Follow Us @soratemplates

30/10/2019

Resenha :: A Playlist de Hayden


Muitas pessoas querem ser invisíveis. Talvez elas até pensem que podem fingir que são. Mas sempre alguém as vê.

Hayden e Sam não melhores amigos desde a infância. Estereotipados como nerds, eles não conseguem interagir com mais ninguém da escola e isso faz com que um seja o único amigo do outro. Por serem os nerds esquisitões, os dois sofrem uma quantidade de bullying impressionante, salvo o Hayden que sofre pelas mãos do próprio irmão. Aguentando firme, esses dois amigos vão protegendo um ao outro dia após dia. Na única vez que Hayden chama Sam para ir á uma festa do pessoal da escola, os amigos acreditam que tudo vai se acertar e que agora vão começar de verdade uma história legal no ensino médio. O fato é que ninguém sabia que essa seria a última vez que veriam Hayden quase feliz e vivo.


Mas todo o sentido de se viver em um mundo de fantasia é a fantasia em si, não é?

Após encontrar seu melhor amigo morto, Sam descobre que seu amigo deixou um bilhete e uma playlist dizendo que isso faria entende-lo o porquê fez o que fez. Dias após a morte de seu amigo, Sam é assombrado pela culpa e cada vez que tenta entender o que Hayden quis dizer com a playlist, sua culpa parece piorar. Entretanto, cada vez que escuta as músicas que seu amigo deixou, ele descobre segredos que poderiam ajuda-lo se ele tivesse entendido o estado de espírito de Hayden.

Se eu pudesse começar de novo
A milhões de milhas daqui
Eu me guardaria
Eu acharia um caminho

A Playlist de Hayden é um livro necessário que todos deveriam ler. Tem sido registrado um aumento no número de suicídios em todas as faixas etárias: crianças, jovens, adultos e idosos. E parece que estamos falando cada vez menos. Então precisamos cada vez mais de obras que trazem esse assunto. Em suma o livro é leve e chega até se perder em algumas partes, mas consegue passar sim sua mensagem. O bullying está longe de ser legal e tem jovem que banaliza o assunto.

Eu estive na estrada que você está andando agora
Ela não tem que ser tão escura e solitária
Leva um tempo, mas podemos entender essa coisa,
E transformá-la de volta em como era


O mês de setembro é dedicado à prevenção ao suicídio, não estamos mais no famoso setembro amarelo, mas deixo aqui minha mensagem para que divulguemos mais livros como esse: Os 13 Porquês, O Último Adeus, As Vantagens de ser Invisível... porque bullying, abuso, depressão são assuntos que todos vivemos. Precisamos nos comunicar mais. É melhor sermos claros do que perder alguém por medo. Não acha? Depressão é uma doença, não uma forma de chamar atenção. Precisa ser tratada e não banalizada.

Se havia alguma coisa que eu aprendera com a playlist, é que ouvir as pessoas pode ser importante. Gosto de pensar que estou ficando melhor nisso.


Não sei nem se posso estar fazendo isso, mas vou deixar o link do site do centro de valorização da vida: www.cvv.org.br, nós precisamos entender melhor o que é o suicídio.

Confira as músicas de A Playlist de Hayden:




Nota :: 


Informações Técnicas do livro

A Playlist de Hayden
Você nunca conhece uma pessoa até ouvir o que ela gosta
Michelle Falkoff
Ano: 2015
Páginas: 288
Editora: Novo Conceito
Sinopse:
Por meio de letras de música do universo pop, a autora retrata o universo adolescente com todos os seus problemas.
Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.
"A Playlist de Hayden" é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.

"Intriga, dor e desejo. Uma história intensa." - Holly Goldberg Sloan, autora best-seller do The New York Times.


O Grupo Editorial Novo Conceito oferece sempre os best-sellers mais aguardados e comentados do meio literário. Em anos de sucesso editorial, foram vários os autores e títulos reconhecidos na principais listas do PublishNews e Veja. O selo Novo Conceito foi desenvolvido para reunir essas grandes publicações, além das novidades e lançamentos internacionais que ainda virão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!