrado isso em mulher alguma antes. Ela ergue o seu rosto de tal modo quando faz um de seus comentários divertidos que sou tomado por um fortíssimo desejo de beijá-la. Não que eu fosse ceder a tal impulso, mas de qualquer forma ele está lá”.

Este livro é um complemento perfeito para a obra que lhe inspirou e merece nota 5/5. A leitura dele foi fácil e divertida e me fez até gostar mais do Darcy, curti muito e recomendo. A edição é linda e a tradução foi feita com todo o primor que uma literatura estrangeira merece.

Boa leitura,

Carol Finco


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

O Diário de Mr. Darcy
Ano: 2015
Páginas: 220
Sinopse (Skoob):
O único lugar em que Darcy podia compartilhar seus sentimentos mais profundos era nas páginas de seu diário. Atormentado entre o senso de dever para com o nome de sua família e seu crescente amor por Elizabeth Bennet, o leitor terá acesso à sua alma, ao drama de um cavalheiro que luta para não sucumbir ao amor. O Diário de Mr. Darcy: uma imaginação hábil e graciosa do ponto de vista de um dos heróis mais amados da mais duradoura história de amor de todos os tempos.


Editora Pedrazul atualmente é a editora que mais se dedica à tradução e à publicação de obras mundialmente consagradas, algumas ainda desconhecidas no mercado editorial brasileiro, como os autores que influenciaram o estilo da mais famosa escritora inglesa de todos os tempos, Jane Austen. Também atua no segmento romance histórico e de época escritos por autores contemporâneos.

7 comentários:

  1. Carol, que resenha foi essa?
    Simplesmente SENSACIONAL!
    Já quero o livro! O Darcy realmente é um personagem curioso, adoraria conhecê-lo mais! Obrigada pela indicação 🖤

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Uauuu Carol arrasou na resenha!!! Me deu vontade de pegar o livro agora mesmo para ler!!! Parabéns!!! Bjos lindona!!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha Carol e está de parabéns 👏👏👏🌷

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha Carol e está de parabéns 👏👏👏🌷

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha Carol e está de parabéns 👏👏👏🌷

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol,
    Amei a resenha! Ela seguiu o ritmo das batidas do seu coração.
    Li Orgulho e Preconceito através da leitura coletiva organizada pelo Clube do Farol e me apaixonei pela história clássica, mesmo não sendo meu gênero favorito.
    Mr. Darcy é o personagem romântico favorito de muitas leitoras. Só não tornou o meu também por causa de uma atitude dele no início do livro que não consegui esquecer ou perdoar, apesar de entender. Quem sabe lendo a versão dele para a história não consiga mudar isso.
    Com amor, André - Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  7. Eu amo Orgulho e Preconceito! Meu livro preferido da vida! Consequentemente, todas as adaptações e histórias baseadas nele ganham minha atenção. Eu comprei este livro já fazem alguns meses, mas ainda não li. Gostei muito da sua resenha e mais ainda de saber que a autora conseguiu manter o mesmo estilo da Jane.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!