Follow Us @soratemplates

09/11/2018

Resenha :: A Sombra de Dália


Olá, quero dividir com vocês uma leitura que me fez sentir tanto e pensar a respeito de vários assuntos de forma leve e profunda.

Narrado pela própria Dália, vamos conhecendo sua vida à medida que ela pensa sobre os rumos que a mesma tomou e quantos sonhos foram deixados pelo caminho após a conclusão do ensino médio. Como o senso de dever e obrigação podem ser ao mesmo tempo uma virtude, quanto uma prisão. E assim vamos entendendo o porquê ela vive há três anos nessa rotina, enquanto toma a decisão de trabalhar sozinha na lanchonete, enquanto sua mãe está adoentada e não pode dividir a rotina do trabalho com ela.

Minha mãe havia me ensinado a ser forte e lágrimas eram apenas demonstração de fraqueza e descontrole.

E assim, com os pensamentos focados em orgulhar a mãe por seguir os seus ensinamentos e uma dose saudável de medo pela falta de companhia, no trajeto para o trabalho e a volta para casa, Dália se depara com um cão lindo, que parece insistir em ser sua sombra, não atendendo a seus comandos para ir embora. A mãe sempre foi radicalmente contra animais, porém nos momentos de solidão a persistência de sua "sombra" começa a mexer com as certezas de que a mãe está certa a esse respeito.

Sombra, como ela o apelida, acaba mudando conceitos e trazendo muito mais do que uma amizade incondicional. E a partir dessa nova amizade, vamos conhecendo o passado que fez a mãe de Dália ser uma mulher tão difícil a ponto de odiar animais de estimação e o porquê do abandono de tantos sonhos e projetos por parte da filha. 

Não sei o que seria de nós a partir daqui, mas se o ritmo do meu coração era algum prenúncio, acho que não haveria nenhum momento sem fortes emoções.

Como o amor verdadeiro e desinteressado dos animais pode ser o que falta para questionarmos a ausência desse mesmo sentimento em nossa vida entre humanos, iguais. Tentar entender como sempre tentamos ganhar a aprovação de quem amamos, enquanto deixamos de ser e lutar pelo que realmente acreditamos. Ver de forma tão clara, como o rancor e o orgulho são apenas sentimentos destrutivos, que fazem mais mal a quem os sente, do que a quem os sentimentos estão dirigidos.

Creio que deu para entender o quanto o conto mexeu com minhas emoções e considerações a respeito das atitudes, decisões e opções que fazemos e que irão interferir na vida daqueles que amamos e que estão ao nosso redor, que ninguém é uma ilha e mesmo no deserto uma flor é capaz de tornar tudo mais bonito e menos árido.

O conto é bem escrito, tem uma narrativa fluida e delicada. Explica de forma bem estruturada os principais conflitos e pontas da trama. Acho que o único "pecado" foi o gostinho de quero mais, saber mais... que deixou quando a leitura terminou.


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

A sombra de Dália
Ano: 2018
Páginas: 80
Editora: Editora Cappia
Sinopse:
Ajudar a mãe na lanchonete Sabores da Margarida é a última coisa que Dália pensaria em fazer depois de concluir o ensino médio. Porém, depois de três anos nessa rotina, ela apenas aceitou seu destino de seguir os passos da mãe, que tanto ama e admira.
Em uma madrugada, a mãe de Dália fica doente e ela precisa assumir a lanchonete sozinha. Focada apenas em trabalhar por duas, um cachorro abandonado aparece para lhe fazer companhia e desmistificar tudo o que sua mãe falou sobre ter um amigo peludo.
Sombra, como ela o apelida, acaba mudando conceitos e trazendo muito mais do que uma amizade incondicional.



 _____Sobre a Autora_____

Mari Sales


Mari Sales é mãe e esposa em tempo integral, analista de sistema durante o horário comercial e leitora assídua durante as noites e madrugadas. Nos intervalos entre suas vocações, procura escrever quase tudo o que vem à mente e resenhar os livros que lê. Entusiasta das obras nacionais de romance contemporâneo, contribui com esse universo literário através do blog Resenhas Nacionais e contribuiu, em 2017, com a publicação da obra Superando com Amor.


Um comentário:

  1. Que lindo, descreveu o livro perfeitamente. Muito obrigada pela leitura e por essa resenha maravilhosa!

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!