Follow Us @soratemplates

10/11/2018

Resenha :: Anne de Windy Poplars (Anne de Green Gables #4)


  Pode conter spoiler dos livros anteriores.

Confira as resenhas dos primeiros livros da série!


Oi faroleiros, é com muita alegria e satisfação que compartilho com vocês esta resenha sobre o quarto livro da série Anne, que recebeu o nome de Anne de Windy Poplars; este é nome da casa onde ela vai morar durante os três anos em que estará trabalhando na Escola de Ensino Médio de Summerside como diretora e professora, enquanto Gilbert termina a faculdade de medicina e assim os dois possam se casar.


Já deixei claro nas resenhas anteriores o quanto estou apaixonada pela escrita da Lucy?? Se não, fica aqui o meu registro. É maravilhoso o fato dela ter conseguido manter o espírito da personagem em seu crescimento. Assim como a Anne, a história está tendo aquele desenvolvimento gradual, tornando o próximo livro tão lindo e cheio de ensinamentos profundos, quanto o anterior. Estava receosa de continuar lendo a série, porém agora estou morrendo de vontade de já ter o quinto livro nas mãos para continuar a leitura. Ainda bem que já está sendo traduzido para publicação.

Windy Poplars,
Spook’s Lane,
Summerside,
I.P.E.,
Segunda-feira, 12 de setembro
“Querido, Veja só este endereço! Você já viu algo tão encantador? Windy Poplars (Álamos expostos ao vento) é o nome do meu novo lar, e eu amei! Também amo Spoo’s Lane (rota dos fantasmas), mesmo não sendo o nome oficial.

É assim que começa este novo livro, o que já nos mostra como será o mesmo durante toda a narrativa. Ele é basicamente as cartas que Anne escreveu durante os três anos para o Gilbert, narrando os acontecimentos da sua vida para ele, intercaladas com os fatos acontecendo em momento real, mas tendo o mesmo tom de narrativa. Cheio de novas aventuras, novas amizades, novos desafios, novos aprendizados.

Detesto emprestar um livro que amo, pois nunca parece voltar exatamente igual ao que era antes; mas eu amo este livro só porque foi a querida Mrs. Allan quem me deu como prêmio na Escola Dominical, tantos anos atrás. Não gosto muito de ler sobre mártires porque eles fazem com que eu me sinta mesquinha e envergonhada... envergonhada por admitir que odeio sair da cama em manhãs bem frias e por estremecer ante a ideia de ir ao dentista.

Quantos de nós não temos este mesmo pensamento. Confesso que costumo ter dificuldades para fazer destaque nos livros que eu leio, mas em toda esta série a vontade é de destacar o livro quase que completamente. São tantas partes maravilhosas que só torna a leitura muito mais especial. Por ser uma literatura antiga, ou seja, um clássico, sua escrita não é popular e nossa Anne ama falar difícil, porém apesar de não ser uma leitura rápida, considerando a quantidade de páginas, não é uma leitura complicada e cansativa. A personagem se torna a cada livro melhor, o que nos faz mais apaixonados. Mas confesso que senti falta neste livro de pelo menos uma carta escrita pelo Gilbert para a Anne.

— Ninguém jamais é muito velho para sonhar. E os sonhos nunca envelhecem.

Fiquei feliz também com o fato da autora não esquecer os outros personagens e nos brindar com fatos sobre o mesmo quando Anne vai para Green Gables passar as férias escolares. Assim matamos a saudade deles, enquanto convivemos com os novos personagens. Outro detalhe legal é que há a demarcação de cada ano no livro e os capítulos continuam curtos.


A edição continua no mesmo formato, ou seja, linda, com as devidas notas de rodapé e tradução impecável. Amei também a capa. Continua sendo uma história 5/5 para mim.

Gilbert, querido, que nós nunca tenhamos medo das coisas. É uma terrível escravidão! Que sejamos ousados, aventureiros e esperançosos. Vamos dançar ao encontro da vida e de tudo o que ela pode nos trazer, mesmo que nos traga um montão de problemas, como febre tifoide e gêmeos!

Não tenha medo, tenha sempre esperança. Que a Anne possa te inspirar a esperar sempre um novo amanhã e nunca viver pensando no ontem.

P.S. Só não li este livro em um dia, pois resolvi saborear a leitura, lendo ele pausadamente e para isso, reli outro livro após ter começado este. Também não queria me cansar com a história e de alguma forma perder a magia da mesma.


Boa leitura,

Carol Finco


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

Anne de Windy Poplars
Anne de Green Gables #4
Ano: 2018
Páginas: 236
Editora: Pedrazul
Sinopse:
O quarto livro da série Anne de Green Gables!
Anne Shirley está de volta com suas “Annices” em uma nova aventura!

“Ninguém jamais é muito velho para sonhar. E os sonhos nunca envelhecem.”

Os empolgantes anos de universitária em Redmond College ficaram para trás e Anne agora está diante de uma nova aventura. Ela e Gilbert finalmente estão noivos, mas Gilbert ainda tem três anos de estudos pela frente, até terminar a Faculdade de Medicina. Enquanto isso, Anne aceita o cargo de diretora da Escola de Ensino Médio de Summerside, onde também leciona. E, nessa nova cidade, Anne se depara com vários desafios, como a pomposa família Pringle e uma colega de trabalho muito inconveniente, chamada Katherine Brooke.


Editora Pedrazul atualmente é a editora que mais se dedica à tradução e à publicação de obras mundialmente consagradas, algumas ainda desconhecidas no mercado editorial brasileiro, como os autores que influenciaram o estilo da mais famosa escritora inglesa de todos os tempos, Jane Austen. Também atua no segmento romance histórico e de época escritos por autores contemporâneos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!