Follow Us @soratemplates

09/02/2019

Resenha :: Corações Quebrados


Olá, hoje venho contar sobre Corações Quebrados, segundo livro da Série Quebrados, publicado pela Editora Valentina. O primeiro Sorrisos Quebrados, você já pode conferir a resenha aqui no Clube, clique para ler. Dito isso vou lhes apresentar a Emília e Diogo.


Emília é uma jovem de 23 anos de idade que sofreu um grave acidente que teve como consequência a perda de seus pais e irmãos e deixou a protagonista com cicatrizes internas e externas desse trauma. Ela está em numa clínica no Brasil sendo tratada pela Dra. Rafaela Petra. 

Enquanto, Diogo é um ex-soldado que viu e sofreu muito durante a guerra. Após uma emboscada no Afeganistão, ele perdeu vários de seus "irmãos de armas" e a si mesmo, e agora faz um ano que se encontra internado numa clínica em Portugal. Como parte do seu tratamento, o seu médico, o Dr. Leonardo Tavares, aborda um tipo novo de terapia: que Diogo converse com outro paciente com transtorno do estresse pós-traumático à distância.

— Se eu conversar com essa Emília, o que ambos ganharemos com isso? — Ele fica uns segundos a olhar para mim, até caminhar na minha direção. Ficamos a observar os pássaros que continuam a voar. 
— Asas e raízes.


À medida que ambos começam a trocar mensagens a história mostra, de forma linda e perfeita, que depressão não é tristeza, apesar de alguém deprimido estar também triste. Que estresse pós-traumático não é “mimimi” de quem quer fugir de uma tragédia. E que o passado, quando carregado, é um fardo e não uma lembrança, uma memória do que passou.  Ler a história de Emília e Diogo, mostra a história do ponto de vista de quem está passando pelo problema, ou que viva de maneira próxima a mesma coisa, mas na história deles consegue-se ver coisas que a própria situação não permite. 

A ligação com Sorrisos Quebrados é velada na história, podendo passar despercebida se o leitor não for atento ao ler, mas bem tranquila para quem leu e se emocionou com o livro anterior.  Acredito que uma das passagens que mostram essa ligação, arranque suspiros.

Por conta desse bate-papo a longa distância, temos capítulos escritos em português de Portugal (os do Diogo) que dão uma verdade emocionante e necessária ao enredo e, ao contrário do que poderia parecer, deixam a trama ainda mais fácil de ser lida e entendida. Emília e Diogo vão conversando, trocando confidências e lidando com novos sentimentos que vão surgindo entre os dois e que afetam de maneira positiva e verdadeira o leitor.


É um livro que traz esperança de que quem sente que perdeu tudo que lhe era fundamental para viver e sorrir, pode não ser restituído, mas a vida pode trazer outros motivos para sorrir que são um legado de quem partiu. Que continuar vivendo apesar da perda dessas pessoas é um tributo à vida deles. Que cada sorriso é um memorial à vida deles e que na realidade quem amamos nunca deixa de existir. Não enquanto forem lembrados. 

Invejo os que, mesmo com ninho, voam todos os dias para o desconhecido. Apesar do risco da queda, caso as asas falhem, eles preferem viver a vida a estarem somente protegidos pelas árvores.

Passamos muito tempo acreditando nas mentiras que dizem sobre nós: sobre nãos sermos boas o bastante, bonitas o suficiente, inteligentes, capazes... Mentiras. Mentiras que minam quem realmente somos, até o amor nos mostrar tudo que somos apesar das mentiras. E que o amor é nosso porto seguro, o lugar onde os pedaços que nós somos formam um inteiro. Que nos mostram nos espelhos dos olhos dos outros o que na realidade somos, porque alguém consegue ver a verdade que existe apesar das mentiras, traumas e sofrimentos que passamos. E nos permite voar, sorrir e amar apesar do medo, da tristeza, da dor da saudade e da perda.

A realidade é que muitas pessoas não evoluem por estarem presas ao passado, pois todos os “e se” são isso, linhas invisíveis que nos amarram a uma época, impedindo que caminhemos no presente em direção ao futuro.

Terminei essa leitura com um sentimento enorme de gratidão. Um dos assuntos nesse livro é a depressão, e sim recomendo a quem a sofre que leia esse livro, a quem conhece e ama alguém que é acometido pela depressão que também leia e a todas as pessoas que querem ler uma história maravilhosa.


Talvez algumas pessoas não tenham facilidade de entender esse livro, como entender um depressivo também não é fácil. Pode parecer estranho a alguém que não sofra desse mal, entender como coisas "relativamente simples" tomem proporções tão grandes e tão avassaladoras. 

Afinal, se todos entendessem isso e fosse fácil desarmar todas as armadilhas que a mente humana é capaz de criar, talvez não houvessem tantos suicídios e tantas vidas perdidas para essa doença. Mas meu desejo é que você leia e seja feliz, muito feliz.


Nota ::  


Informações Técnicas do livro

Corações Quebrados
Quebrados #2
Ano: 2018
Páginas: 344
Sinopse:
Com mais de um milhão de leituras no Wattpad, chegará às livrarias brasileiras o segundo volume da Série QUEBRADOS.
CORAÇÕES QUEBRADOS aborda a depressão, o luto e a deficiência física.
Entre as dores da perda e a incapacidade de seguir em frente, Emília vive os seus dias numa clínica. Está estagnada. É nesse inferno pessoal que ela conhecerá Diogo, alguém que também foi vitimado por uma tragédia.
Será que é possível dois corações quebrados encontrarem a felicidade?
Numa sociedade onde a nossa aparência continua a valer mais do que a essência, é difícil continuar a jornada da vida quando tudo nos é arrancado.
Passamos os dias a olhar a capa das pessoas. Julgamos sem compreender que nunca conheceremos totalmente uma história sem ler cada página. Sem compreender o seu início, meio e fim.
Duas pessoas fisicamente distantes.
Dois corações quebrados pela vida.
Dois sotaques que se misturam entre a dor, o riso e o amor.
Por isso, olhem sim a capa de cada pessoa, mas virem a página.


Para a Editora Valentina, leitura é, acima de tudo, entretenimento.
Olho vivo e faro fino.
Esse é, na verdade, o lema de todo grande editor. E a pinscher dessa editora encarna esse lema como ninguém.


 _____Sobre a Autora_____

Sofia Silva


Sofia Silva nasceu em Vila Nova de Gaia, Portugal. É licenciada em Ensino Básico (1º Ciclo) pela Universidade de Aveiro.
Amante da literatura, em especial da poesia e, nela, de Pablo Neruda. Sempre gostou dos sentimentos contidos nas palavras e do poder que exercem sobre os leitores. Ávida devoradora de romances, com predileção pelos dramáticos de final feliz, desde jovem participa ativamente do meio literário.
Em dezembro de 2014, iniciou-se na ficção através da plataforma online Wattpad com a Série Quebrados, cujo foco são histórias sobre violência doméstica, deficiência física e abuso sexual.
Com mais de 1 milhão de leituras e o apoio fervoroso das leitoras brasileiras, publicou, dois anos depois, o seu primeiro livro na Amazon, Sorrisos Quebrados, atingindo o top 10 de vendas em ebook no Brasil.
Para o futuro, deseja continuar a dar voz aos problemas da sociedade através de personagens que ultrapassam inúmeros obstáculos e merecem ser felizes.


*Exemplar cedido pela editora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!