Follow Us @soratemplates

01/05/2018

Resenha :: Corações nas Sombras - Presságios de Guerra


Olá, tudo bom?

“Presságios de Guerra” é o primeiro livro da saga “Corações nas Sombras” de Allan Francis Salgado, publicado pela editora Chiado no ano de 2016.

Vamos embarcar numa jornada através de Ifíanor, seus continentes – Pallas e Primas, seus diversos reinos e raças.  O prelúdio do livro é uma carta de Sindara, que resolve enviá-la a um amor para contá-lo sobre o que está prestes a acontecer, aproveitando para contar um pouco do que ocorreu no passado – de forma a situar o leitor.

“Então meu amor, meu confidente e meu amante, se lhe conto sobre o passado é para que você entenda o meu papel no presente e o porquê de termos nos separados. Escolhi nomear este relato de Corações nas Sombras e acredito que você entenderá o motivo.”

Logo no início do livro, estamos no castelo de Dankar no reino de Vescra, local onde um dos talismãs de Ifíanor está sendo guardado. O castelo é invadido, o talismã é roubado, e sua guardiã – a feiticeira Selene - é vítima de uma poderosa magia negra. Selene parte em busca de uma cura para o mal que a aflige, além de recuperar o talismã, sabendo o que poderia ocorrer caso o responsável pela invasão ao castelo conseguisse concluir seu plano maligno.

O livro é narrado em terceira pessoa, sendo que em cada capítulo acompanhamos a trajetória de um grupo de personagens, dessa forma vamos os conhecendo aos poucos, assim como os locais em que eles estão, seus dilemas e conflitos. Um detalhe, que eu acho sensacional, é o mapa no início da edição, que serve para ajudar o leitor a se imaginar neste mundo fantástico. De forma gradual os acontecimentos e suas repercussões vão sendo delineados ao leitor, os personagens e seus reinos vão se conectando e a partir daí, a narrativa ganha um novo fôlego, pois ficamos ávidos em saber cada vez mais.

Allan foi extremamente criativo, pois cada um dos reinos de Ifíanor é distinto do outro, além da descrição de suas paisagens, vamos descobrindo sobre os costumes, a religião, a economia, a tecnologia e o povoado de cada região que vai sendo explorada.

Uma das coisas que mais me cativou durante a leitura dessa obra, certamente foi a criação dos personagens, a riqueza de nuances apresentadas aqui é simplesmente encantadora. Cada um deles tem seus motivos de estar na trama, agregam a história e trazem diversos questionamentos, nos fazendo pensar e muitas vezes com que nos identifiquemos com eles. Um dos personagens que mais me chamou a atenção neste primeiro livro foi o inventor Gael, que por ser um homem a frente de seu tempo sofre a rejeição por parte de alguns, mas mesmo assim não desiste de perseguir seus objetivos.

“Nenhuma decisão sábia é tomada em momentos de exaltação e raiva, palavras são mal ditas e direcionadas nestas ocasiões.”

Em suma, “Corações nas Sombras” é um verdadeiro deleite aos leitores, seja os já familiarizados ao gênero ou não. Um livro com a escrita envolvente, um mundo bem construído e repleto de personagens marcantes, cada qual com sua voz e essência que agregam a trama. O carinho de Allan por sua criação é visível em cada uma de suas linhas, tudo foi planejado e feito com muito carinho. Espero que diversos leitores se encantem com essa saga fantástica, e que venham os próximos livros!

Sobre a edição: O livro tem páginas amareladas, um índice e um mapa, pelo seu volume o achei leve e fácil de manusear. Infelizmente, senti falta de uma revisão melhor de texto, acho que a Chiado vacilou neste aspecto, contudo nem isso foi capaz de tirar o brilho da obra.


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

Presságios de Guerra
Corações nas Sombras
Coleção Mundo Fantástico #1
Ano: 2016
Páginas: 736
Editora: Chiado
Sinopse (Skoob):
Quando eu olhei através do passado eu finalmente compreendi o que você entenderá aos poucos. 
Ver a queda e extinção dos centauros por sua sede de poder foi apenas o estopim de algo maior, pois o mal que despertaram no mundo inferior (Agonia) embora selado por Círdan o elfo, desencadeou uma série de acontecimentos que narro para ti. 
Aquilo bastou para que Goldax o imortal que liderou os orcs por duzentos anos encontrasse um mestre que lhe prometeu libertar os orcs de seu exílio. 
Depois de sua derrocada, o dragão negro ressurgiu havido por poder e adoração, a ponto do rei dos dragões lhe temer. 
A Casa de Prata com intenções desconhecidas começou a roubar um a um os talismãs de Ifíanor.
O mundo aos poucos começou a odiar os magos seus antigos benfeitores e uma mente brilhante surgiu com a finalidade de equilibrar as coisas, mas ele não sabia que seus atos acarretariam uma guerra sem fim.
Então meu amor, meu confidente e meu amante, se lhe conto sobre o passado é para que você entenda o meu papel no presente e o porquê de termos nos separados. Escolhi nomear este relato de Corações nas Sombras e acredito que você entenderá o motivo.

Adquira o e-book de Corações nas Sombras - Presságios de Guerra  na Amazonclicando aqui!



_____Sobre o Autor_____

Allan Francis


Allan Francis é mineiro de Conselheiro Lafaiete, sempre adorou escrever e com 12 anos ganhou um concurso de redação em sua cidade. Desde então sempre escreveu poemas e contos.
Além de escrever, ele ama o Direito é Doutor em Direito Penal, além de ser palestrante. Sua tese intitulada Direito Penal Eficiente já foi objeto de várias palestras e debates.
Apaixonado por livros, inspirou-se em autores como Tolkien, Stephen King, J.K. Rowling para criar o mundo de Ifíanor, cenário dos eventos do livro.

2 comentários:

  1. Jéssica suas resenhas são sempre top... muito feliz em ver um autor nacional escrevendo uma fantasia que c curtiu tanto. Bjs e parabéns!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, fiquei super feliz com seu comentário! Os autores nacionais estão surpreendendo cada vez mais, acho isso maravilhoso!

      Beijo!

      Excluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!