Follow Us @soratemplates

11/01/2018

Resenha | Amigas


Oi Faroleiros, não tinha lido nenhum romance lésbico até o momento. Estou mais acostumado a ler romances gays por me identificar com os personagens e suas experiências. A pedido da Bete, li Amigas, escrito pela paulistana Diana Rocco

Me surpreendi pela empatia que senti por Brigite, uma menina tímida durante a faculdade, que se revela, vinte e seis anos depois, que sempre foi apaixonada por uma de suas melhores amigas.


Eu me sentia trancada dentro de mim, não sei se dá pra entender.

Amanda estava indo de carona com Brigite para a chácara de Cibele em Ibiúna, onde resolveram se reencontrar após tanto tempo separadas. Durante a faculdade, Amanda, Brigite e Cibele eram inseparáveis, mas as escolhas da vida fizeram com que cada uma seguisse o seu caminho. Amanda e Cibele são casadas e Brigite é a única com uma carreira. A morena deixou a timidez para trás e hoje é uma mulher decidida e independente. Quando o carro enguiça durante uma tempestade, Brigite se revela lésbica e a amiga fica transtornada.


É estranho pensar que uma pessoa que você julgava sua amiga íntima, não é a pessoa que você julgava ser.

A autora consegue discutir sobre sexualidade e envelhecimento de forma muito bacana. Não tem como o leitor não refletir também, independente da opção sexual, afinal a sexualidade não define quem somos. Somos apenas seres humanos em busca de felicidade.

Diana Rocco insere músicas durante toda a história. As letras se encaixam perfeitamente no que os personagens estão sentindo. Temos Elis Regina, Sinéad O’Connor, Adriana Calcanhoto, entre outros. Apenas quando ela insere Only You, tema romântico do filme A Jovem Rainha Victoria, é que se excede um pouco. Em outro momento, entretanto, Amanda está refletindo como as músicas de sua juventude soam para os filhos como as músicas de seus pais soavam para ela.

A autora usa algumas artimanhas para manter o par romântico juntos em alguns momentos decisivos. Apesar de ser um pouco clichê e forçado, isso não me incomodou. Fiquei focado nas reflexões que existem durante toda a narrativa e que tornam Amigas, uma história que merece ser conhecida.
Beijos, 
Que notícias me dão dos amigos?
Que notícia me dão de você?
Sei que nada será como está,
Amanhã ou depois de amanhã...

Nota:


Informações Técnicas do livro

Amigas
Diana Rocco
Ano: 2017
Páginas: 111
Capa: Fotografia e Arte - Fabi Mendonça
Editora: Kindle Direct Publishing
Comprar na Amazon
[+18 anos] Contém descrições eróticas


Sinopse (Skoob)
Aurora, Brigite e Cibele se reencontram após vinte e seis anos. A autora parte desse mote para nos trazer um enredo de reflexões sutis sobre a meia-idade, as transformações do corpo e do desejo. Ao longo da história muitos se identificarão com as situações vividas pelas personagens, e esta é uma das características de Diana Rocco: trazer o prosaico da vida para as histórias que escreve, e nos mostrar como o banal pode ser cheio de surpresas e profundas transformações.
Um amor maduro, um conto de fadas moderno.


_____Sobre a Autora_____

  

Ðiana Řocco nasceu em São Paulo em 1965, pouco após o golpe militar de 1964. Cresceu durante a ditadura e aprendeu que o silêncio e a prudência podem salvar vidas. 
Em seu processo de desenvolvimento identificou-se progressivamente como bissexual, lésbica, andrógina até compreender-se como uma pessoa sem gênero definido. Sua vivência despertou o interesse em estudos de gênero e sexualidade humana, campos nos quais possui formação sólida. É autora de contos que abordam o amor entre mulheres e a transgressão de gêneros.

2 comentários:

  1. Oi André, a resenha ficou linda. Apesar de não ser meu tipo de leitura, gostei muito dos seus comentários. Bjs

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!