Follow Us @soratemplates

04/03/2019

Resenha :: História de uma Lágrima (Conto)


Acho que todos conhecem Joaquim Maria Machado de Assis, ou somente Machado de Assis, ou ainda “Machadão” como alguns leitores costumam brincar. O escritor nasceu no Rio de Janeiro em 21 de Junho de 1839 e faleceu na mesma cidade em 29 de Setembro de 1908. Como sabemos, ele é considerado por diversos críticos, estudiosos, escritores e leitores como um dos maiores nomes da Literatura Brasileira.  Além disso, influenciou outros nomes como: Olavo Bilac, Lima Barreto e Drummond de Andrade.

Machado alcançou, durante sua vida, relativo reconhecimento e prestígio no Brasil, entretanto, seus trabalhos ainda não haviam sido apreciados no exterior, coisa que só ocorreu após sua morte. Hoje em dia, o autor é tido como um dos grandes gênios da literatura mundial!

Portanto, após anos protelando dar mais uma chance ao autor, por ter tido experiências frustrantes com os clássicos da literatura brasileira nos tempos de escola, resolvi dar uma nova chance.

Escolhi o conto “História de uma Lágrima”. Nele um jovem fica curioso a respeito de um homem de trinta anos que tinha a aparência de um sexagenário, logo, por conta dos mexeriqueiros da cidade, ele acaba descobrindo que o homem chamava-se Daniel e simpatizou-se com ele, resolveu conhecer sua história e armou um pretexto para tal.

Os seus passeios ordinários, quando lhe acontecia passear, eram ao cemitério, onde se demorava habitualmente duas horas. Quando voltava e lhe perguntavam de onde vinha, respondia que fora ver casa para mudar-se.

A história chega até o leitor de uma forma envolvente, a leitura é bem fácil — o que foi uma agradável surpresa, os sentimentos dos personagens transcendem as páginas. É impressionante a habilidade do autor de emocionar e nos fazer refletir tanto com um conto tão curto, estou me perguntando ainda porque não havia dado uma chance antes, mas creio que tudo vem no tempo certo.

Isolei-me, procurei na solidão um descanso; tomam-me uns por doido; outros chamam-me excêntrico.

Atualmente, a obra completa do autor encontra-se em domínio público, caso tenha interesse, acesse o site: http://machado.mec.gov.br/ . Além disso, existem diversos trabalhos dele em formato e-book disponíveis para download de forma gratuita na Amazon

E você, já deu uma segunda chance a algum autor? Conte nos comentários, vou adorar saber!



Informações Técnicas do livro

História de uma Lágrima
Ano: 1867
Páginas: 12
“Que é uma lágrima? A ciência dar-nos-á uma explicação positiva; a poesia dirá que é o soro da alma, a linguagem do coração. Bem pouco avulta essa leve gota de humor que os olhos vertem por alguma causa física ou moral. É nada e é tudo; para os ânimos práticos é um sinal de fraqueza; para os corações sensíveis é um objeto de respeito, uma causa de simpatia.
Alexandre Dumas comparou eloquentemente o dilúvio a uma lágrima do Senhor, lágrima de dor, se a dor pode ser divina, que a impiedade arrancou dos olhos do autor das coisas.
Mas a lágrima cuja história empreendo nestas curtas e singelas páginas não foi tamanha como essa que produziu o grande cataclisma. Foi uma simples gota, derramada por olhos humanos, em hora de aflição e desespero. Quem tiver chorado achar-lhe-á algum interesse.”


 Informações: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!