Follow Us @soratemplates

28/02/2021

Resenha :: Poliana


Olá, faroleiros. Hoje venho falar para vocês sobre o livro Poliana, uma história escrita pela autora Eleanor H. Porter há mais de 100 anos e que até os dias de hoje ensina sobre a atitude humana e como nossas escolhas definem e muito o nosso comportamento e sentimentos. É classificado como um livro infanto-juvenil, mas é na realidade um livro para todas as idades.



Poliana é uma garota, segundo o livro, de beleza mediana, porém com uma alegria contagiante e isso transborda da sua vida para as dos outros, uma menina que vivia uma vida simples como filha de pastor, que dependia do que as auxiliadoras mandavam para a casa pastoral. Isso porque ficou órfã de mãe cedo e ela, apesar de vir de uma família rica, abdicou de tudo pelo amor.

 

Quando o seu pai falece, a Poliana então se muda para a casa da sua tia, a irmã de sua mãe, que ela sequer conhecia e muito menos imaginava que a mesma não tinha vontade de ter nenhum tipo de ligação emocional com ela, mas a realidade é que a vida de um adulto nunca será a mesma com uma criança por perto. Eu sinceramente não consigo entender uma pessoa maltratar uma criança. Elas são luz nas nossas vidas e é isso que a Poliana, com o seu simples jogo, traz para a vida de sua tia e, praticamente, para todos os moradores da cidade com quem ela tem contato: luz, esperança, alegria.



— Você é um bocado estranha, menina. Está sempre alegre com tudo e com todos — observou a empregada, lembrando-se do que acontecera no quartinho do sótão.

— Faz parte do jogo, entende? — A menina sorriu.

— Que jogo?

— O “jogo do contente”, não conhece?

— Quem meteu isso na sua cabeça, meu bem?

— Foi meu pai. É um jogo lindo. (...) — Bem, o jogo se resume em encontrar alegria, seja lá no que for – concluiu Poliana, séria.



Pois bem, a história narra a vida da Poliana vivendo e ensinando este jogo para todo mundo e assim fazendo as coisas acontecerem, em meio a alguns dramas, atrapalhadas, confusões, mexendo com a vida de todos a sua volta, principalmente a vida de sua tia. O bom de ler este livro é que a gente também passa a querer exercitar em nossa vida o jogo do contente.

 

Este livro nos emociona das risadas às lágrimas, da raiva à alegria, e nos ensina lições preciosíssimas e, como diz o médico, todo mundo precisa de doses de Poliana em sua vida. Leia essa linda história, tenho certeza que algo muito bom ficará no seu coração após a leitura dele.



Quero agradecer a minha amiga Jéssica, do insta @corvosdeodin, que me fez finalmente ler este livro na sua leitura coletiva proposta no mês de janeiro. Foi riquíssimo, para mim, poder debater esta história com você. A minha edição é lindíssima, publicada pela editora Nova Fronteira e, para mim, foi um prazer a mais ler esta história nesta edição.

 

Boa leitura,

 

Carol Finco



Informações Técnicas do livro

Poliana

Livro que inspirou a novela As aventuras de Poliana do SBT

Eleanor H. Porter

Ano: 2018

Páginas: 192

Editora: Nova Fronteira

Sinopse:

Após a morte do pai, Poliana, que já era órfã de mãe, vai morar com a tia Paulina, uma solteirona rica, severa e pouco afetuosa, em Beldingsville. Mas a vida da cidadezinha vai mudar com a chegada desta menina de dez anos que se tornou a própria personificação do otimismo na literatura ocidental. Poliana nunca deixa de praticar algo que o pai criou e lhe ensinou: o "jogo do contente" — a tentativa de sempre se posicionar de maneira positiva frente às adversidades.

Inspiração para a novela "As aventuras de Poliana", do SBT, este livro acaba de ganhar uma edição especial, repleto de ilustrações e um belíssimo projeto gráfico.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!