Follow Us @soratemplates

11/04/2020

Resenha :: Melancia (As Irmãs Walsh #1)


As pessoas estão sempre encorajando-se mutuamente a fazer coisas que sabem que a outra pessoa não fará. E, depois, levam o maior choque quando a pessoa realmente faz.

Marian Keyes é uma autora irlandesa e já escreveu vários best-sellers e alguns com nomes bem sugestivos, como Melancia, Sushi e outros...

Quando uma vendedora me indicou Melancia, ela me apresentou o livro como se fosse livro de autoajuda (que não gosto), acabei desistindo da compra. Procurei resenhas e vi que é um estilo de leitura que “ajuda” pessoas que passam por dificuldades cotidianas, passando mensagens de superação. Que é o que acontece com Claire, que vive em um casamento aparentemente feliz e que, logo após o parto de sua primeira filha, seu marido lhe comunica que irá abandona-la para morar com uma vizinha com quem ele tinha um caso há seis meses.

O amor-próprio não mantém você aquecido à noite. O amor-próprio não escuta você no fim de cada dia. O amor-próprio não lhe diz que prefere fazer sexo com você do que com Cindy Crawford.

Quando Claire se vê abandonada com uma filha recém-nascida, tendo que passar a licença maternidade na casa dos pais, acaba caindo em uma profunda depressão pós-parto.

Claire passa por todos os níveis da depressão, mas acaba superando todas as dificuldades e até acaba encontrando um novo amor.

O livro é cheio de reviravoltas, tem apoio da família, o que a ajuda muito. O modo como a autora passa cada situação deixa o livro leve, engraçado e emocionante. Adam é um personagem muito lindo e fofo, dando a Claire um sentido a sua nova situação de vida.

Da mesma maneira como os camareiros do Titanic estavam mais preocupados com os cinzeiros não esvaziados do bar do que com o enorme buraco do lado do navio, que deixava entrar milhões de litros de água, eu também estava preocupada apenas com o que não tinha importância, e ignorava, assim, o que era vital. Algumas vezes, é mais fácil dessa maneira. Porque, embora eu não pudesse fazer droga nenhuma com relação ao enorme rombo, ainda estava ao meu alcance esvaziar um cinzeiro.

Conforme o tempo passa, as coisas vão se encaixando na sua vida, e o retorno de seu marido só lhe dá mais força para lutar pelos seus objetivos, já que ele é um canalha completamente imbecil.

Neste livro também conhecemos as irmãs malucas de Claire, sendo assim passamos a conhecer um pouquinho de Rachel, a protagonista de Férias, outro livro de Marian Keyes (resenha aqui).

Uma livraria para mim era como uma Caverna de Aladim. Mundos e vidas inteiros podem ser encontrados logo atrás das capas lustrosas. E tudo o que você precisa fazer é olhar.

Com uma narrativa simples e fácil e com um final que eu adorei. Um livro que nos passa que é difícil, mas não impossível, superar certas dificuldades...

Confesso que este não é o meu preferido da autora, apesar de ter gostado muito de Melancia, gostei mais de Férias (meu preferido).

Liberdade é apenas mais uma palavra para definir a situação de quem não tem mais nada a perder.


Nota :: 


Informações Técnicas do livro

Melancia
As Irmãs Walsh #1
Ano: 2003
Páginas: 490
Editora: Bertrand Brasil
Sinopse:
Melancia é um romance sobre sobrevivência e a arte de manter o bom humor mesmo diante das circunstâncias mais adversas.
Com 29 anos, uma filha recém-nascida e um marido que acabou de confessar um caso com a vizinha, Claire Walsh se resume a um coração partido e um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia. Não tendo nada melhor em vista, ela volta a morar com sua excêntrica família. Depois de muitos dias em depressão, Claire decide avaliar os prós e contras do casamento, e começa a se sentir bem melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!