Follow Us @soratemplates

19/09/2018

Resenha :: De repente, tudo muda


Olá, Clube do Farol! Hoje trago para vocês a resenha do último livro lançado da autora amiga Renata R. Corrêa.

Tive o imenso prazer de “betar” a história de De repente, tudo muda. E vou logo contando que o livro já começa com um prólogo que deixa qualquer um com o “coração na mão”.

Antes da resenha, vem conferir esse book trailer de tirar o fôlego!!! 


— Às vezes, o destino tem um jeito curioso para fazer as coisas acontecerem, não é mesmo?

De repente, tudo muda apresenta ao leitor uma história cheia de emoção — muita emoção — e reviravolta.


Neste livro conhecemos a Cristina, uma jovem e bela enfermeira de 24 anos. Cris acredita que Adriano (médico que trabalha no mesmo hospital que ela) é o amor de sua vida. Porém, como o próprio título do livro fala, de repente tudo muda na vida de Cristina, e o que ela achava ser a melhor coisa da sua vida torna-se um grande problema. 

No meio de toda essa confusão, surge na vida de Cris o belo e encantador Felipe. E quando ela acredita não ser mais capaz de amar, Felipe mostra que Cristina pode sim ser feliz e amar novamente. 

Ouvi-lo me chamar de “meu amor” fez meu coração derreter e me sentir segura, por alguns instantes me senti corajosa o suficiente para concordar.

Tudo vai muito bem entre Cristina e Felipe, quando mais uma vez o destino aparece querendo mudar tudo na vida de nossa protagonista.


Narrado em primeira pessoa (bem do jeito que gosto) o leitor pode sentir as dores, amores e anseios de Cristina.

E Felipe? Ele é um verdadeiro príncipe na história. Ele ganha Cristina e com certeza ganhou muitas fãs leitoras.

A autora consegue apresentar e desenvolver muitíssimo bem os acontecimentos do enredo, mesmo não utilizando muitas páginas e capítulos longos. E os personagens são bem desenvolvidos e cativantes.

Assim como em Um Ano Sabáticoresenha aqui! —, o livro aborda temas sérios, sendo um deles o estresse pós-traumático.


Aaah! Já estava esquecendo, quando fiz a primeira leitura do livro comentei com a Rê que adorei o fato dela colocar cenas mais quentes, e todas MUITO BEM ESCRITAS!!

Renata Corrêa apresenta para o leitor mais uma obra linda. Cada vez mais a escrita da autora melhora!

Ainda bem que tive coragem todas as vezes que precisei ser corajosa em minha vida. De repente, tudo muda, e a gente percebe que a vida é do jeitinho que um dia sonhamos que seria. Ou ela pode ser até bem melhor.

Bem, vou ficando por aqui! Beijos, até a próxima.


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

De repente, tudo muda
Renata R. Corrêa
Ano: 2018
Páginas: 160
Editora: Pandorga
Sinopse:
O livro De repente, tudo muda, da autora Renata R. Corrêa conta a história de Cristina, uma jovem enfermeira, batalhadora, que lutou para conquistar seus sonhos, é baleada e fica entre a vida e a morte, justamente quando tudo parecia ter entrado nos eixos e havia conhecido o amor verdadeiro.
Ela sobreviverá para desfrutar o que conquistou?
O destino é imprevisível e muitas vezes o mau se sobrepõe ao bem. É preciso ter fé e acreditar que de repente, tudo pode mudar.
Conheça os caminhos que levaram a personagem até o fatídico dia em que foi alvejada.
Uma história sensual e cheia de reviravoltas.


 _____Sobre a Autora_____

Renata R. Corrêa



Mãe, médica, escritora e apaixonada pela literatura romântica!
Pisciana, romântica, dramática e chocólatra assumida. Nasceu no interior de Minas Gerais e mora em Uberlândia-MG, com seu marido e seus filhos.
Ama ler e contar histórias sobre o amor.
Suas narrativas destacam a força da figura feminina. Nelas você vai encontrar muita empatia, força de vontade, fé, esperança e a desconstrução da vida perfeita como nos comerciais de margarina. Se gosta de romances instigantes, que destacam as dificuldades dos relacionamentos, com seus recomeços e a capacidade de se superar, essa é a autora certa para você!

Um comentário:

  1. Ai meu Deus! Que resenha mais linda! Obrigada, Rê! Obrigada pessoal pelo espaço, carinho e apoio!

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!